quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

O$ CARA$ DE PAU DA FÉ - QUARTO CAPÍTULO

De Warlen Pontes

QUARTO CAPÍTULO
No capítulo anterior:

Sábado - 8h da noite
Mansão de Osvaldinho Caruaru
Na Sala principal, quatro garçons vestidos com seus uniformes ouvem atentos as últimas instruções de Adelene (esposa de Osvaldinho). 
Entra Pr. Gercivaldo Pereira e sua esposa Edviges.
Após cumprimentar Adelene, Gercivaldo já pergunta por Osvaldinho.
Adelene e Edviges conversam enquanto que Gercivaldo encaminha-se ao escritório.
No escritório, Osvaldinho sentado observa alguns números em seu notebook vaio, quando ouve alguém bater na porta e autoriza sua entrada.
(Osvaldinho) - Tranque a porta, Gercivaldo. 
(Gercivaldo) - Esta noite vai ser um marco, o Deputado Federal confirmou a presença?
(Osvaldinho) - Confirmadíssimo!
Gercivaldo aproxima-se de Osvaldinho e o olha firmemente bastante tenso.
(Gercivaldo) - O que você está vendo aí?
(Osvaldinho) - Checando o saldo... (Osvaldinho percebe a tensão de Gercivaldo)  mas a sua cara... o que houve?
(Gercivaldo) - TC acabou de me ligar... não falou com você?
(Osvaldinho) - Tive um problema sério com a bateria deste smartphone... o que há? Conte logo! Pela sua cara, é encrenca na certa!
(Gercivaldo) - Surgiu uma testemunha nova...
(Osvaldinho) - O quê?

 Mansão de Osvaldinho Caruaru

Na sala, Adelene e Edviges recepcionam os convidados enquanto entram Osvaldinho e Gercivaldo disfarçando a tensão.
Entra o prefeito da cidade de Nova Cabrobó e sua esposa vestida com um tomara que cai rosa cheguei. Adelene e Edviges se entreolham admirando a roupa.
Osvaldinho vem por trás e calorosamente dá um abraço bem apertado no prefeito e Gercivaldo faz o mesmo.
Em seguida, o Deputado Federal e um Deputado Estadual acompanhado de suas esposas e mais dois rapazes, Eduardo e Rodrigo, filhos do Deputado Estadual.
Osvaldinho, Gercivaldo, o prefeito e os dois deputados conversam efusivamente.
No outro canto estão Adelene, Edviges, a primeira-dama de Nova Cabrobó e as esposas dos deputados conversam sobre roupas, joias e viagens escadalosamente.

Entram Carolina e Ludmila que são apresentadas pelas suas mães às esposas dos deputados. Por sua vez, a esposa do Deputado Estadual apresenta seus filhos à Carolina e à Ludmila, que o cumprimentam comportadamente.

(Eduardo) - Vocês têm uma bela casa!
(Carolina) - Muito obrigada! Você é novo aqui na cidade?
(Rodrigo) - Chegamos ontem e já ouvimos algumas histórias interessantes sobre o seu pai...
(Ludmila) - Não é pai da Carolina, é padrasto. Eles são nossos padrastos...
(Rodrigo) - Perdoe-me, pensei que fosse...
(Carolina) - Não precisa pedir perdão...

De longe, Osvaldinho e Gercivaldo observam o papo dos casais e cochicham.
(Osvaldinho) - Espero que aquelas duas não aprontem nesta noite....
(Gercivaldo) - Take easy, Osvaldinho! Não se preocupe, não vão fazer nada...
(Osvaldinho) - Como você pode ter tanta certeza?    
(Gercivaldo) - Repare como a conversa entre eles está animada... parecem que elas estão gostando...
(Osvaldinho) - Tomara que você tenha razão. E, Hércules, não vem?
(Gercivaldo) - Ele me garantiu que viria... mas está atrasado como sempre...

