‘Esporte Espetacular’ desembarca em Moçambique para conhecer João Chico

0

Além da história do pequeno moçambicano João Chico, programa mostra a atual crise dos carrascos alemães

João Chico
Foto 2: Craques do Santos nos anos 60, Edu e Lima foram pessoalmente conhecer o menino e o trabalho da ONG Missão África. Crédito: Globo/ Divulgação

Campeã do mundo em 2014 e algoz do Brasil no trágico 7 a 1, a seleção alemã virou uma assombração para os brasileiros. Porém, os temidos rivais parecem estar vivendo um inferno astral, com resultados que vêm deixando muito a desejar. Este ano, depois de ser eliminada da Copa da Rússia ainda na fase de grupos, sua pior campanha em Mundiais, a equipe também vai mal na Liga das Nações, competição entre seleções europeias. Antes incontestável e no cargo desde 2006, o técnico Joachin Low já balança.

Falta de motivação

No ‘Esporte Espetacular’ deste domingo, dia 18, a repórter Marina Izidro tenta desvendar os motivos da crise. Uma das teorias é surpreendente: falta de motivação. “Ninguém espera que falte motivação a um time que foi campeão da Copa e com tantos craques no elenco, mas chegamos a essa conclusão conversando com profissionais experientes. Talvez os alemães tenham se livrado da pressão por vencerem em 2014 e, mesmo inconscientemente, deram uma relaxada”, diz Marina.

LEIA TAMBÉM

Lady Night, da Tatá Werneck, estreia na tela da Globo em janeiro

João Chico

Para mostrar os bastidores de uma história que emocionou o país, o ‘Esporte Espetacular’ desembarca em Moçambique, na África. Lá, conhece João Chico, o menino de 6 anos que ficou famoso depois que uma foto sua, na qual vestia a camisa do Santos, viralizou na internet. O clube paulista se sensibilizou e doou R$ 1 por cada torcedor que compareceu aos jogos do Brasileirão contra Flamengo e Palmeiras para a ONG Missão África, responsável pelo registro. Os quase R$ 40 mil serão aplicado em projetos para crianças ligados à educação, saúde e assistência social. Edu e Lima, dois ex-craques do Santos da década de 1960, foram pessoalmente conhecer o garoto e acompanhar a ação da ONG. “Foi uma das maiores experiências da minha vida. Eles olham com uma admiração, como se dissessem: ‘chegou a salvação. E isso mexe com a gente”, conta Edu. Lima também se emocionou: “Sempre que podemos colaborar de uma maneira mais efetiva é ótimo. Vimos a alegria no rosto das crianças beneficiadas”.

Jesus Morlán

Emoção também não vai faltar na homenagem ao técnico Jesus Morlán, que morreu no dia 11, aos 52 anos, vítima de um tumor no cérebro. O espanhol revolucionou a canoagem no Brasil e formou Isaquias Queiroz, que conquistou três medalhas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O programa exibe uma entrevista inédita de Morlán ao repórter Guilherme Roseguini, além de trazer depoimentos emocionados de Bernardinho e do próprio Isaquias sobre o treinador.

Projeto Tóquio

Em mais um episódio da segunda temporada do ‘Projeto Tóquio’, Flávio Canto acompanha a preparação de Duda, do vôlei de praia, para os Jogos Olímpicos de 2020. Aos 23 anos, a sergipana foi campeã mundial em diversas categorias de base e, este ano, conquistou o Circuito Mundial com a parceira Agatha. Além de se tornar a mais jovem campeã mundial na categoria adulto, ela levou o prêmio de melhor jogadora da temporada.

O ‘Esporte Espetacular’ vai ao ar na manhã de domingo, dia 18, depois do ‘Auto Esporte’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.