Dez perguntas para Simut por Renato Livera

0
MATÉRIA ESPECIAL
foto: reprodução
A novela OS DEZ MANDAMENTOS chega a sua reta final, e para fechar com chave de ouro o seu ciclo de entrevistas com o elenco da superprodução da Record, o blog TV a Bordo apresenta uma matéria especial sobre um dos personagens que mais conquistaram e encantaram o público: SIMUT.

Engraçado, apaixonado e cheio de sábios ensinamentos, Simut é Interpretado de maneira brilhante pelo ator, diretor e escritor Renato Livera, que não deixou de responder, em meio as intensas gravações dos últimos capítulos da saga de Moisés, a nenhuma pergunta.

Confira, a seguir:

DEZ PERGUNTAS PARA SIMUT
por RENATO LIVERA

Qual foi a melhor cena até agora?
É difícil dizer qual a melhor cena que fiz na novela. Muitas me marcaram, todas elas num grau de importância que eu não sei mensurar. Assim que o Simut errou no creme de Yunet, eu pude ver quem era aquele assistente de sacerdote. Comecei a sentir como ele andava e agia. Toda a sequência que ele foge dela mostra um pouco do Simut. Seu medo, sua simplicidade, sua inocência e, no final de tudo, sua bondade, que o move sempre para o caminho certo, sem querer, querendo. 
A cena de despedida do Paser também foi uma que marcou não só a personagem, mas a mim, por ter que me despedir também de um parceiro de cena, o Giuseppe Oristanio. Foi o último dia que gravamos. Agora ele deve estar assistindo à minha transformação para hebreu, sentado numa poltrona confortável e tomando água de coco.

Quem é o pior vilão: Ramsés, Nefertari ou Yunet?
Para mim os piores vilões da novela foram a ignorância, a covardia, o abuso de poder, o preconceito, enfim, tudo que levou aquela sociedade ao colapso, impedindo que uns convivessem com os outros em harmonia.

O que você mais admirava no mestre Paser?
O que eu mais admirava no mestre Paser era a sua sapiência, sua serenidade para lidar com os fatos, sempre imprimindo em suas lições um olhar de doçura, cuidado. Também admirava sua força e seu pulso para defender e mostrar as possíveis consequências de um ato inconsequente.

Qual foi a pior praga?
A praga dos primogênitos é muito cruel. Ela interrompe um ciclo natural entre pais, irmãos. Como a nossa condição de humano nos dá o afeto e o apego, sentimos ainda mais a dor da ruptura, da perda. Mas todas as pragas foram devastadoras para o reino.

Você vai se converter à fé dos hebreus?
Eu não estou em processo de me converter a alguma fé no momento, mas o Simut com certeza já está avaliando os benefícios que aquela fé traz para a sua vida. Ele se simpatiza muito com o Deus dos hebreus. (rs)

Como foi a travessia do Mar Vermelho?
Fazer e assistir tudo aquilo foi único. Acho que fiz parte de algo marcante na TV brasileira. Não é sempre que vemos na teledramaturgia um mar se abrindo (rs)! É divertido gravar num local sabendo que tudo aquilo vai se transformar em outra coisa. Apesar das dificuldades de gravação, devido ao local, os efeitos, poeira, etc, tudo no final acaba sendo uma grande brincadeira de gente grande, que na tela da tv, torna-se mágico, contando uma história de superação e força.

O que acha de se apaixonar por uma hebreia?
Acho que tá na hora do Simut se apaixonar por outra mulher. Ele está em profundas questões com a sua identidade, sua vida, sua saudade. Um novo amor vai, com certeza, trazer o espírito jovem do Simut e, consequentemente, mais alegria e irreverência. 

O que é necessário para conquistar o coração de Simut?
É necessário ser verdadeira e, acima de tudo, ter um bom coração. O Simut é um ser de bondade. Ele preza por isso, logo, ele também precisa disso como alimento para a sua vida, e quem chegar a dominar seu coração precisa compartilhar desse sentimento. A moeda de troca dele é o AMOR.

Como quer que o Simut termine?
Quero que ele termine na eternidade…

Como o Renato Livera definiria 
o Simut em uma frase?
“Um personagem para a vida.”

As fotos desta matéria 
são de reprodução
e postadas nas redes sociais
do blog TV a Bordo.

O ator Renato Livera ganhou o
CAJADO DE OURO como
Melhor Ator Coadjuvante
promovido pelo blog


Confira os outros ganhadores

FOTO: Sérgio Baia

Leia entrevista com Renato Livera:
“Acreditem nos sonhos!
Eles se materializam pela vontade
e pelo esforço em alcançá-los.”


Curta TV a Bordo


Siga TV a Bordo
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here