(Eduardo) - Quer dizer então que Osvaldinho Caruaru dá ofertas generosas aos missionários?
(Carolina) - Não é estranho dar uma BMW para uma missionária?
(Eduardo) - O que tem de estranho nisso?
(Ludmila) - Uma BMW não é um pouco demais?
(Rodrigo) - Mas por que uma BMW e não um outro carro, mais popular, mais barato?
(Carolina) - Porque segundo Osvaldinho é para a missionária visitar a casa dos milionários e de carro popular, não pega bem.
(Rodrigo) - Bem excêntrico.
(Eduardo) - Faz sentido.
(Ludmila) - Faz sentido dar um helicóptero pra missionário no Amazonas?
(Rodrigo) - Um helicóptero?
(Carolina) - Isso mesmo, um helicóptero...
(Eduardo) - Mas, qual o problema gente?
(Ludmila) - Pregar nas regiões mais distantes do Amazonas, mais rápido, mais eficiente.
(Rodrigo) - Taí, gostei dessa!
(Eduardo) - Eu também! Vocês implicam com seus padrastos, meninas!
(Carolina) - Tem mais! Jet sky!
Rodrigo e Eduardo.
- Jet sky?
(Ludmila) - Para evangelizar os surfistas cariocas!
(Carolina) - Não só os cariocas, onde tiver campeonato de surf no Brasil, lá estará um jet sky made in Osvaldinho e Gercivaldo!
(Eduardo) - Gostei também, gostou dessa, Rodrigo?
(Rodrigo) - No mínimo, interessante...
(Carolina) - Me parece outra coisa, porque a gente não vê fotos desses missionários com esse carros, helicópteros...
(Ludmila) - Uma soma em dinheiro muito alta pra poder bancar tudo isso.
(Eduardo) - Vocês acham que eles desviam dinheiro da igreja, é isso?
(Rodrigo) - Mas é muito sério! Sinceramente, já vi algumas mensagens do pastor Osvaldinho e de Gercivaldo e me pareceram muito sinceros e cheios de muita verdade!
(Carolina) - Aqueles dois são artistas!
Os quatro olham para eles.

Adelene (esposa de Osvaldinho) pega uma faca e bate numa taça de cristal chamando a atenção de todos. Todos olham para ela.
(Adelene) - É hora da merenda! Quando eu era munitôra na minha cidade natal, onde fui nascida, na Escola Primária Só Jesus Salva, adorava tocar o sino e chamar a mulecada pra merenda!
Todos riem. Adelene continua.
- Esta notche, vamos ter o prazer de comer uma meredinha feita pelo nosso chef Armandu de Cavanhak!
Osvaldinho interrompe.
(Osvaldinho) - Armandu é o melhor chef de Nova Cabrobó! Vamos merendar!

É servido o jantar. Na mesa, todos elogiando a culinária do chef Armandu de Cavanhak, que afrancesou o seu nome, na verdade, Armando de Cavanhaque.

Na sala de vídeo, Osvaldinho faz uma preleção e fala da importância de Nova Cabrobó para o Brasil e exalta o seu trabalho missionário em várias capitais brasileiras. Fala também que Nova Cabrobó deve ser referência de santidade, prosperidade e fé no meio evangélico.
(Osvaldinho) - O vídeo que vocês irão assistir reflete bem as obras da Igreja das Mansões Celestiais. 

Perto do palco, Carolina e Ludmila conversam.
(Carolina) - O vídeo vai ser uma bênção para Osvaldinho...
(Ludmila) - Para Osvaldinho e Gercivaldo.
As duas riem. Gercivaldo não gosta do riso de Carolina e Ludmila.

Um telão é baixado.
Luzes se apagam.  
Um vídeo caseiro é exibido e a legenda assusta Osvaldinho: 
"Pastor do sertão nordestino desabafa e desafia telespastores da prosperidade"   
 

FIM DO QUARTO CAPÍTULO

E agora, que atitude Osvaldinho e Gercivaldo vão tomar em relação ao vídeo?
Será verdade que as ofertas de BMW, helicóptero, jet sky são para os missionários?
De qual testemunha Gercivaldo se refere a Osvaldinho?    

Não perca, dia 6, próxima quarta, o quinto capítulo de 

ESTA É UMA OBRA DE FICÇÃO,
QUALQUER SEMELHANÇA COM PESSOAS,
HISTÓRIAS OU FATOS, TERÁ SIDO,
MERA COINCIDÊNCIA.


Curta TVaBORDO no FACEBOOK
Siga TVaBORDO no twitter
                   

8 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.