Max Gehringer comanda mais uma edição do ‘Chefe Secreto’ no ‘Fantástico’

0

No “Chefe Secreto” deste domingo (18/3), Gehringer visita fábrica de parafusos

Max Gehringer comanda mais uma edição do 'Chefe Secreto'
Retrato do Max Gehringer em gravação do Fantástico, quadro “Chefe Secreto”. Tratada //  Crédito: Globo/Ramón Vasconcelos

Mas Gehringer

Leandro José Soares é gerente de recursos humanos da maior empresa de fabricação de parafusos e porcas da América Latina. Mas no ‘Fantástico’ deste domingo, dia 18, ele se transforma em Joaquim Nabuco, um aprendiz humilde, com problema na perna, que deixou a família na terra natal para procurar emprego. Assim começa mais uma edição de “Chefe Secreto”, quadro comandado pelo consultor de carreiras Max Gehringer.

Chefe Secreto

Disfarçado para se infiltrar entre seus 1.500 empregados, Leandro vai observar a rotina e identificar processos que podem ser aperfeiçoados. Para isso, precisa lembrar das histórias contadas na infância por seu pai, metalúrgico, e incorporá-las como se fossem suas, para não ser desmascarado pelos colegas. Por isso, ele escolheu o nome do pai para batizar o seu personagem. Ao longo de dois episódios, o chefe se infiltra em quatro setores da empresa, em fábricas de Santa Catarina e Minas Gerais.

LEIA TAMBÉM

Globo promove ‘Água na Mídia’ durante 8º Fórum Mundial da Água em Brasília

Corpo Humano – Vidas em Movimento

Outra série do programa tem os adolescentes como tema. O segundo episódio de “Corpo Humano – Vida em Movimento” mostra as mudanças no corpo e as principais reações químicas resultantes da descobertas do amor e da sexualidade nessa fase da vida. A fome insaciável dos adolescentes é a solução para que o corpo reponha a energia necessária para encarar as mudanças que acontecem na puberdade. Com a ajuda da ciência, o episódio ainda tenta explicar o amor. Cientistas analisam os cérebros de um jovem casal que aceitou o desafio de entrar junto com uma máquina de ressonância magnética.

Fraudes na Aviação Civil

Nos últimos anos, só no Mato Grosso do Sul, dez acidentes aéreos provocaram a morte de quatro pessoas. Baseada em uma investigação da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, que começou em outubro de 2015, a reportagem especial do ‘Fantástico’ revela um esquema de fraudes na aviação civil de pequeno porte no país. Oficinas clandestinas fazem manutenção de aviões usando peças já condenadas ou não autorizadas, sem registro na caderneta de manutenção das aeronaves. As irregularidades levantadas na investigação levaram a ANAC a suspender o certificado de 46 aviões em seis estados. 

O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, dia 18, depois do ‘Domingão do Faustão’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.