Alexandre Avancini, o campeão de audiência da Record

0
Alexandre Avancini é destaque na MATÉRIA ESPECIAL do TV a Bordo
 
Avancini
foto: reprodução da internet
 
O diretor por trás
dos grandes recordes da +RECORD TV 
 
warlenpontes@hotmail.com
 
Rio, quinta-feira, 19 de janeiro de 2006. Na faixa das 19h41 às 20h47, a novela ‘Prova de Amor’, de Tiago Santiago, exibia o seu 76º capítulo e com uma façanha: 17 minutos à frente do ‘Jornal Nacional’, que registrava 20 pontos contra 22 pontos da Record. Um duplo triunfo, já que a Globo está sediada na capital carioca.
 
Na média, ‘Prova de Amor’ se consolidou com 20 pontos, pico de 23 pontos e share de 38% (participação de TVs ligadas no canal), a Globo ficou com 22 de média e 42% de share. No dia seguinte, uma nova vitória: 24 pontos versus 23,7 pontos, contudo, nos dados consolidados (média de cada atração), um empate técnico entre os dois canais.
 

Assim começou a trajetória gloriosa do campeão de audiência, Alexandre Avancini, que depois do inconveniente triunfo de ‘Prova de Amor’ para a Globo, outras obras comandadas por ele, passaram a apoquentar a soberania da líder, como vemos a seguir:

Avancini
foto reprodução
Pela primeira vez na televisão brasileira um folhetim subiu o morro, de verdade. O autor Marcílio Moraes trouxe ao horário nobre uma trama recheada de corrupção social, tráfico de drogas e o amor entre dois jovens de classes sociais distintas. 
 
‘Vidas Opostas’ recebeu todos os principais prêmios da telinha nacional, incluindo o ‘Troféu Imprensa’, disputando com dois ícones da dramaturgia: Gilberto Braga ‘Paraíso Tropical’ e ‘Duas Caras’, de Aguinaldo Silva. Ainda emplacou dois troféus da APCA (Associação Paulista de Críticos da Arte): Melhor Ator, Marcelo Serrado e, Melhor Atriz, Jussara Freie.
 
‘Vidas Opostas’ – em vários momentos da sua caminhada – chegou a liderar a audiência, e o seu ápice foi no último capítulo, quando viu a Globo pelo retrovisor e permaneceu 44 minutos na liderança, com média de 25 pontos e share de 40%, um feito histórico.  
Avancini
foto reprodução
Em 6 de fevereiro de 2008, contra um jogo de futebol, ‘Caminhos do Coração’, nova parceria com o autor Tiago Santiago, fez um gol de placa. A trama recheada de mutantes entrou para os anais do canal paulista como a primeira novela a bater a Globo na média geral. O placar registrado: 22 x 20 pontos; teve pico de 27 pontos, contra 15 da Globo.
Avancini
foto reprodução
O primeiro seriado dirigido por Avancini (na Record) em parceria com Marcílio Moraes, ‘A Lei e o Crime’, estreou na liderança. Segundo dados consolidados do Ibope, a história do ex-cabo do Exército que se torna chefe do tráfico de drogas alcançou o primeiro lugar no Rio de Janeiro, com 23 pontos de média, pico de 25 pontos e share de 41%. 
Avancini
foto reprodução
‘Vidas em Jogo’ foi o début da novelista Cristianne Fridman sob o comando de Avancini. O enredo em que dez amigos ganham um prêmio milionário na mega sena alcançou a liderança em 20 de janeiro de 2012, com 19 pontos de média. Na última semana, ‘Vidas em Jogo’ marcou 20 pontos de média, e o seu decisivo desfecho, exibido em 9 de abril de 2012, cravou 18 pontos de média, pico de 20 pontos, versus 14 pontos da Globo.
Avancini
foto reprodução
A primeira temporada da icônica ‘Os Dez Mandamentos’, escrita por Vivian de Oliveira foi a mais expressiva produção que abriu o horário de histórias baseadas na Bíblia e a consolidação desse nicho. A Record surpreendeu e foi surpreendida por números estratosféricos, enterrou a baixa safra no Ibope de seus últimos produtos dramatúrgicos e, mais uma vez, se destacou no hall da fama da TV aberta.
 
Em 8 de setembro de 2015, na Grande São Paulo, pela primeira vez, uma novela ficou à frente de um jogo da Seleção Brasileira: 21 pontos por cinco minutos. No Rio de Janeiro, durante 15 minutos de enfrentamento com a partida, um empate: 22 pontos.
 
