‘Como Será?’ estreia 3ª temporada de ‘Heróis Possíveis para Causas Impossíveis’  

0

‘Heróis Possíveis para Causas Impossíveis’, série, que volta ao ar neste sábado, apresenta exemplos de brasileiros com trajetórias marcantes, que fazem a diferença em suas áreas de atuação

possíveis
Sandra Annenberg com participantes da Banda Praticatatum. Divulgação/Globo

‘Heróis Possíveis para Causas Impossíveis’

Um adolescente de 14 anos que questiona o motivo pelo qual crianças e adolescentes não participam de discussões sobre o combate ao trabalho infantil. Essa poderia ser apenas mais uma dúvida de um jovem, mas no caso de Felipe Caetano, hoje com 17 anos, essa pergunta fez uma grande transformação. Personagem do primeiro episódio da 3ª temporada de ‘Heróis Possíveis para Causas Impossíveis’, Felipe ficou intrigado com o tema e levou a questão ao Ministério Público do Trabalho do Ceará. A repercussão foi tão grande que resultou na formação do Comitê Nacional da Criança e do Adolescente de Fortaleza.

Destino Berlim-Viena

Por falar em transformações, a série ‘Destino Berlim-Viena’ vai ao Migration Hub, em Berlim, conhecer a brasileira Lisarb. Recém-formada em serviço social internacional, ela trabalha há dois meses no local, acolhendo e buscando melhorar a qualidade de vida de imigrantes e refugiados que chegam à Alemanha.

LEIA TAMBÉM

Os guardiães se reúnem na casa de Egídio e temem pela vida do guardião-mor

Hoje é dia de game…

No ‘Hoje é dia de game’, o telespectador vai conferir a Game XP, maior evento de diversão eletrônica da América Latina. No quadro, Alexandre Henderson vai mostrar o que há de mais moderno na área de tecnologia voltada ao entretenimento e bater um papo com Diegho San, um jogador profissional que é bicampeão mundial de ‘just dance’.

possíveis
Sandra Annenberg com pedaço do muro de Berlim. Divulgação/Globo.

Praticatatum

O trabalho da Associação Praticatatum também é um dos destaques do ‘Como Será?’ desta semana. Desde 2008, o projeto visa desenvolver, por meio da música, a sensibilidade, a cidadania, as habilidades artísticas e intelectuais de jovens. A iniciativa atende atualmente a 600 crianças e adolescentes, entre seis e 21 anos de idade, que estudam percussão, musicalização infantil, violão, guitarra, contrabaixo, teclado, instrumentos de sopros e cordas, além da discotecagem com tecnologia musical informatizada. No estúdio, Sandra Annenberg recebe participantes da Banda Praticatatum e confere o que esses jovens estão aprendendo com o projeto.

Programa do Jornalismo em parceria com a área de Responsabilidade Social e Fundação Roberto Marinho, o ‘Como Será?’ vai ao ar após o Via Brasil, às 7h (exceto nas afiliadas com conteúdo regional). As reprises vão ao ar na GloboNews e no Canal Futura, aos domingos, às 06h05 e às 15h, respectivamente. No Canal Futura, ainda há reprises na segunda (1h), quarta (20h30) e quinta-feira (2h30). Mais informações no site redeglobo.globo.com/como-sera e nas grades de programação locais.  

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.