sexta-feira, 14 de julho de 2017

“O País precisa se refazer dos estragos do populismo e qualificar suas lideranças”, diz Luiz Felipe d'Avila à Sonia Racy no 'Show Business'

foto: Divulgação Voice
Comunicação

Luiz Felipe d'Avila é
presidente do Centro de 
Liderança Pública 

A jornalista e colunista Sonia Racy, apresentadora do programa Show Business, entrevista amanhã (15/7) Luiz Felipe d’Avila, cientista político e presidente do Centro de Liderança Pública (CLP), organização sem fins lucrativos dedicada à formação de gestores engajados em promover mudanças transformadoras na política brasileira.

Apesar de o Brasil estar atravessando umas das mais graves crises políticas da história, d’Avila alertou para a necessidade de não perder o foco. “Esse governo aprovou reformas importantes como a do ensino médio, a PEC do gasto e agora a trabalhista, uma grande vitória de modernização de uma lei antiquada que prejudicava o brasileiro e a geração de emprego”, disse. Ele lembrou ainda que “ainda temos uma agenda difícil pela frente. Até setembro precisamos aprovar as reformas previdenciária e política para que as regras valham até a próxima eleição”.

O cientista político explicou que, para que as reformas continuem a avançar, os parlamentares precisam se conscientizar e mudar a forma de fazer política. “As pessoas estão de olho nas atitudes e nas escolhas de seus representantes. Se continuarem a defender interesses clientelistas para tentar salvar a própria pele vão perder as próximas eleições. Portanto defender o corporativismo hoje é suicídio político para 2018”, ressaltou.

Ele criticou também os 14 anos do governo petista e disse que “o País precisa se refazer dos estragos do populismo e qualificar suas lideranças”. Para d’Avila, “o Brasil ficou longe do mundo e, como consequência, perdemos mercado, produtividade e competitividade e outras nações ganharam espaço porque se integraram. Então vamos ter que abrir o Brasil, será um grande desafio”, afirmou.

Sobre a renovação na política, Luiz Felipe d’Avila disse que “tem acontecido, mas iniciada pelos municípios onde há histórias de sucesso desconhecidas nacionalmente”. Ele destacou que “há 10 anos formo políticos no CLP e vejo essa transformação. Tem muita gente boa na faixa dos 25 e 35 anos exercendo cargos eletivos em diversas cidades do Brasil”, finalizou.

Show Business
O Show Business vai ao ar pela Band para todo o País, na madrugada de sábado para domingo, à 0h20, logo após o Top Cine, com reapresentação na madrugada de domingo, à 1h15. Na NGT, o programa tem reprise às quintas-feiras e aos sábados, às 20hs e às 21hs, respectivamente.



Curta

Siga

0 comentários:

Postar um comentário

Ofensas não serão publicadas.