Avancini
foto: reprodução da internet Alexandre Avancini dirige Guilherme Winter (Moisés) e Petrônio Gontijo (Arão) em ‘Os Dez Mandamentos’ 
Em 29 de outubro de 2015, outro brilhante êxito de ‘Os Dez Mandamentos’, bateu de ponta a ponta os mais importantes símbolos da Globo: o ‘Jornal Nacional’ e a sua menina dos olhos, a novela ‘A Regra do Jogo’, em São Paulo e no Rio de Janeiro, com 24 pontos e 26 pontos de média, respectivamente.
 
Dali em diante era só a liderança até chegar ao seu auge no dia 10 de novembro, em que a saga de Moisés exibiu a emblemática sequência da abertura do Mar Vermelho, com média de 28 pontos, pico de 31 pontos e share de 39%, na Grande São Paulo. No Rio de Janeiro, ‘Os Dez Mandamentos’ consolidou 32 pontos, pico de 36 pontos e share de 47%, e uma vantagem de 8 pontos em relação à +Globo.
 
Avancini
foto: reprodução da internet Alexandre Avancini comandou as filmagens de ‘Os Dez Mandamentos’, no Chile
‘Os Dez Mandamentos’ também foi o primeiro folhetim da história da televisão brasileira a ter uma versão cinematográfica: ‘Os Dez Mandamentos – o Filme’, que levou às telonas de todo o país mais de 11 milhões de espectadores, superando o clássico ‘Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro’.
 
Atualmente, Alexandre Avancini é o regente de ‘A Terra Prometida’, uma obra que começa a incomodar a Vênus Platinada em algumas capitais, como Belém, Goiânia e Vitória, e se aproxima dos 20 pontos em São Paulo, e os ultrapassa no Rio de Janeiro. 
 
Em 2017, Avancini vai rodar um filme sobre a vida do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, o bispo Edir Macedo, e proprietário da Rede Record. Uma trama escrita por Vivian de Oliveira, também para o ano que vem, é a mais nova empreitada televisiva do diretor de 51 anos, e que vai narrar o fim dos tempos, será o ‘Apocalipse’ da Globo?
A seguir, confira depoimentos especiais
 a Alexandre Avancini:
Avancini
O jornalista Warlen Pontes com o diretor Alexandre Avancini na coletiva de imprensa de ‘A Terra Prometida’
Depoimentos especiais a
Alexandre Avancini:
 
 
“Avec é genial! Simples assim”
Daniel Figueiredo,
produtor musical de
‘Vidas Opostas’, ‘A Lei e o Crime’,
 e ‘Os Dez Mandamentos’
entre outras.
 
 
“Avancini é um extraordinário diretor,
especialmente de obras épicas.
Percebi esta característica 
no primeiro trabalho
que fizemos juntos: ‘Vidas Opostas’. 
As cenas de multidão
e de batalha são inigualáveis”
Marcílio Moraes,
autor de ‘Vidas Opostas’,
‘A Lei e o Crime’.
 
 
“Fora de série, extraordinário, 
inteligência raríssima, 
artista fenomenal, gênio. 
Alexandre tem meu afeto incondicional,
minha admiração intensa e o 
desejo sempre de novas parcerias”
Tiago Santiago,
autor de ‘Prova de Amor’,
e a trilogia ‘Caminhos do Coração’.
 
 
“Avec é um excelente parceiro profissional. 
Artista sensível, inquieto, 
dono de um talento admirável.
Sempre cuida pessoalmente 
de todos os 
detalhes da obra e é um 
grande entusiasta das boas ideias. 
Tem sido um prazer enorme 
trabalhar com o Avec, 
que acabou se tornando
 um bom amigo”.
Vivian de Oliveira,
autora de ‘José do Egito’
e ‘Os Dez Mandamentos’.
 
“O Avancini é um diretor 
objetivo e simples.
Ele me pedia para fazer menos 
‘caras e bocas’
porque, na simplicidade, a cena 
fica mais verdadeira e bonita.
Foi um bom conselho, 
que vou levar para o resto da vida.”
intérprete do Natan,
na 2ª temporada de
‘Os Dez Mandamentos’
 
“O Avec é o nosso “maestro”!
Coordena tudo isso que
a gente vê na telinha!
Coordena tudo de perto, com carinho,
minuciosidade e talento.
Além de ser uma pessoa alto astral,
bacana com todo
mundo e muito generoso.
Ser dirigida por ele foi
uma grande honra.”
intérprete da Liora em
‘A Terra Prometida’.
 
#AlexandreAvanciniNoTVaBordo
 
Agradecimento especial
 à sua assessora
 
 
Leia as Entrevistas
do TVaBordo
 
 
Curta
 
Siga
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.