quarta-feira, 23 de março de 2016

Retrospectiva 2016: As Entrevistas do TV a Bordo


TV a Bordo faz um balanço
das entrevistas de 2016

Há três dias do fim de 2016, o TV a Bordo começa a sua retrospectiva com as entrevistas que marcaram as milhões de visualizações do site, que este ano, bateram recorde! Desfilaram por aqui atores, atrizes, diretores, autores e apresentadores de todos os canais, sem exceção, o que muito nos honrou.

De nomes consagrados a debutantes da televisão, o TV a Bordo diversificou o modo de entrevistar com as sessões 'Takes', dedicado aos diretores, o 'Entrevista Coletiva', aos autores, e o 'Check-In'.

Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa, a partir de agora, as entrevistas de 2016:

JANEIRO
Para acessar a entrevista é só clicar em cima do nome do entrevistado, que é introduzida com a frase em destaque. Boa leitura.


CHECK-IN com Isabella Koppel: 
"Não quero ficar conhecida 
como a menina 
que sabe chorar, que sofre. 
Quero que as pessoas saibam que 
eu me jogo mesmo, sem medo. 
Se a personagem for má, eu vou tentar 
ser a pior, se ela for engraçada, 
vai ser ótimo!"




CHECK-IN com Alessandra Loyola: 
"Se cada um fizesse a sua parte, 
teríamos um mundo melhor para todos."




CHECK-IN Ricky Tavares: "Com José, 
me aproximei mais de Deus. 
Um papel que tocou a minha vida, 
e aprendi a vê-la com outros olhos."



CHECK-IN Kadu Schons: 
"Estudei muito para 
convencer que o meu Alex 
era além do tempo."



CHECK-IN Talita Younan: 
"Acreditar, correr atrás 
e não desistir! 
O segredo tá aí."



Entrevista Brendha Haddad: 
"Nas redes sociais 
já tem perfil das duas personagens, 
e elas se tratam como irmãs gêmeas. 
Eu me divirto!"


FEVEREIRO


Entrevista Alice Sigmaringa: 
"Também tenho 
vontade de ser professora."


MARÇO



Check-In Kiria Malheiros: 
"Amo atuar, 
e nunca acho chato!"




Entrevista Coletiva com Doc Comparato: 
"Tenho um arrependimento
 crônico: ter largado 
a medicina para me tornar um autor."


Da novela fenômeno
das sete da Globo




Entrevista Daniel Blanco: 
" Tenho medo de um dia 
não conseguir mais andar 
na rua sossegado, 
sem ter muita gente falando comigo, 
ou me secando como se eu fosse um alienígena."


Da novela fenômeno
das seis da Globo



CHECK-IN JP Rufino: 
"Em casa sempre aprendemos 
que devemos fazer 
nossas próprias escolhas, 
devemos nos encontrar e trilhar o próprio caminho."


Entrevista Cleiton Morais: 
''Ser artista é uma dádiva!"


ABRIL


 Check-In Larissa Maciel: 
"A experiência mais transformadora 
da vida é a maternidade. 
Você conhece o amor maior do mundo!"



 Check-In Diogo Sales:
 "O ser humano não consegue 
aceitar o diferente como 
uma coisa normal. 
por isso, não vivemos em igualdade."


MAIO


Entrevista Rodrigo Dorado: 
"Se você quer mudar o mundo, 
comece mudando sua vida ou de alguém próximo."



Check-in Bruno Ahmed: 
"Estou aprendendo a lidar 
com os altos e baixos da profissão. 
A ansiedade atrapalha demais, 
mas a perseverança ajuda e muito!"



 Entrevista Paulo Vilela: 
"A minha fé cresceu 
um pouco mais. Sinto que comecei 
a conversar mais com Deus."



Entrevista Thiago Amaral: 
"Eu acredito no amor 
e no ser humano."



Entrevista Marco Antônio Gimenez:
 "Aprendi a atingir a emoção 
com mais sabedoria."



