domingo, 7 de maio de 2017

'Câmera Record' e os presídios mistos

foto: reprodução

. "A gente é preso junto, 
foge junto e volta junto pra cadeia", 
diz Cláudia, que dos 24 anos 
de casamento, passou 11 deles
 atrás das grandes com o marido Alexandre

Embora pouco conhecidas, 238 penitenciárias no Brasil reúnem homens e mulheres que, nestes locais, cumprem pena praticamente juntos. O Câmera Record deste domingo (7/05) mostra esta face pouco conhecida do sistema carcerário do país, os chamados presídios mistos, criados de forma improvisada diante do crescimento da população carcerária.

Os repórteres do programa tiveram acesso exclusivo a duas dessas cadeias, uma no Rio Grande do Sul e outra no Piauí. Enquanto os solteiros flertam à distância no presídio de Rio Grande, no extremo sul do país, na cadeia de Parnaíba, no nordeste, o namoro tem que ser aprovado pelo diretor e só acontece a moda antiga. Os repórteres Hilder Monção e Heleine Heringer vão mostrar histórias destes estabelecimentos que reúnem famílias inteiras e onde nascem histórias de amor.

Kellen foi a primeira a chegar à cadeia pública de Parnaíba, no litoral piauiense. "Eu estava na casa de um patrão fazendo programa com ele, e a Civil bateu, levou ele e me trouxe junto", conta a ex-garota de programa, presa por associação ao tráfico. Portadora do HIV, conheceu Roberto, que também estava detido por tráfico de drogas. Foi amor à primeira vista. Não demorou para eles passarem da troca de olhares para a troca de cartas. “Já passei por várias cadeias e vivia incomodando, chutando portas. E depois que eu conheci a Kellen, ela me mudou completamente. Sou outra pessoa", diz o detento. E acrescenta: "Sabia que ela tinha Aids. Eu a escolhi. Hoje ela taí, bem gordinha, bonita!".

No Rio Grande do Sul, Maria vive um verdadeiro calvário e sabe bem o que é ter um filho na prisão. Afinal, não tem só um: quatro filhos e o ex-marido estão atrás das grades. "Quando eu me juntei com ele, fugi de casa com ele. Sabia que ele roubava, sabia tudo. Mas nada disso não fez eu desistir dele", fala a dona de casa ao se referir ao ex.

Uma das filhas, Fátima, diz que ela e os irmãos, encarcerados no mesmo presídio, aprenderam tudo com o pai no mundo do crime. "A gente veio a conhecer as drogas através do meu pai", revela.

E mais: como os presos das cadeias mistas se viram para garantir o mínimo de privacidade na visita íntima?

O 'Câmera Record', apresentado por Marcos Hummel, vai ao ar domingo, 07/05, às 23h15, logo após o Domingo Espetacular.



Curta

Siga


0 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.