Ivair Gontijo, Bruna Lombardi e Camille Paglia conversam com Bial

0

De feminismo a exploração de Marte: ‘Conversa com Bial’ traz diferentes assuntos nesta quarta – Ivair Gontijo e, quinta-feira, Bruna Lombardi e Camille Paglia

Ivair Gontijo
foto Ramón Vasconcellos

O planeta Marte é alvo de mistério, fascinação e de um plano de explorações espaciais desenvolvidas para entender como seria a vida por lá. Para tratar sobre o assunto, Pedro Bial convida, hoje, dia 25, o engenheiro brasileiro e funcionário da Nasa Ivair Gontijo, um dos responsáveis pela criação do robô Curiosity, o maior e mais sofisticado veículo espacial a ser enviado com sucesso a Marte. O bate-papo se completa com a presença do colunista de astronomia Salvador Nogueira e do astrobiólogo Douglas Galante, pesquisador do fenômeno da vida fora da Terra.

Ivair Gontijo

Ivair se deparou com a chegada dos americanos à lua logo na primeira vez em que assistiu à TV. De um fazendeiro no interior de Minas Gerais, decidiu tornar-se físico, engenheiro e, mais tarde, integrou a equipe da Nasa, onde trabalhou na missão do Curiosity, em 2012. Desde então, os cientistas assumem a direção do robô todos os dias e estudam o planeta vermelho a uma distância de mais de 160 milhões de quilômetros. “Trabalhei liderando o grupo que construiu os transmissores e receptores do radar que controlou a descida do robô em Marte. Os últimos 8 quilômetros da viagem interplanetária foram controlados por esse radar”, conta o engenheiro, que se emocionou ao assistir o sucesso do pouso controlado.

LEIA TAMBÉM

The Voice Brasil: “Audições às Cegas” continuam a todo vapor

Bruna Lombardi 

Já amanhã, quinta-feira, dia 26, Bial conversa com Camille Paglia, que se considera feminista, mas configura entre as principais críticas do movimento contemporâneo. Tornou-se célebre mundialmente na década de 1990, quando lançou seu primeiro livro, “Personas Sexuais”, uma obra sobre a decadência do sexo na literatura e nas artes visuais ocidentais. A norte-americana recebeu o apresentador em seu escritório na Universidade das Artes na Filadélfia, Pensilvânia, para falar sobre feminismo e as tentativas de emancipação feminina. Além da entrevista internacional, Bial fala também com a atriz Bruna Lombardi e a roteirista e feminista Antonia Pellegrino, que acompanham e comentam a conversa do estúdio.

Camille Paglia

Para Camille, as feministas estão cada vez mais tristes porque “destroem o espaço entre elas e os homens”. Segundo ela, esse não é o caminho para a felicidade sexual. “Se um homem se comporta com tirania ou desrespeito, é claro que devemos protestar. Mas isso começa na infância. Os pais devem ensinar os garotos a terem dignidade com as mulheres. Contudo, o foco está no sexo. Devemos expandir o tema e falar de ética como um todo. O fracasso em ensinar ética em geral nos deixou nessa situação”, analisa a pensadora.

Exibido após o ‘Jornal da Globo’, ‘Conversa com Bial’ tem direção artística de Monica Almeida e direção de conteúdo de Ingo Ostrovsky.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.