Panama Papers vence Pulitzer, mais importante prêmio do jornalismo mundial, com parceria da RedeTV!

0
foto: Divulgação +RedeTv! 

RedeTV! foi única emissora
de TV brasileira a  participar
do Consórcio Internacional
de Jornalistas Investigativos

O consórcio “Panama Papers” venceu o prêmio Pulitzer na categoria “Explanatory Reporting”, uma reportagem que explica em detalhes um grande tema. A Rede TV! foi a única emissora de TV brasileira a participar no Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês) por meio da associação do superintendente de Jornalismo e Esportes da emissora Franz Vacek, que esteve pessoalmente na sede da entidade em Washington, nos Estados Unidos, para afiliar-se em 2015.
Criou-se um núcleo interno composto pelos jornalistas Diego Vega, Fernanda Mainzer e Mauro Tagliaferri para investigar as denúncias em conjunto com os parceiros no projeto: Uol e O Estado de São Paulo.
“É uma honra ter participado diretamente do Panama Papers e ter sido o braço televisivo no Brasil do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos. Sem dúvida esse reconhecimento mundial é extremamente gratificante na minha carreira e para o jornalismo da RedeTV!”, exalta Franz Vacek.
Levantamento conduzido pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos identificou pelo menos 37 offshores criadas ou operadas pela Mossack Fonseca – quarto maior escritório de advocacia offshore do mundo – que já foram mencionadas em investigações e processos judiciais sobre recursos naturais na África.
O caso consiste basicamente em colocar dinheiro em empresas no Panamá para evitar fiscalização e impostos. Os papéis mostram que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, Nawaz Sharif, primeiro-ministro paquistanês, Petro Poroshenko, presidente da Ucrânia, o então primeiro ministro da Islândia, Sigmundur Gunnlaugsson, passando por estrelas do futebol como Michel Platini, craque do futebol francês e ex-presidente da UEFA, Clarence Seedorf, Zamorano e Lionel Messi. Até artistas, como o cineasta Pedro Almodóvar, o ator Jackie Chan e o empresário da indústria fonográfica David Geffen colocaram seu dinheiro por lá, entre muitos outros.
O Brasil consta na lista e está representado pelo juiz Joaquim Barbosa, o senador Edison Lobão, do PMDB, Eduardo Cunha, ex- presidente da Câmara dos Deputados, também do PMDB, além do cantor Roberto Carlos.
Confira a íntegra da investigação especial ‘Panama Papers’,

Curta

Siga

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.