CHECK-IN com Alessandra Loyola: “Se cada um fizesse a sua parte, teríamos um mundo melhor para todos.”

0
entrevista
ALESSANDRA LOYOLA
foto: Vinícius Mochizuki
A segunda temporada do seriado Conselho Tutelar da Record, em coprodução com a Visom Digital e Universal Networks, estreou no dia 4 de janeiro, e TV a Bordo foi conhecer um pouco mais da atriz Alessandra Loyola, que está de volta à telinha no último episódio.

A paulista de Campinas passou por várias produções da emissora e se destacou pela sua personagem Daniela, no folhetim teen REBELDE conquistando fãs pelo Brasil afora. Entretanto, antes de seguir com a carreira artística, Loyola cursou Psicologia: “Sempre gostei deste contato com o universo do outro, o que os move. Meu objetivo era dar aula porque amo ensinar, trocar conhecimentos. Adoro o contato com os adolescentes e de início, ia parar no bacharelado, mas, me encantei com a Psicologia Hospitalar e, principalmente, a Psicopatologia, saúde mental e criminologia.”, relata. 

foto: arquivo pessoal
Alessandra Loyola e suas fãs
de REBELDE
E foi durante um psicodrama que a paixão pelos palcos veio à tona: “Desde pequena fazia peças de teatro na escola e me amarrava, mas não sabia que uma coisa tão gostosa de fazer era uma profissão. Durante uma aula de psicoterapia em grupo, a minha antiga paixão foi acesa ao realizar uma reapresentação dramática, chamando a atenção da minha professora. A partir daí, veio aquele ‘clique’, e resolvi investir na carreira.”, diz feliz da vida.   
Bastante atuante, Alessandra acha importante que todo ator passe por todos os palcos: tanto no cinema, quanto no teatro e também na televisão: “São linguagens completamente diferentes. O ritmo, o tom da interpretação, a mecânica do trabalho. São três universos maravilhosos cheios de magia e encanto! O teatro é um exercício constante. Sou e sempre fui apaixonada por TV e cinema. Amo o dia a dia das gravações, e me sinto realizada nessa correira.”, conclui cheia de energia.
Muito trabalho, estudo e bastante dedicação, Alessandra Loyola deixa um recado para aqueles que desejam seguir a profissão: “Estudo, persistência, atualização e muito trabalho! Faça cursos na área, esteja sempre atualizado, participe de palestras, cursos, workshops, enfim, estudar sempre e muito!”, sem se iludir com o glamour e os holofotes, a ‘psicoatriz’ é bem pragmática quando o assunto são as negativas da vida: “Esteja preparado para ouvir o que você já tem: os ‘nãos’, e nunca desista! Sempre digo isso: não sei porquê nos entristecemos e ficamos tão mal ao recebermos um não, pois já o temos sem fazer nada, então, vamos buscar o sim!”, ensina.
foto: arquivo pessoal

Alessandra Loyola e 
suas ‘fãstubis’.
Presente nas redes sociais, Loyola tem perfis no Instagram, Facebook e Twitter, mas confessa que elas servem mais para ouvir desabafo de briga com os pais, irmãos, e contar da escola: “Amo essa interação com o público nas redes sociais. Converso com eles e tento dar atenção a todos.”, com REBELDE, o número de fãs aumentou assustadoramente, e ressalta a responsabilidade que deve ter ao dar um conselho: “Tomo muito cuidado em orientá-los. Falo sempre da importância de ouvir os pais, de estudar; falo de Deus, conscientizo para a proteção da natureza, dos animais, afinal, somos exemplo e cuido para ser um bom exemplo sempre. Notei que os meus conselhos surtiam efeitos e comecei a me engajar mais.”, comemora.

O cuidado e o carinho de Alessandra não é só com os fãs de seus papéis na TV, ela está empenhada em muitas causas, principalmente, com os animais: “Ajudo mensalmente várias ONG’s, não só financeiramente, mas divulgando suas feirinhas de adoção, maus-tratos, campanhas de castração, elucidando muitos ‘papais de pet’, que me pedem ajuda.” Organizações como ‘Focinho de Luz’, ‘Adoção Brasil’ e ‘Pampet’ são alguns dos grupos que Loyola colabora, além de uma galera que, junto com ela, fazem resgate de cães abandonados pelo Rio de Janeiro: “Se cada um fizesse a sua parte, teríamos um mundo melhor para todos.”, observa.

foto: arquivo pessoal

Alessandra Loyola como Daniela,
novela REBELDE, TV Record, 2011/2012.
#Rebelde
Os anos durante as gravações de REBELDE foram intensos e, claro, reservamos um capítulo especial desta entrevista para Alessandra Loyola falar especialmente sobre a Daniela, sua personagem na trama infanto-juvenil:

Saudades
Sinto falta de chegar e sair das gravações e ver a galerinha todos os dias nos esperando no portão da emissora. Sempre parava o carro, tirava fotos, conversava; à noite, assistia à novela no Twitter com eles comentando as cenas. Amava!

Aprendizado
Amo meus ‘fãtubis’, e amo ter esse contato tão próximo com todos. Isso que foi incrível em REBELDE. Esse público jovem é companheiro mesmo. Eles são calorosos, a energia é maravilhosa! Tenho 62 fã-clubes entre Twitter e Instagram, e eles estão sempre me emocionando com homenagens, surpresas, cartinhas, presentes e sempre retribuo respondendo, mandando foto autografada. Eles se envolvem verdadeiramente conosco e isso pra mim não tem preço.

