Takes com Edgard Miranda: "Tanto faz o veículo, teatro, cinema, televisão, o que importa é a verdade. A cena tem que ficar verdadeira. É isso que o público aguarda."

  • quinta-feira, maio 11, 2017
  • By Warlen Pontes
  • 0 Comments

TVaBordo
apresenta
TAKES
com
foto: reprodução

por Warlen Pontes
warlenpontes@hotmail.com

Um soco na boca do estômago fez com que o carioca Edgard Miranda mudasse o desejo de ser correspondente internacional, para se tornar um dos diretores mais talentosos de sua geração na televisão brasileira.

O comandante da produção bíblica, que vai ao ar em horário nobre na Record TV, 'O Rico e Lázaro', concedeu uma entrevista exclusiva ao TV a Bordo em três TAKES. Edgard Miranda garante que nunca perdeu a paciência com um ator. Sempre muito objetivo, respondeu sobre o ofício da direção, os desafios da profissão e, é claro, a novela baseada em uma parábola da Bíblia.

Ao final da matéria, ainda constam depoimentos especiais da atriz Beth Goulart, da novelista Cristianne Fridman, autora de 'Chamas da Vida' e 'Vitória', do ator Raphael Montagner e do produtor musical, Daniel Figueiredo, compositor da primorosa trilha sonora de 'O Rico e Lázaro'.

Senhoras e senhores, o diretor Edgard Miranda.


CARREIRA

Na Globo
Novelas
'Pecado Capital'
'Esplendor'
'O Beijo do Vampiro'
'Kubanacan'

Minisséries
'Os Maias'
'Presença de Anita'
'O Quinto dos Infernos'


Na Record TV
'Prova de Amor'
'Vidas Opostas'
Diretor Geral
substituiu Avec
'Chamas da Vida'
Diretor geral

foto: reprodução

Taumaturgo Ferreira, Liliana Castro
Edgard e Flávia Monteiro
Ribeirão do Tempo,
Record TV - 2010/2011

'Ribeirão do Tempo'
Diretor geral
'Máscaras'
Diretor geral
substituiu Ignácio Coqueiro
'Vitória'
Diretor Geral
'Sem Volta'
(minissérie)
'O Rico e Lázaro'
Diretor Geral


TVaBordo - Por que escolheu o 'Jornalismo e o Marketing' antes de se seguir como diretor, e o que mais o influenciou para se tornar um diretor de televisão? E onde o filme 'Gêmeos - Mórbida Semelhança' entra nessa história?
Edgard Miranda - Sempre amei viajar, então quando optei por jornalismo, o sonho era ser correspondente internacional. Minha mãe foi a primeira produtora executiva mulher na televisão brasileira, e participou de quase todos os maiores sucessos da época de ouro da televisão (Roque Santeiro, Salvador da Pátria, Armação Ilimitada, O Outro, Riacho Doce), por tabela, comecei a frequentar os sets de filmagem. Durante um festival de cinema no extinto Cine Paissandu (Rio de Janeiro), fomos assistir "Gêmeos - Mórbida Semelhança" e levei um soco na boca do estômago. Aquilo mexeu comigo de uma forma, que virei pra minha mãe e disse: "quero fazer isso". Em pouco tempo ela me conseguiu um estágio, primeiro na minissérie 'Agosto', com o Carlos Manga e depois em 'Pedra sobre Pedra', onde tive a sorte de estagiar com Luis Fernando Carvalho, a quem considero minha maior influência.  
TVaBordo - Lembra da primeira cena em que dirigiu? Que emoções e sentimentos tomaram conta? 
Edgard MirandaFoi na novela 'Pecado Capital'. Uma cena com Jackson Antunes e Du Moscovis. Nem tive tempo de ficar ansioso. O produtor Sérgio Madureira abriu quatro frentes de gravação, tínhamos só três diretores naquele momento, ele me olhou e disse: "Vai lá e faz ". O Maurício Farias, diretor geral da novela, autorizou. 


foto: reprodução
   
TVaBordo - O que é mais difícil dirigir: um ator com o ego inflado ou um estreante de pouco talento? Já viveu esses dois momentos? Como superou? 
Edgard MirandaO segredo vale para qualquer profissão, amar o que faz. O ator com o ego inflado quando vê a sua dedicação, sua entrega durante o trabalho ele embarca junto contigo. Nunca tive problema com ator algum. Já o iniciante ele está aberto ao novo, sedento por conhecimento. Você molda do jeito que você quiser. 

