Entrevista Chris Dantas: “Quer mudar o mundo? Comece por você!”

2
entrevista
CHRIS DANTAS
foto: Bruna Martins


“Quer mudar o mundo? Comece por você!”, essa frase diz um pouco sobre a
cantora anapolitana, Chris Dantas, filha de bancários e uma das
participantes do quadro MULHERES QUE BRILHAM do Programa Raul Gil.  Infelizmente, Chris não foi para a final, mas mostrou um talento de arrepiar com suas performances embaladas pelas músicas de Djavan e Tom Jobim, entre outros.

Depois de sua última apresentação no programa, ocorrida em 18 de agosto,
Chris Dantas concedeu esta entrevista ao TV a BORDO. Ela conta sobre o seu
trabalho desenvolvido com crianças e adultos, revela os bastidores do programa
Raul Gil, além de falar sobre curiosidades da sua carreira e muito mais.



Com vocês, Chris Dantas.  
TV – Você nasceu em Brasília…
Chris – No dia 21 de março de 1977. Tenho duas irmãs: Cláudia, Karla e sou a do meio. Tenho dois sobrinhos, o Artur e o André, que são da Cláudia, e duas sobrinhas, Luiza e Beatriz, da Karla. 
TV – Você tem uma filhinha e ela já é artista? O que ela faz?
Chris – (kkkkk) É o meu presentinho de Deus, Letícia, de quatro anos.

Vejam o vídeo da Letícia com um ano e meio cantando AOS OLHOS DO
PAI. Tirem suas conclusões (risos).
TV – Quando começou a cantar? Lembra da primeira vez que pisou no palco?
Chris – Não lembro (risos), antes de falar, já cantava. Entrei no coral da
igreja aos três aninhos e não parei mais. Montei minha primeira “banda” aos nove
anos de idade, que se chamava FRENTE A FRENTE, com meus amiguinhos lindos! Vivo de
saudades daquela época! Assumi meu primeiro coral aos 13 anos de idade. Um coral com 150
vozes! Ganhei meu primeiro concurso aos nove anos de idade.
TV – Qual a sua formação acadêmica?
Chris –  Fiz Escola de Música por 17 anos. Sou formada em piano clássico. Tenho 10
anos de UnB (Universidade de Brasília) nos cursos de regência, bacharel em
canto e licenciatura.
TV
– Já gravou algum cd?
Chris – Meu primeiro álbum chama-se MUDANÇA, gravado em 2004, estilo gospel. 
TV – Se pudesse viajar no tempo, para que época viajaria?
Chris – Aos meus 13 anos, em 1991. Sempre me lembro com carinho dessa época. Conheci meus amigos mais sinceros; amizades profundas. Foi
meu momento de maior paixão por Cristo! Foi tudo de bom aquele ano!
TV – Você desenvolve um trabalho artístico com crianças. Como funciona?
Chris – Tenho uma escola de música, ESPAÇO ARTE, em Brasília. Acredito
que a música faz parte do ser humano, que precisa apenas ser estimulado e
direcionado desde cedo para otimizar o talento que todos temos. São turmas de
musicalização para bebês a partir de cinco meses. É um trabalho bem bacana, com
foco na interação entre a criança e seu responsável. A partir dos três aninhos,
as crianças continuam o trabalho de linguagem musical, podendo optar por aula
com instrumentos. Esse espaço leva o nome de Espaço Arte Kids, mas eu também desenvolvo um trabalho com adultos. Em 2012, estou produzindo o meu primeiro espetáculo musical infantil,
com crianças de 5 a 12 anos de idade e, está lindo! CASA DE BRINQUEDOS é o nome dele. Curta a nossa página no FACEBOOK. Ele será apresentado no mês de dezembro, em Brasília.

