terça-feira, 6 de junho de 2017

Rafael Ilha e Aline Kezh participam do 'Programa do Porchat'

foto: Edu Moraes

Os irmãos ginastas Diego e 
Daniele Hypólito 
também são os convidados 
do talk show

Fábio Porchat recebe em seu talk-show Rafael Ilha e a esposa, Aline Kezh, que falam sobre a convivência com outros casais famosos no reality show Power Couple Brasil. Ele ainda relembra seu passado sombrio no mundo das drogas. “A única coisa que eu me arrependo de tudo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas. Eu cheguei a morar quase seis meses na rua. Praticava pequenos furtos pra sustentar meu vício... Eu fumava 70 pedras de crack por dia. O tempo perdido a gente não tem como recuperar. E eu perdi 13 anos da minha vida em drogas. É quase a vida do meu filho, que tem 14 anos”, declara.

Cracolândia
Rafael comenta a situação dos viciados da região de São Paulo conhecida como “Cracolândia”, que foram retirados do local recentemente por uma ação da prefeitura, e diz que não costumava frequentador o local. “Nunca fui de fumar em grupo”, explica o cantor, que fala com Fábio Porchat também sobre os dias que passou em uma prisão do Paraguai ao lado de Aline, após serem detidos em posse de uma arma.


Os outros convidados do Porchat são os irmãos Daniele e Diego Hypólito são os convidados do Programa do Porchat desta terça-feira, dia 06/06. Sempre unidos na vida e no esporte, eles relembram na entrevista a Fábio Porchat o começo nas competições de ginástica e também falam da emoção de participar pelo país dos Jogos Olímpicos. Um sempre torce pelo outro e dá dicas sobre o que pode melhorar no desempenho. Daniele, hoje com 32 anos, já esteve de cinco Olimpíadas, entre elas a realizada no Rio de Janeiro, em 2016. Ficou em oitavo lugar no ranking.

Já Diego, com 30 anos, lembra como ficou nervoso ao disputar a Olimpíada em seu próprio país. “Na hora, ao entrar ali, pensei: ‘O que eu estou fazendo aqui?’”. No entanto, todo o esforço valeu a pena, já que levou para casa a medalha de prata. Agora, os irmãos estão focados no próximo desafio, em Tóquio, no Japão. Questionado por Porchat sobre quando pretende parar, ele abre o jogo: “Eu vou parar quando meu nível técnico piorar”.

“A única coisa que eu me arrependo de tudo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas. Eu cheguei a morar quase seis meses na rua. Praticava pequenos furtos para sustentar meu vício... Eu fumava 70 pedras de crack por dia”, revela o ex-Polegar

Ambos se mostram preocupados com o futuro. Daniele está fazendo faculdade de marketing para trabalhar nesse segmento quando deixar as competições. Já Diego tem o sonho de criar um instituto e defende uma aposentadoria para atletas olímpicos.


No palco, os ginastas participam de um divertido jogo de perguntas e respostas com Porchat.

O 'Programa do Porchat' é exibido de segunda a quinta-feira na Record TV, à 0h15, com direção de Diego Pignataro e produção da Eyeworks. 

Assista trecho
do Rafael Ilha
no 'Programa do Porchat'





Curta

Siga


0 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.