TVaBordo - Em algum momento já perdeu a paciência com um ator ou uma atriz? O que houve para chegar a ponto de perdê-la?

Edgard Miranda - Nunca!

TVaBordo - A frase "Favor não interpretar" continua sendo uma filosofia de profissão? Como faz para tirar o melhor de um ator? 
Edgard MirandaExplico que tanto faz o veículo, teatro, cinema, televisão, o que importa é a verdade. A cena tem que ficar verdadeira. É isso que o público aguarda. 

TVaBordo - Você estava com um projeto da versão do 'Armação Ilimitada' para as telonas, afinal, quando iremos ver o talento do Edgard Miranda exposto na sétima arte? 
Edgard MirandaEstamos em fase final de captação, acredito que no final de 2018. 

TVaBordo - Não tem vontade de dirigir teatro?   
Edgard Miranda - Tenho. Vou sempre que posso para conhecer novos atores. 

TVaBordo - Edgard, são mais de 20 anos de carreira. Se fosse destacar, dos vários trabalhos que dirigiu, qual você escolheria? 

Edgard Miranda - 'O Rico e Lázaro', com certeza. 

JOGO RÁPIDO 

Sonho em trabalhar com 
o ator e a atriz...
Mads Mikkelsen e Vera Farmiga. 

O diretor que me inspirou 
na carreira foi...
Luis Fernando Carvalho.

Meus filmes favoritos são...
'Rashomon', 'Harakiri' e
'Contos da Lua Vaga'.

No set não pode...
Faltar café.

Obra aberta ou obra fechada? 
Fechada.

Novela de época ou 
contemporânea? 
Ambas.

Não tenho paciência com...
Conversa no set.

O que me deixa 
mais feliz é...
Minha família.

Me arrependo de... 
Absolutamente nada. 

Um ditado, uma frase 
ou um verso: 
"Ria e o mundo vai 
sorrir com você, 
chore e você vai 
chorar sozinho." 

Edgard é um cara: 
Bem humorado, 
de bem com a vida.


TVaBordo - Que conselhos você daria para aqueles que desejam seguir carreira como diretor? 
Edgard Miranda - Estudem muito, assistam muitos filmes e séries. 

TVaBordo - Qual é o melhor e o pior da profissão? 
Edgard Miranda -  O melhor é não ter uma rotina, o imediatismo, o poder de uma obra sua se tornar eterna.  O pior com certeza é a confusão que as pessoas fazem entre a pessoa física e a jurídica. 

TVaBordo - Com o corre e corre das gravações, dá tempo de curtir alguma coisa, ou a vida de diretor é uma 'viagem alucinante' que não se aproveita nada? 
Edgard MirandaSe aproveita muito. Ao término de um trabalho, sempre faço uma bela viagem com a minha família. 

TVaBordo - Que tipo de proposta mais absurda você já recebeu de um ator para acrescentar em uma cena? 
Edgard MirandaUm ator que fazia um repórter, dentre outros trinta, interrompeu um plano sequência com mais de quinhentos figurantes durante a cena de abertura de uma novela, para me perguntar se eu sabia onde o repórter havia nascido. 

TVaBordo - Já recebeu alguma proposta indecente de algum ator ou atriz para participar de uma novela ou minissérie? 
Edgard Miranda - Nunca!


No TAKE final, Edgard Miranda fala da trama escrita por Paula Richard, que já conta com uma frente de oitenta capítulos gravados, praticamente, a metade da novela, de um total de 150 episódios.

TVaBordo - Edgard, esta é a sua primeira novela bíblica. Quais foram as suas referências cinematográficas para compor 'O Rico e Lázaro'? 
Edgard Miranda - A 'Paixão de Cristo' do Mel Gibson foi a principal influência.  O seriado 'The Bible' também é citado. 

