Muita emoção na estreia da 5ª temporada do ‘The Noite’ com Fábio Jr.

0

Fábio Jr. relembra sua trajetória nas novelas, além de falar, entre outras coisas,  da carreira musical e dos filhos

Muita emoção na estreia da quinta temporada do The Noite com Fábio Jr.
foto Gabriel Cardoso

Na próxima segunda-feira12 de março, o The Noite estreia sua quinta temporada no SBT. Para dar início às entrevistas inéditas, Danilo Gentili recebe ninguém menos que Fábio Jr., que conversa com o humorista sobre carreira, filhos, e outros momentos marcantes de sua trajetória, como suas participações em “Roque Santeiro”, “Pedra Sobre Pedra” e “Antônio Alves, Taxista”. Animando todos da plateia e dos bastidores do programa, ele canta ainda seus grandes sucessos: “20 e Poucos Anos”, “Quando Gira o Mundo”, “Caça e Caçador” e “Alma Gêmea”.

Fábio Jr.

Em um momento da conversa, Danilo faz uma confissão: “Você foi o único cantor brasileiro que me fez chorar. Você foi no Faustão, cantou “Pai”, eu estava sozinho em casa e chorei muito aquele dia”, diz ele a Fábio, deixando o convidado muito emocionado.

LEIA TAMBÉM

EXCLUSIVO: Roberto Cabrini entrevista Lidiane Leite no ‘Conexão Repórter’

Infância

Fábio também se emociona ao relembrar a infância, quando trabalhava na banca de jornal do pai e sonhava com sua foto nas publicações: “Três e meia da manhã a gente acordava. Eu carregava os jornais e pensava “um dia eu vou estar aqui (na página) e alguém vai estar levando o jornal”. Por isso a gente tem que acreditar nos sonhos”, diz ele com os olhos cheios d’água.

Bonnie Tyler

O cantor revela ainda se ficou ou não com a estrela internacional Bonnie Tyler e conta que deu a ela uma jóia na ocasião de sua parceria em “Sem Limites pra Sonhar”: “Levei um anel de pedras brasileiras pra ela. Ela falou “há muitos anos eu não recebo um presente de um homem”.

Confira outras frases da entrevista com Fábio Jr.:

  • Tem fases mais férteis (de composição). Estou escrevendo muito, muito, muito. Já tenho novos parceiros. Pego o violão e mando pra alguns parceiros musicarem o que eu estou escrevendo.
  • Eu não sei mexer direito nesse negócio de internet. Quem cuida das redes sociais é o meu escritório.
  • Eu sou noveleiro. Desde antes de fazer novela.
  • Uma moça que trabalhava em casa atendeu o telefone e era o Silvio Santos. Ela falou pra ele “e eu sou a rainha da Inglaterra” e desligou. Aí ele ligou de novo. Ela entrou chorando na sala de TV: “seu Fábio, eu bati o telefone na cara do Silvio Santos”. Ele falou: “vamos conversar, queria que você fizesse um trabalho aqui”. Fui até o escritório dele e ele falou que era a história de um taxista. Ele falou “seu pai chama Antônio, né? A Novela vai se chamar: ‘Antônio Alves, o Taxista’”. Foi “no fio do bigode”, isso que é legal. (sobre ter feito um primeiro acordo verbal com Silvio para atuar na novela)
  • Nesse negócio de filho eu mando bem. (sobre só fazer filho bonito)
  • Fico (nervoso para subir ao palco), preciso de um tempo. Até as crianças falam “pai, não é possível”. O Fiuk entra no palco como se estivesse em casa. Eu entro e na terceira ou quarta música é que vou ficando relaxado.
  • O Záion já está vindo em uma pegada dos irmãos. A Kika não pode ver uma câmera que foge. (sobre seus filhos seguirem a carreira artística)

O The Noite com Danilo Gentili vai ao ar de segunda a sexta-feira no SBT. Site oficial: http://www.sbt.com.br/thenoite/

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.