Guilherme Chelucci: “Estude para ser artista por amor à profissão, e não para ser famoso.”

0
entrevista
Guilherme Chelucci

foto: arquivo pessoal

“Minha mãe conta que, quando pequeno, eu queria entrar no aparelho de TV”, revela o ator Guilherme Chelucci, do alto dos seus 189 cm de altura, e que dá vida ao Epaminondas, em ‘Haja Coração’, a novela mais vista da televisão brasileira da atualidade.

Aos 40 anos de idade, Guilherme Chelucci comemora a sua estreia na telinha. Começou no spin-off (*) como o Tarzan, até chegar ao Epaminondas, personagem disputado pelas irmãs Teodora Abdala (Grace Gianoukas) e Safira Abdala (Cristina Pereira), no folhetim escrito por Daniel Ortiz com direção geral e núcleo de Teresa Lampreia e Fred Mayrink.

Em uma pequena pausa nas gravações de ‘Haja Coração’, Guiherme Chelucci conversou sobre teatro, os desafios da profissão e, é claro, o personagem que tem dividido a atenção das Abdalas, conversa essa que você confere a partir de agora:

TVaBordo – Você começou a carreira como modelo, mas acabou cursando uma Faculdade de Direito. Por escolheu o curso de direito? Em que o ‘direito’ o ajudou na sua formação como ator?
Guilherme – Nem eu sei porquê escolhi a Faculdade de Direito (risos). Sempre gostei de esportes, queria fazer educação física, mas acabei me inscrevendo no vestibular de direito. Depois veio o teatro. O teatro me tornou um ser humano muito melhor. Porém, é claro, que a faculdade me ajudou muito como ator, principalmente devido às leituras.

TVaBordo – Como o Teatro entrou nessa história?
Guilherme – Desde criança, sempre quis ser ator. Minha mãe conta que quando pequeno eu queria entrar no aparelho de TV. Quando me formei em direito, fui pra SP e comecei a trabalhar como barman para juntar dinheiro, fazer cursinho e prestar concurso público. Trabalhei por dois anos como bartender, juntei uma grana, mudei os planos, e decidi estudar para ser ator.



TVaBordo – Com os altos e baixos da profissão, qual é o conselho que você daria para aqueles que desejam seguir carreira artística?
Guilherme – Digo o seguinte: estude para ser artista por amor à profissão e não para ser famoso. Quando fazemos o que amamos, nosso ofício se torna um prazer e alcançamos o sucesso profissional. Pode demorar, mas chegamos lá.
Antes de estrear em ‘Haja Coração’, Guilherme Chelucci ficou em cartaz por três anos e meio (e sem patrocínio) com o espetáculo teatral ‘Homens no Divã’, do diretor Darson Ribeiro, sem previsão para retorno, mas que o ator torce para voltar em cartaz: “Nova temporada de ‘Homens no Divã’, quem sabe em 2017. Mas, não há nada certo ainda”.



TVaBordo – Vamos falar de ‘Haja Coração’. Você foi convidado para fazer o Epaminondas pelo próprio autor, o Daniel Ortiz. Como tudo aconteceu?
Guiliherme – Em fevereiro deste ano fiz um registro de ator com o produtor de elenco Ide Magno, da TV Globo SP, e por meio da produtora de elenco Danielle Ciminelli esse registro chegou ao Daniel, que me fez o convite. E eu aceitei com todo o prazer. Sou muito grato a todos pela oportunidade. Estou muito feliz.

TVaBordo – Sobre o spin-off: quantos dias de gravações foram necessários, e onde foram gravadas as cenas?
Guilherme – Gravamos o spin-off em sete, oito dias. As gravações foram em locações nos Estúdios da Globo e também em praias do Rio de Janeiro. 

