Mal informado, Jô Soares discute com convidados sobre black bocs

0
foto: reprodução

Entrevistador chegou a se desentender
com os jornalistas brasileiros 
e a socióloga espanhola
No ‘Programa do Jô’ da madrugada de segunda para terça – 11 –  a socióloga espanhola Esther Solano e os jornalistas brasileiros Bruno Paes Manso e Willian Novaes foram os convidados para tratar do assunto: black bocs, tema do livro, ‘Mascarados: A verdadeira história dos adeptos da tática black bloc’.

A polêmica tomou conta da entrevista marcada por uma calorosa discussão sobre os black bocs, o que gerou um desentendimento entre Jô e o trio de convidados. De início, Jô questionou a escolha da pesquisadora por tratar de um tema “tão tenebroso”, comparando a prática do nazismo.

Surpresa, Esther observou que o tema “não era tão tenebroso assim” e que, durante dois anos de pesquisa, não havia encontrado nenhum manifestante com discurso igual a Hitler. Não satisfeito, Jô disse ter visto black bocs com roupas estampadas com a suástica, símbolo do nazismo. Imediatamente, Esther rebateu o Jô: “Por um (indivíduo) você não pode intitular o resto, né? Um não é massa”.

Para não se dar por vencido, Jô ironizou a pesquisadora: “Mas você tirou de letra, né? Levou bomba, gás, foi almoçar com eles…”, ironia essa, corrigida pela espanhola. A esta hora da entrevista, com a tensão evidente, e Jô visivelmente irritado mencionou o caso do cinegrafista Santiago Andrade, morto em 2014 após ser atingido por um rojão enquanto cobria manifestações: “E o jornalista que morreu com essa violência? Tudo bem?”, retrucou.

Faltaram aqueles balõezinhos de desenho animado em cima da cabeça da pesquisadora, mais ou menos assim, ou eu falo, ou eu me levanto e vou embora, entretanto, ela verbalizou o que pensava sem pestanejar: “Você comparar black bocs com a violência nazista me parece que não é honesto. Em um estamos falando de violência contra objetos, em outro, de um extermínio. Acho que não é equilibrado”. Com essa observação, ficou visivelmente claro que Jô Soares (não entendeu) as considerações feitas por Esther logo no começo da conversa. 
Assista à entrevista
neste link

do TVaBordo


Curta

Siga
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here