GloboNews exibe documentário Vozes de Paracatu e Bento, do aclamado diretor Walter Salles

0

‘Vozes de Paracatu e Bento’ será exibido no programa ‘GloboNews Documentário’, que fala sobre o maior desastre ambiental do Brasil

Vozes de Paracatu e Bento
Foto: Bastidores da gravação do documentário “Vozes de Paracatu e Bento”. Crédito: Globo/Divulgação

O drama e os desejos das populações atingidas pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco, em novembro de 2015, contados pelos que viveram e vivem as consequências do maior desastre ambiental da história do Brasil. ‘Vozes de Paraccatu e Bento’, documentário da Vídeo Filmes, de Walter Salles, em parceria com a GloboNews, registra histórias humanas incomuns a partir dos relatos de personagens das comunidades de Bento Ribeiro e Paracatu de Baixo.

Vozes de Paracatu e Bento

Cada um tem uma visão e uma memória específicas do dia em que tudo mudou em suas vidas e, ao mesmo tempo, conta uma história de pertencimento, de paixão por um lugar. O documentário, que vai ao ar neste sábado, dia 11, no ‘GloboNews Documentário’, foi gravado no interior de um dos poucos cantos que sobreviveram ao mar de lama: a igreja de Paraccatu de Baixo. 

LEIA TAMBÉM

SóTocaTop: Marcos & Belutti lança canção ‘Siga a Seta’

Walter Salles

“Vozes de Paracatu e de Bento” surgiu quando, em maio de 2017, Walter Salles e sua equipe gravaram o curta-metragem “Quando a Terra Treme” , na região de Mariana, para um filme coletivo organizado pelo cineasta chinês Jia Zhang-Ke, intitulado “Where has time gone?”. “Tínhamos uma vasta pesquisa para alimentar o roteiro de “Quando a terra treme”, escrito por Gabriela de Almeida. Ao longo das semanas em que convivemos com os ex-moradores de Paraccatu e de Bento Rodrigues, ouvimos novas estórias das pessoas atingidas. Elas nos marcaram profundamente.  Cada relato era singular, e olhava para a tragédia sob um ângulo próprio. Foi nesse momento que decidimos gravar os depoimentos dessas pessoas e fazer o documentário. Em primeiro lugar, para deixar um registro ao mesmo tempo pessoal e coletivo do acontecido, das suas causas, de como aqueles momentos haviam sido vividos, dos anseios por reparação. E, também, de como cada um deles encara o futuro”, explica Walter Salles.

Os depoimentos foram filmados em plano fixo, sem qualquer artifício. A maioria das imagens de Paracatu e Bento antes do desastre é de registros feitos pelos próprios moradores. “Com a importante participação criativa de Cristina Aragão e Julio Molica, da GloboNews, chegamos à versão que será exibida. “Vozes de Paracatu e Bento” é, portanto, um trabalho essencialmente coletivo, e dá voz a pessoas que lutam para terem seus direitos reparados, mesmo sabendo que suas vidas nunca mais serão as mesmas”, diz Salles.

‘Vozes de Paracatu e Bento’ será exibido no ‘GloboNews Documentário’ que vai ao ar neste sábado, dia 11, às 16h30.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.