Mensagem para os fãs
Amo o carinho de vocês! Adoro receber as cenas e montagens que vocês mandam para mim. Sou grata a cada um de vocês do fundo do meu coração!

foto: arquivo pessoal
Alessandra Loyola como Nereide,
Conselho Tutelar, TV Record, 2016
Amanhã, Alessandra Loyola estará presente no último episódio da série Conselho Tutelar. Vamos conhecer agora, mais sobre a personagem, Nereide, uma moradora de rua com um filho doente:
Perfil e preparação física
Ela é uma moradora de rua e super mãe que só tem o filho na vida. Ele é a sua única preocupação e é tudo que a move na vida. Fisicamente, deixei de lado tudo que poderia ser de difícil acesso à Nereide, como gilete, maquiagem, não como desleixo da personagem, mas por sua condição financeira. Deixei de depilar minhas pernas e sobrancelhas para imprimir melhor na tela. Também deixei de ir ao salão para fazer mãos e pés.

foto: arquivo pessoal
Alessandra Loyola como Nereide,
Conselho Tutelar, TV Record, 2016

Preparação psicológica
Foi um trabalho bem intenso. Precisei colocar uma carga muito grande de dor nessa mãe e me desgastei muito emocionalmente. Procurei me ligar muito ao Fê (Felipe Mendes), que faz o meu filho Helinho, que me chama até hoje de mãe. Nos falamos sempre e ele manda uns recadinhos lindos. A mãe dele diz que, quando ela dá bronca nele, ele diz que vai falar com a outra mãe dele, que sou eu! (Kkkkkk) Isso foi importante na hora das gravações. Ele me perguntava sempre como agir e estávamos muito em sintonia.
O que esperar da segunda temporada de Conselho Tutelar
Esta segunda temporada chega com tudo, mostrando todas as falhas do sistema e a necessidade de que seja tomada uma medida urgente para que haja uma mudança. É uma temporada tensa e forte e, com certeza, será um sucesso tão grande ou maior que a anterior.

A importância e a contribuição de Conselho Tutelar
Muitas pessoas desconhecem ou confundem o trabalho desses profissionais que é de extrema importância. Criticam sem saber que determinadas atitudes não são de responsabilidade deles e, muitas vezes, mesmo eles querendo, não podem fazer. Muitos não sabem como ajudar as crianças que sofrem, quem chamar, que número ligar, como proceder. É uma série que retrata e auxilia toda a sociedade. Na minha opinião, deveria ser fixa, e exibida semanalmente na grade de alguma emissora.

A seguir, o nosso Jogo Rápido com a atriz Alessandra Loyola
foto: arquivo pessoal
Alessandra Cristina de
 Loyola Pellizzer
Campinas – SP, 5 de fevereiro


JOGO RÁPIDO

Apelido
Alê, Lezinha (pela minha mãe)
Fofolete (pelo meu pai)
e o que mais amo: 
Diva (meus fãs queridos) Kkkkk!

Ator
Anthony Hopkins, Edward Norton e Fábio Assunção

Atriz
Laura Cardoso e Meryl Streep

Cantor
Toquinho e o conjunto Roupa Nova.

Cantora
Laura Pausini e Celini Dion

Música da minha vida
Emoções (Roberto Carlos)
My Way (Frank Sinatra)

Livros de cabeceira
Tenho vários livros de cabeceira que vez 
ou outra releio os romances de:
Sidney Sheldon e V. C. Andrews. 
‘Marley & Eu’, ‘O Caçador de Pipas’, 
‘O Meu Pé de Laranja Lima’, 
de José Mauro de Vasconcelos, 
‘O Pequeno Filósofo’ e
 ‘Sócrates E Thomas More – 
Correspondências Imaginárias 
de Gabriel Chalita.

Filme que mais assistiu:
E o Vento Levou

Ditado, frase ou verso:
“Se chorei ou se sorri, 
o importante é que emoções eu vivi!”

Personagem que gostaria de viver
Scarlett O’Hara

Sonho
Fim dos maus tratos aos animais 
e da violência urbana

Sonho de consumo 
Ter um abrigo para animais abandonados é 
o meu sonho de consumo

Toparia participar de um reality show 
como A Fazenda?
Não

No meu aniversário quero ganhar
Ração para doar aos abrigos 
e ONG’s que ajudo.

Defeito
Impaciência

Qualidade
Determinação

Uma palavra feia
Violência

Uma palavra bonita
Amor

Me deixa feliz
Animais e crianças felizes

Me tira do sério
Crueldade contra os animais. 
Fico extramente triste e impotente.
Acho um absurdo e uma covardia. 
Não consigo entender como alguém 
pode fazer algo contra seres 
tão maravilhosos e indefesos.

Se fosse voltar ao tempo
O importante é aprender com os erros 
e tentar errar menos amanhã

Se não fosse atriz, seria
Sou psicóloga e atuaria na área 
Forense ou professora.

Religião
‘Amar a Deus sobre todas as coisas 
e ao próximo como a si mesmo’

Amor
O que move a vida

Paixão
Atuar

Família
Exemplo e alicerce sempre

Alessandra por Alessandra
Sou uma pessoa intensa que me entrego
totalmente ao que quero.

Mensagem aos fãs
Um beijo enorme no coração de vocês! Muito obrigada por todo o carinho e calor humano que recebo diariamente. Vocês são maravilhosos!
Leia as Entrevistas
do blog TV a Bordo


Curta
Siga
tags
#TVaBordo #AlessandraLoyola
#ConselhoTutelar #Rebelde
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here