‘Bem Estar’ global desembarca dia 9, em Salvador

0

Nova temporada começa na sexta-feira, dia 9, em Salvador 

Fernando Rocha e Mariana Ferrão se alternarão na apresentação do ‘Bem Estar’ ao vivo // Crédito: Globo/Ramón Vasconcelos

Projeto oferece serviços de saúde e de qualidade de vida gratuitos.

Ao longo das edições, Mariana Ferrão e Fernando Rocha se alternam na apresentação do ‘Bem Estar’ ao vivo

Com uma programação que inclui serviços de saúde e de qualidade de vida gratuitos, orientações de médicos e especialistas, aulas de dança e atrações musicais, o Bem Estar Global dá início à sua quarta temporada em Salvador.

Em Salvador

A primeira parada é em Salvador, no dia 9 de março. O projeto – uma iniciativa da Globo em parceria com o Sesi – reuniu aproximadamente 90 mil pessoas em 11 edições realizadas ao longo de 2017. A cada edição, Mariana Ferrão e Fernando Rocha se alternarão na apresentação, ao vivo, do ‘Bem Estar’.

Em Salvador, capital baiana, o público poderá realizar exames, como ecocardiograma e ecodoppler de carótida, além de testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C. A vacinação contra a febre amarela, HPV e hepatite também são destaques desta edição, assim como os serviços de dosagem de glicemia, aferição da pressão arterial, medida de circunferência abdominal e cálculo de IMC, sempre muito procurados pelos visitantes. 

No palco principal, a programação começa às 8h, com treinamento de primeiros socorros, seguido de aula de Mix Dance. A Banda Didá, formada exclusivamente por percussionistas mulheres, se apresenta às 9h, e às 9h30 haverá aula de Zumba. A partir das 10h, Fernando Rocha apresenta, ao vivo, o ‘Bem Estar’, com participação de Xanddy. Após o programa, o professor Edy dos Santos dá aula de ritmos baianos e Xanddy encerra a programação do palco com show.

Bem Estar Global

Sexta-feira, dia 9 de março

Praça Osório Villas Boas, na Boca do Rio (antiga sede do Bahia)

8h às 13h

Confira os serviços:

– Dosagem de glicemia, aferição de pressão arterial, medida de circunferência abdominal;

– Ecocardiograma;

– Teste de glicemia capilar, teste de colesterol capilar, capacidade pulmonar com o peak flow, teste para rastreamento de asma, auriculoterapia;

– Orientações para descarte consciente de medicamentos e indicação dos pontos de coleta na cidade;

– Orientações sobre como identificar, cultivar, colher, armazenar e preparar plantas para uso medicinal;

– Exames laboratoriais (PSA e beta HCG);

– Orientações sobre dermatite atópica e síndrome látex e frutas;

– Vacinação contra HPV, hepatite e febre amarela;

– Cálculo de IMC, aconselhamento nutricional e oncológico;

– Distribuição de frutas frescas e orientações sobre o prato ideal;

– Prevenção do pé diabético;

– Orientações sobre incontinência urinária com foco na alimentação; orientações sobre estomas intestinais com foco na prevenção de complicações, encaminhamentos dos casos graves;

– Acupuntura, auriculoacupuntura, dry needling (técnicas da medicina tradicional chinesa utilizadas para insônia, ansiedade e dor), avaliação por poduposturologia (método de avaliação das alterações posturais através da pisada);

– Ecodoppler de carótida;

– Escovação supervisionada, avaliação bucal (crianças até 12 anos), restauração de dentes, avaliação de câncer de boca em adultos, orientações sobre higiene bucal;

– Exames clínicos para identificar distúrbios de ATM, apnéia e obstruções. Encaminhamento dos casos mais graves;

– Testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C;

– Orientações sobre as alterações urinárias na infância;

– Teste do reflexo vermelho (teste do olhinho), aferição da acuidade visual, aferição da pressão ocular, avaliação de catarata, orientações sobre cuidados com a visão;

– Doação de sangue

LEIA TAMBÉM

Globo Lab e Profissão Repórter percorrem o Brasil com oficina de reportagem

Entrevistas de Mariana Ferrão e Fernando Rocha:

– Esta será a 4ª temporada do evento. Qual será o principal desafio?

Mariana Ferrão: O desafio desta temporada é fazer algo diferente, estamos pensando em novos quadros. Queremos entender o que leva as 90 mil pessoas que foram na temporada passada a procurar de novo o evento este ano. Vamos mostrar histórias reais de pessoas que aprenderam com o programa e transformar o evento Bem Estar Global em um momento de conexão ainda maior com o público.

– O que mais te emociona na hora de apresentar o ‘Bem Estar’ ao vivo? Ainda dá frio na barriga?

Mariana: O contato com o público sempre dá frio na barriga. Mas é um frio na barriga de emoção e não de medo, porque o contato direto com o público é tudo o que a gente quer. É muito intenso quando encontramos aquela multidão na nossa frente esperando pelo programa e pelas informações de saúde que a gente vai dar… Não tem como não sentir o frio na barriga.

– O que você espera do Bem Estar Global em 2018?

Fernando Rocha: Temos a responsabilidade de superar o sucesso de 2017 este ano. Estamos muito entusiasmados e empenhados nisso. A cada lugar que chegamos começa tudo de novo, estamos animados especialmente nas cidades em que iremos pela primeira vez este ano. Estou muito animado de começar essa jornada na Bahia. Iniciamos por lá e depois vamos a Porto Velho, cidade que não conheço e estou muito curioso para visitar.

– Em 2017 foram realizados mais de 50 mil atendimentos. Você acha que as pessoas estão cuidando mais da saúde? Percebe esse interesse do público que frequenta o Bem Estar Global?

Fernando: As pessoas participam bastante e acabam descobrindo problemas sérios, que podem colocar suas vidas em risco. Colecionamos histórias, por exemplo, de pessoas que descobrem uma mancha que poderia virar um câncer severo e descobrem o tratamento no Bem Estar Global. Nós acompanhamos esses casos e contamos as histórias no programa.

– O público adora te ver dançando. Quem foi ao Bem Estar Global pode esperar muita dança?  

Fernando: Dançar é o que eu menos sei fazer, mas continuarei fazendo porque adoro!

Fonte: Assessoria TV Globo

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.