terça-feira, 27 de outubro de 2015

Série Novelistas: a autora de CHAMAS DA VIDA, VIDAS EM JOGO e VITÓRIA.

foto: reprodução

O vigésimo capítulo da Série Novelistas é com a autora Cristianne Fridman.

Todo o conteúdo publicado nesta série é uma reprodução do autor, o roteirista Michel Luiz Castellar.

Crítica literária, estreou na televisão como coautora da novela DONA ANJA, do SBT, em 1997, baseado na obra de Josué Guimarães, que narrava as modificações porque passou o casamento quando se aprovou a lei do divórcio no Brasil em 1977.
Foi uma das roteiristas de MALHAÇÃO, colaborou na novela CORAÇÃO DE ESTUDANTE, foi coautora do remake de BICHO DO MATO, na TV RECORD, e sua primeira novela como titular foi na mesma emissora, com CHAMAS DA VIDA, que mostrava o cotidiano do Corpo dos Bombeiros.
Cristianne obteve outro êxito com VIDAS EM JOGO, seu trabalho posterior no horário nobre, que durou quase um ano e focava em dez personagens que ganhavam um bolão na loteria.
Seu último trabalho na TV RECORD foi VITÓRIA, que não conseguiu a repercussão de seus trabalhos anteriores, e Cristianne, segundo informações da mídia, vai escrever novelas em Portugal.
foto: reprodução

OPINIÃO

Considero CHAMAS DA VIDA seu melhor trabalho, por vários feitos: boa história, ritmo, e o principal deles, foi mostrar o dia a dia e os conflitos pessoais de integrantes da Corporação de Bombeiros, cuja teledramaturgia nunca tinha ido tão a fundo em retratar, até então. A novela também trouxe uma Lucinha Lins totalmente diferente do que estávamos acostumados a ver: em um papel de vilã, que teve um final impactante. A novela, ágil, prendia a atenção, e foi muito bem produzida.
Paulista de São Vicente, Michel Luiz Castellar 
é roteirista com 50 obras registradas

Leia o 19º capítulo

 com a autora


Curta

 TV a Bordo



0 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.