Uma visita à França pelo ‘Câmera Record’ faz descobertas de imagens inéditas da Princesa Isabel

0
foto: reprodução

Conheça também uma vila medieval
de 900 anos de existência

A equipe do Câmera Record desta quinta (4/8) faz uma viagem à França e descobre em um castelo medieval, uma imagem inédita do momento em que o corpo da Princesa Isabel chega ao Brasil, em 1953.

Assim como o pai, Isabel viveu em exílio após a Proclamação da República e faleceu na França em 1921, mas os seus restos mortais, 30 anos depois, retornaram ao País. Pela primeira vez, uma televisão brasileira irá mostrar as imagens, reveladas pelo dono do castelo, um conde que é tataraneto do imperador Dom Pedro II.

Nas ruas de Paris, capital da França, lugares e produtos que mostram o glamour que tanto seduz as celebridades do mundo inteiro, como as lojas que vendem casacos de R$ 120 mil e morangos regados à flocos de ouro. Um exagero!

Catacumbas de Paris
Embaixo da Cidade Luz, Paris (como é chamada carinhosamente), e as suas desconhecidas Catacumbas, a repórter Heleine Heringer, revela a experiência inusitada de atravessar corredores escuros  para encontrar as ossadas de seis milhões de pessoas, vítimas de grandes batalhas medievais.

A produção do programa ainda se depara com uma vila medieval, construída há 900 anos. Um cenário de reis, camponeses, animais selvagens e grandes confrontos bélicos, exatamente como na época da idade das trevas e retratada intensamente pelas séries e superproduções hollywoodianas. 

O Câmera Record é apresentado por Marcos Hummel e vai ao ar nesta quinta, dia 4 de agosto, às 22h30, logo após o Jornal da Record.

Fonte: Record Comunicação

Leia as Entrevistas
do TVaBordo

Curta

Siga
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here