Sílvio de Abreu está de volta, outra vez!

0
foto: blog novela on line


Ele está de volta. outra vez! Sílvio de Abreu, um dos autores mais premiados da TV brasileira, estreia sua nova novela, de novo. A novela GUERRA DOS SEXOS foi um grande sucesso dos anos 1980, exatamente em 1983, e trouxe, pela primeira vez juntos, Fernanda Montenegro e o saudoso Paulo Altran, em um encontro memorável.

A novela virou cult. É um daqueles folhetins inesquecíveis sempre lembrado pelos fãs (e não fãs), pelas situações clássicas, como a cena pastelão entre Charlô e Otávio, Montenegro e Autran, respectivamente.

Em homenagem ao Sílvio, TV a BORDO mostra a trajetória do ator, diretor, roteirista e autor, Mr. Abreu, na TV e as principais aberturas de suas telenovelas (na ausência da abertura, a logo, por questões de direitos autorais no Youtube).


Primeira telenovela: 1977 – ÉRAMOS SEIS, em parceria com o crítico de cinema, Rubens Ewald Filho. No elenco, entre outros, Nicete Bruno, Gianfrancesco Guarnieri, Carlos Alberto Riccelli, Ewerton de Castro, Carlos Augusto Strazzer, Georgia Gomide, Paulo Figueiredo, Jussara Freire e Beth Goulart. A seguir, a abertura e uma narração com a sinopse do folhetim.



Segunda telenovela: PECADO RASGADO – 1978/1979.

Em 1980, substituiu, Cassiano Gabus Mendes, em PLUMAS & PAETÊS.
Em 1981, veio JOGO DA VIDA, escrita a partir de um argumento de Janete Clair.
Em 1983, a clássica: GUERRA DOS SEXOS, em parceria com Carlos Lombardi.

Em 1984, foi supervisor de texto de Carlos Lombardi em, VEREDA TROPICAL.
Em 1986, emendou duas novelas, CAMBALACHO e SASSARICANDO.
Depois de tantas novelas escritas no horário das sete, estreou RAINHA DA SUCATA, no horário nobre da TV brasileira. 


Em 1990, a sua única minissérie: BOCA DO LIXO.
Em 1992, volta ao horário das sete com, DEUS NOS ACUDA. No elenco, Dercy Gonçalves, como um anjo. Os autores Alcides Nogueira e Maria Adelaide Cabral, são seus parceiros.
Em 1994, reescreve no SBT, ÉRAMOS SEIS, repetindo a parceria com Rubens Ewald Filho. 
Em 1995, de volta à Globo e em horário nobre, A PRÓXIMA VÍTIMA, um suspense de tirar o fôlego. Os autores Alcides Nogueira e Maria Adelaide Amaral, repetem a parceria de DEUS NOS ACUDA.


Em 1997, supervisiona o texto de, Maria Adelaine Amaral, no remake de ANJO MAU.
Em 1998, veio TORRE DE BABEL, com  Alcides Nogueira e Bosco Brasil, como coautores.

Em 2001, mais uma novela no horário das sete, A INCRÍVEL BATALHA DAS FILHAS DA MÃE NO JARDIM DO ÉDEN, mais conhecida como: AS FILHAS DA MÃE. Escrita com Alcides Nogueira e Bosco Brasil. Colaboração de Sandra Louzada.
Em 2004, supervisionou o texto de, João Emanuel Carneiro em, DA COR DO PECADO.
Em 2005, volta ao horário nobre com, BELÍSSIMA. Escrita com Sérgio Marques e Vinícius Vianna. 



Em 2007 e 2008, supervisionou, respectivamente, ETERNA MAGIA e BELEZA PURA.
Em 2010, veio PASSIONE. Escrita com Daniel Ortiz, Sérgio Marques e Vinicius Vianna.
A partir de amanhã, primeiro de outubro, estreia a nova versão de, GUERRA DOS SEXOS e a volta da dobradinha entre o autor e o diretor, Jorge Fernando. O maior desafio de Abreu, é readaptar o folhetim aos dias atuais.
Na versão de 2012, estão: Tony Ramos, Irene Ravache, Mariana Ximenes, Raquel Bertani, Reynaldo Gianecchini, Carlos Alberto Riccelli, Glória Pires, Johnny Massaro, Luana Piovani, Mayana Moura, Drica Moraes, Fernando Eiras, Bianca Bin, Daniel Boaventura, Eriberto Leão, Marianna Emelini, Débora Oliveira, Thalita Lippi, Maria Carol e Thaís Portinho.  Do elenco original, Edson Celulari e Marilu Bueno.
Boa sorte, Abreu!


Confira crítica sobre


Curta

Siga
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here