TVaBordo - Como você faz a divisão dos diretores com os atores? Cada diretor fica com um núcleo específico ou todos podem dirigir qualquer núcleo? 
Edgard MirandaProcuro dividir privilegiando o que cada um tem de melhor. 

foto: Munir Chatak

Edgard Miranda dirige
cena com o ator 
Bruno Daltro

TVaBordo - 'O Rico e Lázaro' é a novela da Record TV com recorde de personagens, e no meio de tantas figuras bíblicas icônicas como o Rei Nabucodonosor, Daniel, Jeremias e Ezequiel, você, ao sentar para assistir, não como diretor, mas como espectador, existe alguma favorita? Você consegue fazer essa separação de diretor para espectador? 
Edgard MirandaSim. Se me pego observando as partes técnicas de uma cena, é porque ela não me pegou, se embarco na história, até me esqueço que fui eu quem dirigiu. O meu favorito - com certeza - é Jeremias. A atuação do Vitor Hugo foi visceral.  

TVaBordo - Como é a sua relação com a Paula Richard? Existem dúvidas na execução das cenas, ou tudo transcorre às mil maravilhas? 
Edgard MirandaÉ uma amiga e parceira. Já havíamos trabalhado juntos em outras novelas. Tem sido o máximo.

foto: Munir Chatak

Edgard Miranda conversa
com os atores Gustavo Leão e
Ângelo Paes Leme

TVaBordo - A novela é gravada em 4K. Quais são os benefícios dessa tecnologia, já que no Brasil ela ainda não está disponível para o grande público?  
Edgard MirandaNo nosso caso como trabalhamos com muita computação gráfica, o acabamento final dos efeitos é muito melhor por estarmos utilizando o 4K. 

foto: Munir Chatak

Edgard Miranda dirige
Ricardo Martins, Eduardo Mello, 
Cássio Scapin e Dudu Azevedo

TVaBordo - Para encerrar, o que o público pode esperar de 'O Rico e Lázaro' e que cenas ainda prometem mexer com a trama? Aproveita e faça um convite para a galera assistir: 
Edgard MirandaÉ um novelaço, sem barrigas até o final. Ainda teremos a sequência da Fornalha, Daniel na Cova do Leões, a invasão Persa, enfim, muita coisa ainda por vir. 
NÃO PERCAM!

O próprio Edgard faz um convite:



#EdgardMirandaNoTVaBordo

A seguir, confira depoimentos
especiais ao Edgard Miranda:

foto: Divulgação +RECORD TV 

"Edgar Miranda tem um olhar treinado e muito aguçado para o trabalho do ator; ele sabe o que quer e tem muito bom gosto, isso se reflete em tudo, principalmente, na escolha de seus criadores, a luz, o cenário, figurinos, direção de arte e maquiagem são sempre bem realizados. Todos os seus trabalhos são muito bem cuidados, feitos com dedicação e talento. Foi um grande prazer participar de "Vitória" com ele. Foi nosso primeiro trabalho e espero que estejamos juntos em muitos outros que virão."
Beth Goulart - Clarice Menezes em 'Vitória'

foto: arquivo pessoal

"Nosso querido, Edi. Tive o privilégio de fazer 'Vitória' e agora 'O Rico e Lázaro' com ele. Sua direção é "tática", sem perder a poesia. Como ele mesmo diz: 'Sem muito gueri-gueri'. Obrigado pela troca diária, Edi 😀"
Raphael Montagner - Enzo Aguiar em 'Vitória' e Nicolau em 'O Rico e Lázaro'

foto: Divulgação +RECORD TV 

"'Chamas da Vida' e 'Vitória' foram minhas duas novelas que o Edgard Miranda dirigiu. Uma parceria maravilhosa! Ele é um diretor muito talentoso e se entrega ao projeto de uma forma tão intensa que contagia todos ao seu redor. É um espetáculo em cenas de ação e também dá show na direção do ator. Gosto muitíssimo do trabalho dele e espero repetir nossa parceria."
Cristianne Fridman - novelista

foto: Claudio da Mata

"Edgard é um desses raros diretores que tem o talento e sabedoria de conseguir extrair, com tranquilidade, educação, paciência, humildade e respeito, o máximo de cada profissional que trabalha em sua equipe."
Daniel Figueiredo - produtor musical em 'O Rico e Lázaro'

Curta
Siga

You Might Also Like

0 comentários

Ofensas não serão publicadas.