André Luiz Frambach: “A vida é movida por sonhos, então, sonhe o máximo que puder, e viva para realizá-los.”

0

André Luiz Frambach faz CHECK-IN no TV a Bordo

André Luiz Frambach
foto João Cotta

A trama escrita por Patrícia Moretzsohn, com direção artística de Natalia Grimberg,   ‘Malhação – Vidas Brasileiras’, estreia dia 7 de março e vai contar com um time de 17 atores e atrizes, que participaram de um processo seletivo em que reuniu mais de 500 jovens de várias regiões do Brasil.

O portal TV a Bordo exibe, desde o dia 5 de fevereiro, uma série de matérias exclusivas com os novos talentos da novela teen. Já participaram os atores Daniel Rangel (5/2), Gabriel Contente (7/2), Leonardo Bittencourt (9/2), Joana Borges (12/2), Pally Siqueira (13/2), Yara Charry (14/2), Tom Karabachian (15/2) e Rayssa Bratillieri (16/2). Ontem (19/2), Luellem de Castro falou da sua Talíssia e, hoje, é a vez de André Luiz Frambach, que vai interpretar o Márcio.

O ator niteroiense vai contar, entre outras coisas, sobre o seu personagem, o processo de construção e a relação com os atores veteranos.

Com vocês, André Luiz Frambach:

Personagem

Márcio é um garoto de 16 anos que, a princípio, é muito frustrado por viver esses 16 anos longe do pai. Ele fica extremamente rancoroso em relação a isso e acaba sendo meio marrento com as pessoas, e até com o próprio pai. A verdade é que o Márcio não sabe como demonstrar seus sentimentos, justamente por não viver perto do pai. Com isso, ele tenta chamar a atenção dele de qualquer forma. Ao mesmo tempo, não deixa de ser brincalhão.

Processo de construção do Márcio

Fizemos uma preparação muito intensa com a Cristina Moura, em que trabalhamos muito as relações das personagens e os seus sentimentos.

Relação com os veteranos e a “troca de figurinhas”

A novela, praticamente, está toda entrelaçada. Todo mundo, de todos os núcleos, vai acabar se relacionando. Mas, em específico, o meu núcleo é o da escola e o do Rafael (Carmo Dalla Vecchia), que vai ser o pai do Márcio. A relação com todos os atores veteranos é ótima! Eles estão totalmente abertos e dispostos pra trocar, ensinar, aprender e são extremamente disponíveis.

Técnica para decorar o texto

Não tenho nenhuma técnica específica. Sempre tive “facilidade” em decorar. Talvez por trabalhar desde os oito anos de idade, isso virou um hábito. Eu procuro ler muito a cena toda, as minha falas, e tento lembrar também do que o outro falaria.

Emoção na hora de interpretar

Não gosto de grifar nada, de colocar sentimentos escritos ou emoções escritas. Acredito muito na espontaneidade; é lógico que precisa ser exercitada e treinada, mas as emoções em si, de fato, prefiro deixar que elas aconteçam naturalmente, de acordo com o caminhar da cena.

Uma hashtag para o Márcio

#calmarcio

Expectativa para a estreia

Enorme! Muito ansioso pra ver o resultado final da nossa dedicação e empenho do dia a dia.

Convite para a galera assistir à “Malhação: Vidas Brasileiras”

Então, rapaziada, quero todo mundo ligado em ‘Malhação: Vidas Brasileiras’, porque vocês vão se surpreender, e ver várias realidades que, muitas vezes, a gente acha que não existem ou que estão muito longe da gente; mas que podem estar mais perto do que a gente acha. Venha se surpreender e se apaixonar com cada história e cada surpresa! 

Frase que norteia a sua vida

“A vida é movida por sonhos, então, sonhe o máximo que puder, e viva para realizá-los” ALF

André Luiz Pfaltzgraff Frambach nasceu no dia 15 de fevereiro de 1997, em Niterói – RJ.

André Luiz Frambach
foto arquivo pessoal

Sobre a foto

Sou extremamente ligado aos bichos. É incrível como eles têm a necessidade de dar amor sem precisar receber. A compreensão, a sensibilidades e a fidelidade deles são impressionantes.

LEIA TAMBÉM

Vem aí: “Malhação – Vidas Brasileiras”

Leonardo Bittencourt
foto João Cotta / Os novos talentos de ‘Malhação Vidas Brasileiras’
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.