Pedro Maya: “Depois de todo inverno, sempre vem a primavera.”

0

Pedro Maya faz CHECK-IN no TV a Bordo

Pedro Maya
foto João Cotta

A trama escrita por Patrícia Moretzsohn, com direção artística de Natalia Grimberg,   ‘Malhação – Vidas Brasileiras’, estreia dia 7 de março e vai contar com um time de 17 atores e atrizes, que participaram de um processo seletivo em que reuniu mais de 500 jovens de várias regiões do Brasil.

O portal TV a Bordo exibe, desde o dia 5 de fevereiro, uma série de matérias exclusivas com os novos talentos da novela teen. Já participaram os atores Daniel Rangel (5/2), Gabriel Contente (7/2), Leonardo Bittencourt (9/2), Joana Borges (12/2), Pally Siqueira (13/2), Yara Charry (14/2), Tom Karabachian (15/2), Rayssa Bratillieri (16/2), Luellem de Castro (19/2), André Luiz Frambach (20/2), Gabriel Fuentes (21/2), Pedro Vinícius (22/2) e Alice Milagres (23/2). 

Nesta semana, Guilhermina Libanio apresentou sua Úrsula (26/2), Jeniffer Oliveira a sua Flora (27/2) e, hoje, Pedro Maya, vai apresentar o Garoto.

Pedro Maya é carioca e vai contar, entre outras coisas, sobre o seu personagem, o processo de construção, a “troca de figurinhas” com o elenco veterano e algumas técnicas para decorar o texto.

Com vocês, Pedro Maya:

Personagem

Meu personagem é o Garoto. É um personagem doce e de caráter íntegro. Um menino sonhador, com uma vida brasileira, preto e pobre, com milhões de adversidades, mas que as encara de uma maneira jovial.

Processo de construção do Garoto

Tivemos uma preparação com a Cris Moura e exploramos muito a questão da leveza e dos diferentes meios de se concretizá-la, saindo de esteriótipos, tentando sempre surpreender.

Relação com os veteranos e a “troca de figurinhas”

Faço parte do núcleo jovem, mas começo contracenando com os mais velhos como a Camila Morgado e o Felipe Rocha. Ambos são extremamente carinhosos e disponíveis em cena, o que torna uma experiência incrível.

Técnicas para decorar o texto

Nunca tive problemas em decorar, apenas tenho que me concentrar, entender o contexto e sempre observo as falas dos colegas. 

Emoção na hora de interpretar

Acho que cada ensaio é diferente, por isso é difícil dar algo certeiro. A cada mesma cena, existem diferentes pausas, entonações e depende muito da vivência do presente. Não sei se estaria ligada ao texto.

Uma hashtag para o Garoto

#garoto7cordas (por conta do violão) 

Convite para a galera assistir à “Malhação: Vidas Brasileiras”

Quem não vier ver a malhação é ruim da cabeça ou doente do pé, porque a nossa ‘Malhação’ tá sambando na cara! Só vem sambar junto!! 

Frase que norteia a sua vida

“Depois de todo inverno, sempre vem a primavera.”

Jeniffer de Oliveira Andrade nasceu no dia 30 de setembro de 1998, em Belo Horizonte – MG.

LEIA TAMBÉM

Vem aí: “Malhação – Vidas Brasileiras”

foto João Cotta foto João Cotta / Os novos talentos de ‘Malhação Vidas Brasileiras’
Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.