TV – Como funcionam os “workshops”?
Chris – Ministro dois tipos de cursos. Um que segue o mesmo padrão de tempo
e conteúdo de TEV (Técnica de expressão vocal), voltado para grupos
iniciantes. Nesse curso, aprendemos o básico da fisiologia do aparelho fonador,
técnicas de relaxamento laríngeo, de respiração e vocalizes, que objetivam a
descoberta de “colocações” diferentes da voz. O outro, personalizado, depende
da quantidade de pessoas e o objetivo delas. Nesse caso, faço uma
consultoria com a direção do grupo para montá-lo de acordo com os seus objetivos.
TV – Como participar dos “workshops”?
Chris – É só entrar em contato com a secretaria do Espaço Arte no telefone:
061-3201-5104, e colocar seu nome na lista de interesse, com horário disponível.
A escola fecha as turmas e entra em contato com os interessados. Mais telefones do ESPAÇO ARTE, ao final desta entrevista.

foto: Bruna Martins
 

TV
– Vamos falar do quadro MULHERES QUE BRILHAM do programa Raul Gil. Como é o
esquema das gravações?

Chris – As candidatas chegam às 9h da manhã e fazem uma rápida passagem de som. O Raulzinho (Raul Júnior, diretor do programa) e o maestro Djalma, nos acompanha e uns toques a respeito da apresentação. Fazemos um lanchinho e essa é a hora mais bacana do programa. Batemos papo, conhecemos mais as coleguinhas, brincamos, trocamos ideias… desses momentos, fiz amigas pra vida toda! À tarde, vemos o figurino, maquiagem, cabelos, coisas de mulheres (risos), e, chega a hora dos calafrios na barriga (kkkkkk).
 
TV
– Você era uma das favoritas dos jurados, até ganhou do exigente José Messias,
o prêmio “Chiquinha Gonzaga”. Por que você acha que não foi para a fase final?
Chris – Bom, acho que são vários os motivos. Um deles
é que não estou dentro do padrão que eles buscam no momento. Não entendi muito
bem, me pediram para eu voltar sem o piano e depois que eu deveria ter voltado
com o piano… mas, fazer o quê? De qualquer forma, não me senti mais insegura
sem o piano, apenas não estou dentro dos moldes que o quadro busca no momento.
Quem sabe no futuro?
TV – Você mandou um e-mail para a produção, porque
não gostou da edição da sua última apresentação. O que houve?
Chris – Não gosto de mentiras. A edição colocou
respostas e reações às minhas perguntas em outros momentos. Comentaram que o
arranjo era difícil, e, eu disse: “é verdade”, e, de repente, quando vi o vídeo,
estava lá o meu, “é verdade”, depois do José Messias falar que eu entrei
insegura. Não precisavam fazer isso! O.k., não continuei no quadro, Deus sabe o
que faz! Minha hora de sair chegou, ponto final. Mentiras? Desnecessárias.

TV – E a produção respondeu ao seu e-mail?
Chris – Infelizmente, não.  

NOTA: Mandamos um e-mail à produção do Programa RAUL GIL 
sobre as
declarações de Chris Dantas, 
mas até o fechamento desta entrevista, não houve
retorno.
Existe um grupo de discussão na rede social FACEBOOK
 CALOUROS QUE FIZERAM A HISTÓRIA, 
lá, você encontrará declarações e 
 outros comentários 
sobre situações suspeitas 
do MULHERES QUE BRILHAM
 Não deixe de ler!

TV – A BOMBRIL patrocina o quadro que colocou o programa RAUL
GIL
na vice-liderança do horário, ou seja, foi um sucesso, mas vocês
recebiam algum cachê? Alguma ajuda financeira com hospedagem, passagem aérea,
alimentação?
Chris – (kkkkkkk) Cachê? Não! Ali, a gente vai na “raça” e na graça de
Deus. Hotel, avião, vale a pena, ? A divulgação é maravilhosa!

foto arquivo pessoal 
 

TV – Como avalia o concurso, apesar dos pesares?

