Jailson garante a vitória do Palmeiras e Santos consegue virada sobre a Ponte

0
Jailson
Reprodução

No dia em que o ataque não funcionou, o Palmeiras contou com os defensores para vencer. Com um pênalti duvidoso defendido por Jailson e dois gols do volante Thiago Santos (um deles em impedimento), o Verdão bateu o RB Brasil por 2 a 1 de virada, na arena, e agora tem de forma isolada a melhor campanha do Campeonato Paulista.

Com Mayke, Keno e Thiago Santos como titulares, o Palmeiras teve um desempenho ruim na etapa inicial. A forte marcação do RB Brasil e a pouca mobilidade no ataque travaram o Verdão. A melhor chance apareceu em um erro na saída de bola do adversário. Borja avançou livre e da entrada da área chutou para boa defesa do goleiro Julio Cesar, ex-Corinthians.

Bem na defesa, o RB Brasil foi perigoso na frente e obrigou Jailson a fazer grande defesa em chute de Rodrigo Andrade. Aos 23 minutos, o time de Campinas ficou em vantagem. Após cruzamento da esquerda, Deivid se antecipou a Victor Luis e cabeceou sem chances para Jailson. O Palmeiras não melhorou. O empate só saiu aos 47 minutos. Lucas Lima cobrou falta para a área, e Thiago Santos, em impedimento, desviou.

Na volta do intervalo, o Palmeiras parou em duas grandes defesas de Julio Cesar em chutes de Borja e Dudu. Thiago Santos, de cabeça, também quase virou. Roger gastou as três alterações com Bruno Henrique, Willian e Guerra.

LEIA MAIS

Diego Souza desencanta e garante a vitória para o São Paulo

O herói Jailson

Aos 29 minutos, porém, o árbitro viu um leve puxão de Antônio Carlos em Eder Luis. Na cobrança do pênalti, o herói Jailson pegou a batida de Rodrigo Andrade e no rebote impediu o gol de Nininho. O mesmo Rodrigo Andrade foi expulso logo em seguida e deu um alento para o Palmeiras reagir. E o Verdão conseguiu. Thiago Martins, aos 42 minutos, cruzou rasteiro, a bola passou por Antônio Carlos e sobrou para Thiago Santos só desviar.

Jailson
Reprodução

O banco de reservas teve papel fundamental para a reabilitação do Santos no Campeonato Paulista. Eduardo Sasha e Rodrygo entraram no segundo tempo para garantir a vitória de virada sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, em Campinas, pelo complemento da 3ª rodada. Léo Artur abriu o placar para a Macaca, que, em duas partidas diante da torcida, soma duas derrotas em 2018.

Ambos voltam a campo já no domingo, pela quarta rodada do Paulistão. A Ponte joga primeiro, às 17h, contra o São Bento, na cidade de Sorocaba. Será uma tentativa de reabilitação longe de casa. O Santos, por sua vez, recebe o Ituano, às 19h30, no Pacaembu, em São Paulo. O time de Jair Ventura tentará vencer pela primeira vez como mandante.

por Fabiano Guedes

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.