São Paulo joga bem e conquista vitória. Timão vence de virada

0
São Paulo joga bem
foto reprodução                

Vitória e alívio

Aos 38 minutos do segundo tempo de seu terceiro jogo no Campeonato Paulista, o São Paulo fez um gol. Diego Souza, o camisa 9 de 2018, encerrou o jejum e abriu o caminho para a vitória por 2 a 0 sobre o Mirassol, no interior paulista.

São Paulo

O Tricolor foi o último dos 16 times da competição estadual a balançar as redes. E parece que a zica saiu de vez: aos 44 minutos, Marcos Guilherme fez outro gol, que fechou o placar. O São Paulo dominou as ações ofensivas na etapa inicial, mas novamente faltou capricho na hora de finalizar. Petros foi o principal elo entre o meio e o ataque. Diego Souza teve duas chances importantes: chutou uma em cima do zagueiro; a outra, cabeceou para fora. O Mirassol, por sua vez, apostou na retranca para sair no contra-ataque, mas não levou perigo, mesmo jogando em casa.

Na etapa final, a partida continuou na mesma: o São Paulo criava, mas não conseguia colocar a bola na rede. Shaylon perdeu três chances; Marcos Guilherme, uma. O Mirassol equilibrou a posse de bola, que chegou a 70% para o time da capital no primeiro tempo, mas quase não chegou ao ataque. Então, Dorival Júnior mexeu: colocou Caíque, Lucas Fernandes e Paulo Bóia. E os gols finalmente saíram, com Diego Souza e Marcos Guilherme.

Com a vitória, a primeira na temporada, o São Paulo assumiu a liderança do Grupo B, a Ponte Preta, que enfrenta o Santos em Campinas, pôde pular na frente. O Mirassol continuou na quarta e última posição do Grupo D.

Vitória
Reprodução

De virada e com sofrimento

O Corinthians venceu a Ferroviária por 2 a 1 nesta quarta-feira, no Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O gol da virada alvinegra foi marcado por Clayson aos 37 minutos do segundo tempo, cerca de dez minutos depois de ter entrado em campo.

O atacante, que será pai em breve, voltou a funcionar como amuleto: no Brasileirão do ano passado, conquistado pelo Timão, ele tinha sido responsável por vários pontos conquistados no segundo turno.

LEIA TAMBÉM

Vasco e Flu decepcionam mais uma vez. Fla segue 100%

Sem Jadson e Rodriguinho, o Corinthians teve muita dificuldade para criar. Mateus Vital, tímido na estreia, apareceu pouco diante da forte marcação da Ferroviária, que abriu o placar aos 18 minutos, com Léo Castro.

Quatro minutos depois, Balbuena quase empatou, mas a bola cabeceada explodiu no travessão. O time visitante montou duas linhas de quatro jogadores na entrada da área e impediu qualquer jogada pelo meio.

Na volta do intervalo, o Corinthians encurralou a Ferroviária. Logo aos 2 minutos, Fagner cruzou para Balbuena empatar de cabeça. Um minuto depois, Júnior Dutra quase virou. E o jogo passou a rolar somente nessa metade do campo.

O Timão apertou a marcação na saída de bola, forçou o erro do adversário e cresceu. Maycon, aos 14 minutos, acertou a trave em chute de fora da área. Então, o técnico Fábio Carille colocou Jadson, Clayson e Romero. Taticamente, nada mudou. Mas Clayson resolveu.

Com a segunda vitória no Paulistão, o Corinthians assumiu a liderança do Grupo A, com seis pontos – o Ituano, que enfrenta o Santo André, na quinta-feira, pode passar a frente. A Ferroviária se manteve na lanterna do Grupo C, com dois pontos.

por Fabiano Guedes

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.