TVaBordo – Como foi contracenar com a Grace Gianoukas (Teodora Abdala)?
Guilherme – Foi um presente, não podia ser uma atriz melhor. A Grace é incrível! Além de ser muito talentosa é muito generosa em cena, um ser humano de muita luz. Será minha amiga para o resto da vida. Me ajudou nas cenas tanto do spin-off quanto na novela. Sou muito grato a ela e muito feliz de ter o privilégio de contracenar com esse ícone do teatro brasileiro.

foto: GShow

Ghilherme Chelucci e Grace Gianoukas 
nos bastidores do spin-off
em ‘Haja Coração’ – TV Globo / 2016


TVaBordo – Alguma história engraçada de bastidores?
Guilherme – Bom, eu fiquei tão feliz com o convite de entrar na novela e fazer o spin-off que quando fui fazer o exame admissional, para assinar o contrato, minha pressão estava  22 por 10, e eu me sentindo muito bem (risos) Meu emocional foi às alturas! (risos) Excesso de felicidade! Que fique aqui registrado, não tenho problemas de pressão alta, foi emocional mesmo. Já está tudo ok com minha pressão (risos).

foto: Isabella Pinheiro / GShow

Gulherme Chelucci em foto de bastidores
com a macaquinha Júlia


TVaBordo – Como é estrear aos 40 anos de idade na novela de maior audiência da TV aberta?
Guilherme – É bom demais! Nada é por acaso e tudo acontece ao seu tempo. Tenho muito o que aprender ainda, mas me sinto preparado pra isso.

TVaBordo – Qual foi a cantada mais sem vergonha que já recebeu nas ruas?
Guilherme – Não me lembro.

TVaBordo – Se fôssemos colocar o Epaminondas e o Guilherme um ao lado do outro, quais seriam as diferenças e as semelhanças?
Guilherme – A semelhança é que eu sou um cara do bem, procuro ser correto e manter sempre meus princípios; a diferença é que não sou inocente como ele.

foto: Felipe Monteiro

Guilherme Chelucci em momento
de descontração nos bastidores
do spin-off
TVaBordo – Convide a galera para assistir ‘Haja Coração’:
Guilherme – A novela está no final, mas tem muita surpresa por aí, então, fiquem ligados nos capítulos finais.

Vamos conhecer um pouco mais do Guilherme Chelucci? A seguir, confira um bate-bola, Jogo Rápido:

foto: arquivo pessoal

Jogo Rápido

Apelido de infância
Gui

Ator brasileiro
Paulo Autran

Atriz brasileira
Fernanda Montenegro

Ator estrangeiro
Anthony Hopkins

Atriz estrangeira
Julia Roberts

Na TV assiste…
Filmes, documentários,
novelas e séries.

Qual foi o filme que mais assistiu
‘Forest Gump’

Música da sua vida
‘Chega de Saudade’ – Antônio Carlos Jobim


No meu aniversário quero ganhar…
Um belo contrato.

Não tenho habilidade para…
Cantar, mas tenho capacidade de
aprender.

Se fosse voltar ao tempo,
voltaria para a época de…
Anos 1980.

Personagem que gostaria de fazer
Um vilão.
Pela manhã, bom humor
ou mau humor?
De manhã, tarde ou noite,
sempre bom humor.

Parte do corpo que mais gosta?
Gosto do meu sorriso.

Parte do corpo que menos gosta?
Não gosto dos meus pés.

Arrependimento
Eu me arrependo do que não fiz.

Defeito
Sou muito autocrítico.

Qualidade
Gentileza.

foto: GShow

Me tira do sério
Ver alguém maltratar animal.

Me deixa feliz
Estar trabalhando.

Uma palavra feia
Ódio.

Uma palavra bonita
Amor.

Pra namorar, sol ou lua?
Namorar na lua.

Mulher ideal
Aquela que respeita 
a minha profissão.

Religião
Espírita.

Mensagem aos fãs
Sou grato a todos pelo carinho.

#GuilhermeChelucciNoTVaBordo


do TVaBordo


Curta


Siga

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here