Como caminha MALHAÇÃO?

0
foto: reprodução

novela MALHAÇÃO – TV CRÍTICA


Estreou na semana passada a 20ª temporada da ‘soap opera'(*) brasileira teen, MALHAÇÃO e, com ela, novas personagens, velhos conhecidos, escola e vinheta nova.


MALHAÇÃO já foi academia e, depois, substituída por escolas: ‘Múltipla Escolha’, ‘Primeira Opção’, ‘Ernesto Ribeiro’; também abordou sobre esportes como judô, voleibol, handebol, polo aquático e, temas polêmicos, tais como: sexualidade, corrupção, tráfico de drogas, câncer de mama e paranormalidade, entre outros.

Em MALHAÇÃO, 17 anos no ar e muita história para contar passaram nomes consagrados da TV: Lucélia Santos, Francisco Coco, José de Abreu, Marcos Frota, Cecil Thiré, Nuno Leal Maia, Marcelo Novaes, Henri Castelli, Thiago Lacerda e Rodrigo Faro. Os saudosos Francisco Milani, John Herbert e Nair Belo, também marcaram presença.

Um nome de grande sucesso é o Bruno Gissoni, atualmente brilhando em AVENIDA BRASIL. O intérprete do Iran já foi protagonista na temporada 2010/2011 e fez CHECK IN no blog, clique AQUI e acesse.

A história
A temporada 2012/2013 é ambientada no Colégio Quadrante, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro e, como sempre, mistura novos talentos com rostos bem famosos.

Esta temporada vai abordar bullying, conflitos entre casais separados, fantasia e todos os assuntos pertinentes à faixa etária entre 9/17 anos, mais funkeiros, hipster, it-girl, piriguetes e skatetistas.


O elenco

O trio de protagonistas é formado pela estreante Agatha Moreira, Alice Wegmann e Guilherme Prates.

A fraquinha Agatha, morava em Nova Iorque, quando enviou um vídeo para a produção e foi aprovada no teste. Melhor eu ficar quieto.

Wegmann está em seu terceiro trabalho. Já havia feito MALHAÇÃO e esteve na novela das seis, ‘A VIDA DA GENTE’. Intérprete da personagem Lia, uma garota rebelde, tem talento e carisma.


Dos três, Prates é o mais experiente. Tem uma vasta carreira no teatro, desde os oito anos de idade, e já ganhou vários prêmios como ator. Sua estreia televisiva foi na sanguinária ‘VIDAS EM JOGO’, da Record, como o Daniel. Ainda não pegou o “time” da TV, mas tem talento e chega lá.  


Também estão no cast, os veteranos, Eduardo Galvão, Carla Marins, Leonardo Miggiorin, Blota Filho, Marcelo Várzea, Danielle Winits e a ex-casseta Maria Paula.

foto: reprodução

Leonardo Miggiorin
é destaque em ‘Malhação’
Deve ser destacado o papel do professor Leandro, de Robótica, vivido pelo teatral, Leonardo Miggiorin. Personagem muito bem construído e é, disparado, o melhor do elenco.

A volta do André Marques, numa participação especial, com 120 quilos a mais, deve ser aplaudida. O pseudo-orientador vocacional Alexandre, ou melhor, Mocotó, rouba as cenas e diverte MALHAÇÃO.

David Lucas, como o Orelha, só repete papéis anteriores. É o mesmo de FINA ESTAMPA, só mudou o horário.  

Parabéns, Juliana Paiva, pela sua Fatinha; sensualidade, sem vulgaridade. Juliana consegue mostrar um conflito interior da personagem sem os famosos clichês. Não posso deixar de registrar o excelente Maksin Oliveira com o “bedel” Robson. Interpretação no tom certo.

Sem grandes novidades
Como caminha MALHAÇÃO? Diria que está na mesma e sem grandes novidades. Textos leves, interpretações medianas, muita cor, as confusões de sempre, os assuntos e os conflitos de adolescentes, cada vez mais conectados ao mundo das novas tecnologias.

Gostei muito da abertura com o tema: “Tempos Modernos”. Bem dirigida, leve, despojada, como deve ser o folhetim. A fórmula está bem desgastada, mas consegue fazer sucesso nas redes socais, mais de 600 mil curtidas no FACEBOOK.

A audiência é bem diferente dos seus primórdios, mesmo assim, a estreia, no dia 13, marcou 20 pontos de média (**). Uma boa marca para o horário.

por Warlen Pontes
warlenpontes@hotmail.com

MALHAÇÃO
De segunda a sexta, a partir das 17h20.


Novela de
Rosane Svartman
Glória Barreto

Escrita por
Charles Peixoto
Claudio Lobato
Paulo Halm
Christiane Dantas
Natalia Sambrini
Priscila Steinman
Diego Miranda

Supervisão de texto
Ana Maria Moretzsohn

Direção Geral
Luiz Henrique Rios

Direção
Luiz Henrique Rios
Marcus Figueiredo
Tande Bressane

Núcleo
José Alvarenga Jr. 

(*)soap opera – nome dado a telenovela nos EUA. As novelas yankes ficam anos no ar.
(**) 1 ponto equivale a 60 mil domicílios num seleto grupo de pessoas na Grande São Paulo. Fonte: IBOPE.



Leia as Entrevistas
do TVaBordo
Curta 
TV a Bordo

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here