RedeTV! transmite 11ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei

0
Neste fim de semana a RedeTV! transmite ao vivo os jogos da 11ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei
RedeTV! transmite 11ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei
(Foto: Reprodução)
Como parte da 11ª rodada, no sábado (9), a equipe Fluminense enfrenta Sesi às 15h, diretamente do Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ).
Já no domingo (10), o time Vôlei Buaru joga contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano, às 13h, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP).
 

SUPERLIGA FEMININA – 11ª RODADA

SÁBADO 09.12.2017, ÀS 15h
FLUMINENSE X SESI 

SUPERLIGA FEMININA – 11ª RODADA

DOMINGO 10.12.2017, ÀS 13h
VÔLEI BAURU X SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE/SÃO CAETANO

Você Sabia?

Polêmica, Geisy Arruda relembra o episódio de bullying que sofreu durante a faculdade, comenta as fofocas em torno de supostos affairs que teve e confirma que já beijou mulheres ao falar sobre as fotos em que aparece com a amiga Nuelle Alves, em Cancún (México). “Beijei, estava lá sem fazer nada! (risos). É bom”, diz Arruda. “Mulher beija muito bem porque tem os lábios macios, carnudos, não é? Os homens concordam comigo! É outra sensação, beijar uma mulher, como diz a Katy Perry, é maravilhoso, é uma delícia!”, complementa.

“O César nunca quis ter filho, hoje ele tem vontade”, conta Ticiane Pinheiro

Ainda na conversa com Dani, a bela afirma ser bissexual, mas revela que nunca se apaixonou por uma mulher. “Nunca, por mulher não, mas pode ser que venha assim um dia, por alguma mulher especial, mas gosto muito da ideia de outra mulher, de beijar, estar junto, é um cheiro, uma pele diferente. E eu não me permito ter nenhum tipo de preconceito, acho que amor não tem gênero, não tem sexo”, pondera ela, que não teria problemas em assumir um relacionamento com alguém do mesmo sexo. “É obrigação você assumir, não vou esconder uma pessoa que eu amo, e que fique como exemplo também. Se você gosta de mulher ou é bi, não vejo problema nenhum nisso, é minha opção sexual”.

Questionada se tem uma preferência por homens ou mulheres na hora do beijo, ela explica: “Os dois são bons, é que eu não consigo escolher um beijo. Como boa geminiana que sou, depende do que eu quero no dia”, diverte-se.

Geisy também aproveita a conversa para ressaltar como o bullying na faculdade por conta de um vestido curto mudou sua história. “Acabei me tornando um símbolo bem feminista, representante das mulheres. Eu processei a faculdade, ganhei por danos morais. Eles me expulsaram, aí voltaram atrás (…). Me tornei uma pessoa pública, hoje vivo e me sustento da minha fama. (…) Eles queriam me fazer mal, mas me fizeram bem, só que não é sempre que o bullying tem um final feliz, sou uma exceção muito rara”.

A entrevista completa vai ao ar no ‘Sensacional’ desta quinta-feira (7), às 22h30, pela RedeTV!.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here