Debate transmitido através do Facebook pela RedeTV é usado como exemplo mundial

0
foto: Ricardo Almeida

Facebook considerou
a transmissão inovadora, que contou
com a parceria de UOL e Veja

As transmissões feitas pela RedeTV dos debates de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte para as eleições municipais foram consideradas – pelo Facebook – como exemplo mundial na utilização de sua ferramenta ao vivo. O texto foi publicado no site institucional da rede social.

Segundo o Facebook, a inovação é a característica que marcou a transmissão, que contou com a parceria do site UOL, da revista Veja e do próprio Facebook. A RedeTV também criou conteúdo exclusivo para a rede social antes e durante os comerciais que intercalavam a exibição do debate. A emissora paulista aferiu a audiência em tempo real, e essa aferição foi capaz de segurar o público durante os breaks comerciais.  

Um perfil com dados dos habitantes de cada região e os principais temas foram criados graças ao fornecimento de dados geográficos registrados no Facebook. Ao todo, 411 mil visitantes únicos assistiram aos três debates pelo Facebook. 

O primeiro debate no Rio de Janeiro alcançou 15 vezes mais pessoas em relação aos vídeos compartilhados anteriormente. Com o formato criado pela equipe de mídias sociais do Portal da RedeTV, a emissora se consolidou ao bater recorde com transmissão ao vivo do segundo turno da capital carioca. 

Transmissão histórica
O encontro entre os dois candidatos vencedores do primeiro turno, Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL), bateu pico de 36.184 mil espectadores simultâneos na ‘Live’ do Facebook.

Os números são impressionantes: 638.192 mil visualizações; 2.857.524 milhões de pessoas alcançadas, além de 731.245 mil envolvimentos (comentários, curtidas e compartilhamentos) com a publicação. No total, os usuários passaram 1.823.388 milhão de minutos visualizando a transmissão histórica.

Clique AQUI e leia 
a nota do Facebook na íntegra

do TVaBordo


Curta


Siga

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here