Chris
Foi uma experiência maravilhosa. A proposta da BOMBRIL e do programa
foram muito boas, e espero que a vencedora traga mais qualidade para o cenário
musical brasileiro. Foi maravilhoso ver meu trabalho sendo divulgado! Mesmo
lutando e trabalhando sempre, foi sem dúvida, a maneira mais linda de pessoas
que nunca me viram, conhecerem meu trabalho.
TV – Nós ainda vamos ver a Chris Dantas na TV em outros concursos?
Chris – Com certeza! Vou continuar cantando, gravando, participando, tudo
faz parte, afinal, meu vício é cantar. The Voice (*), 2013. (kkkkkk).
TV – Se fosse dar um conselho aos que gostariam de participar de
concursos na TV, o que diria?
Chris – Participem com a alegria do processo, não do resultado. O melhor de
tudo são os contatos, as amizades, a alegria do momento, a diversão, o amor à
arte. O resultado pode ser, ganhar o concurso, mas faça dar resultado, mesmo sem
a medalha. Ganhei muito com o MULHERES QUE BRILHAM. Muito!
TV – O que deve fazer uma mulher para brilhar?
ChrisDeve ser ela mesma. Deve ter orgulho do que faz, e
como faz. Deve colocar as pessoas acima das coisas. Deve se emocionar e
emocionar aos que a cercam sempre. Deve, como toda boa mulher, conseguir fazer
10.000 coisas ao mesmo tempo e continuar bonita, com um sorriso no rosto,
mostrando a que veio ao mundo. Deve agregar e não separar. Deve reter o
que é bom, e jogar fora da vida, da mente e do coração, tudo aquilo que seja
seu brilho e sua verdade.

foto arquivo pessoal
Jogo Rápido
 com Chris Dantas
Minhas cantoras preferidas são…
Na raiz, Aretha Franklin. 
Das atuais, India Arie.
Meus cantores preferidos são…
Sem dúvida nenhuma, 
Jamie Cullum e Lenine.
Minha maior decepção foi…
Errar de novo, no mesmo erro, 
mesmo tendo dito que
não repetiria.
Minha maior alegria foi…
O nascimento da minha filha, Letícia.
Na minha bolsa não falta
Mil cremes e um diapasão (kkkk)
A música que toca minha alma é…
Nossa! Muitas! Depende do dia. 
Na verdade,
tenho muitas músicas de acordo 

com o momento que estiver passando. 
Exemplo atual:  “Espírito Santo” de
 Gezi Monteiro. 
Meu livro de cabeceira é…
A Bíblia.
Debaixo do chuveiro canto…
Tudo (kkkkk).

O que mais gosto de fazer 
nos momentos livres é
Ir pra beira do lago com
violãozinho 

a tira colo, sem tempo pra ir embora…

Na minha geladeira não falta…
Requeijão.
Meu maior sonho é…
Viver pelo menos uns 120 anos 
com muuuuuuuuuuita
empolgação, 

e sempre influenciar os que me 
cercam com a verdade.
Ainda quero cantar na…
Não tenho pretensões de locais. 
Tenho pretensão
de nunca parar 

de cantar, seja lá onde for.

Se não fosse cantora, seria…
Promotora de eventos. 

Minha família é…

Pequena (kkkkkk).
Minhas irmãs são…
Amigas.

Jesus é…
Tudo!
Minha frase preferida é…
“Quer mudar o mundo? 
Comece por você!”
Chris Dantas é uma…

Sonhadora, workaholic, louca por 
Jesus e por seus
amigos.

(*) THE VOICE, reality show de música produzido 
no Brasil pela TV Globo. 

Página no
FACEBOOK
de Chris Dantas


Facebook do fã-clube
 Chris Dantas
Leia crítica: Você tiraria o chapéu
para o Raul Gil?



Veja as apresentações
de Chris Dantas no quadro 



Siga
TVaBordo


Curta
TVaBordo

agradecimento: Girlene Alves 

Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito corajoso e genuino o depoimento da Chris Dantas com relacao a edicao (desnecessaria) da sua ultima apresentacao no programa Raul Gil, tbm parabenizo a cantora pela qualidade do repertorio escolhido muito embora eu acredite que eles estejam a procura de uma versao feminina do Michel Telo, infelizmente alguns programas como esses tem apelo comercial apenas, os grandes festivais de musica popular, que apresentaram e consolidaram cantores como Osvaldo Montenegro, Elis Regina, Geraldo Vandre, Chico Buarque entre outros, esses sim eram formadores de artistas de influencia e respeito na MPB, e acho que um festival de MPB seria sim o palco mais adequado para a Chris Dantas, mas meus parabens Chris pelo empenho, profissionalismo e respeito a qualidade da sua voz. Pra mim vc foi a vencedora!!!Lalo o blog esta uma delicia de ler, parabens!!!
    Marcia Jenkins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here