Giovanni Dopico “A melhor maneira de acabar com o preconceito é olhar pro próximo com mais amor e empatia.”

0

Giovanni Dopico faz CHECK-IN no TV a Bordo

Giovanni Dopico
foto Marcio Honorato

por Warlen Pontes

A soap opera brasileira ‘Malhação’, há 23 anos no ar exibiu, pela segunda vez, um beijo gay, desta vez entre homens. A cena exibida na terça-feira, 3/10, rolou com Michael (Pedro Vinícius), já entrevistado pelo portal (confira aqui) e o estreante Giovanni Dopico, que interpreta o Santiago. O primeiro beijo gay da novela aconteceu em 2/1/17, em ‘Viva a Diferença!’, com Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio). 

O TV a Bordo foi conhecer de perto Giovanni Dopico, um jovem talentoso e cheio de sensibilidade, que encarou o desafio com muita humildade. “Foi uma honra ter conquistado esta confiança de toda a equipe envolvida, que acreditou no meu trabalho, mesmo tendo tido tão pouco tempo de preparação, sobretudo, por também ser meu primeiro papel na TV.  Me sinto grato por este momento”. E não para por aí. Giovanni falou da importância e o suporte da família, apesar de alguns amigos… Apoio da família, sim! De amigos, nem todos, mas faz parte do meu ofício lidar com opiniões diferentes”, ressalta.

Giovanni Dopico formou-se em artes cênicas pela CCPAC e já tem no currículo quase uma dezena de espetáculos de teatro e cinema. Para manter a excelente forma física e enfrentar uma rotina de gravações e o curso em administração de empresas, Giovanni pratica surf desde criança e luta Jiu-Jitsu. Nesta entrevista ao TV a Bordo, o ator carioca conta sobre o processo de construção do Santiago, a relação com o elenco veterano, a repercussão da sequência do beijo, as “cantadas” do mundo GLS, e muito mais!

Senhoras e senhores, Giovanni Dopico:

Processo de construção do Santiago

Eu assisti alguns filmes que envolviam o assunto, conversei com alguns amigos gays, até  mesmo meu parceiro de cena (Pedro Vinicius), e aprendi muito com ele sobre um mundo que eu não conhecia.

Maior dificuldade

A minha maior dificuldade foi tentar entender esses conflitos muito presentes na vida dos gays: preconceitos, medos, conflitos os quais nunca tive experiências. Foi difícil, mas muito legal entender isso tudo!

Diferenças e semelhanças

A principal diferença é a orientação sexual. Os medos são diferentes. O Santiago é bem tímido; eu não sou tão tímido assim. Sou reservado, mas não me acho tímido.

Relação com os atores veteranos

Sempre procuro conversar com os atores mais experientes; tento aprender com eles o máximo que posso, nos intervalos, nos bastidores… Enquanto esperamos para gravar é sempre um momento ideal para trocarmos informações sobre o trabalho. Os mais veteranos têm sido muito generosos, sempre dão dicas e sugestões para as cenas.

foto Arquivo Pessoal

Decorar o texto

Eu pego o texto um dia antes da cena, dou uma estudada, leio várias vezes, faço anotações e, no camarim, antes de ir gravar, pego o texto pra dar uma relembrada. Também tento não me apegar a um jeito; tento variar sempre para não ficar com uma ideia pronta e poder trocar com os outros atores em cena.
Emoção na hora de interpretar
Com certeza a leitura é muito importante, onde eu imagino tudo, lembro do passado do meu personagem e, também, vejo como aquilo me toca durante a leitura. Entendo o porquê de estar falando aquilo, e não como devo falar. Na hora da cena a emoção vem; eu acho que fica registrado em algum lugar da cabeça e na hora da cena vem à tona.
Uma hashtag para o Santiago
#coragem
foto Paulo Belote / Santiago (Giovanni Dopico) e Michael (Pedro Vinícius)
Repercussão e cantadas do público GLS
A repercussão eu não sei como está. Espero que curtam o meu trabalho. Não só o público GLS, mas todo mundo. Cantadas? Recebo algumas engraçadas dos fãs, mas eu foco mais no meu trabalho… hahaha
Melhor maneira para acabar com o preconceito
Olhar pro próximo com mais amor e empatia.
Convite para a galera assistir à ‘Malhação – Vidas Brasileiras’
Galera, vejam o trabalho maravilhoso que a produção e os atores estão fazendo! Garanto que não irão se arrepender… (risos)
Frase que norteia a sua vida
“Todo progresso acontece fora da zona de conforto.”
Giovanni Bianor Canali Dopico nasceu em 1º de maio de 1995, no Rio de Janeiro -RJ.
foto Arquivo Pessoal

Sobre a foto

Eu e minha irmã na Europa. Ela morava na Alemanha e estávamos um bom tempo sem  nos vermos. Foi marcante!

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.