Entrevista Gustavo Reiz: 
"O público pode esperar pelo bom e velho novelão; 
uma história de amor forte, 
um casal que se ama 
e enfrenta todas as dificuldades 
para realizar seu amor."



Takes com Ivan Zettel: 
"Ser diretor é dirigir ator. 
Se não dirige ator, 
você está apenas 
marcando cena."


JUNHO


Entrevista com Raphael Montagner:
"A arte é como o carinho, o amor, se não for compartilhada, 
perde a força e o sentido."



Entrevista com Sabrina Sato:
 "Um amor de verdade é 
aquele que vive 
a vida ao nosso lado."



Entrevista Mariana Leão:
 "Deus se manifesta de diversas formas e tem 
um propósito 
para cada um de nós."


JULHO


Entrevista Vivian de Oliveira: 
"Aprendi a exercitar a fé na
 prática como os personagens de 'Os Dez Mandamentos'. 
Viver não pelas circunstâncias, 
nem pelo 
que vejo ou sinto, 
mas pelo que creio."



Takes com Alexandre Avancini: 
"Libertar o povo da escravidão, talvez seja uma motivação
 mais fácil, agora, motivar este povo 
para grandes batalhas, é uma motivação, 
talvez, muito mais difícil."




Letícia Tomazella: 
"Os artistas brasileiros, por meio das histórias bíblicas, 
adentram no gênero épico, ainda pouco explorado por nossa TV. 
Artisticamente, esse é um ganho, além de transmitir 
às pessoas mensagens de fé e esperança!"



Entrevista Marcos Reis:
 "O Kadmo é um cara que 
está disposto a 
qualquer coisa pra impedir 
a chegada dos hebreus em Jericó. 
Mas a quem ele é 
realmente leal 
dentro daquele reino?"


AGOSTO


Entrevista Myrella Victória: 
"A Lila é tudo o que
 eu pedi a Deus."



CHECK-IN com Karen Marinho, 
a garota indomável Belezinha de 'Escrava Mãe'.




Georgina de Castro: 
"'Cúmplices de Um Resgate' 
é uma fofura. 
Muito alegre, colorida, musical. 
E acho que faltam 
mais trabalhos tanto 
na TV quanto no cinema, 
para esse público infanto-juvenil."


SETEMBRO



Entrevista Fhelipe Gomes:
 "Todos nós somos iguais, 
não importa as características 
de cada um. 
Todos nós podemos alcançar e
 realizar nossos sonhos."



Entrevista Douglas Sampaio: 
"Sou muito agradecido 
a Deus por tudo 
que aconteceu na minha vida."



 Check-In Miguel Costa: 
"O Gael tem me ensinado que a fé, 
a persistência 
e o amor pode mudar todas as situações."



Check-In Louise Marrie: 
"A Ruth tem a imaturidade de acreditar 
que certos tipos de coisas 
dariam certo, 
como o sentimento por um homem casado."


OUTUBRO


Entrevista Junno Andrade:
"'Escrava Mãe' faz você refletir 
sobre as diferenças, 
racismo, poder e amores impossíveis, 
improváveis e surpreendentes de uma 
forma divertida e emocionante."




"Sou apaixonada pelas
 histórias bíblicas 
justamente por isso. 
Elas levam cultura para dentro da 
nossa casa, em todos os sentidos."



"Estude para ser artista por 
amor à profissão, e não para ser famoso."


NOVEMBRO


"Eu não sou do ator que fala, odiei. 
Eu assisto, e tenho a consciência 
de que todas as cenas que fiz 
sempre têm alguma coisa 
que eu possa melhorar."


DEZEMBRO


"É um desafio falar de um tempo tão antigo, 
é como se falássemos de toda a humanidade 
com essas mulheres que são arquétipos femininos. 
Podemos ir mais longe nos sentimentos
pela intensidade dos acontecimentos da trama."



"As tramas bíblicas estabelecem 
uma conexão com nossa 
história primária, um resgate de 
valores, ética e principalmente da fé."





Curta

Siga

0 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.