Vem aí, ‘Verão 90’ e a família Guerreiro: Janaína, João e Jerônimo

0

A matriarca da família Guerreiro é sinônimo de garra e perseverança

foto João Cotta

Primeiramente, o sobrenome já indica: a matriarca da família Guerreiro é sinônimo de garra e perseverança. Em segundo lugar, Janaína (Dira Paes) é a personificação de uma mulher batalhadora, ética e que luta para proporcionar o melhor para os filhos João (Rafael Vitti) e Jerônimo (Jesuíta Barbosa). Ela criou os dois sozinha e apesar de proporcionar a mesma educação para eles, João e Jerônimo tornaram-se pessoas de personalidades bem diferentes.

A Família Guerreiro

Enquanto Jerônimo, o mais velho, desde pequeno nunca se conformou com a vida simples que a família levava, João está longe de ter esse tipo de ambição. A disputa entre os dois – seja pela atenção da mãe e mais tarde pelo amor de Manuzita (Melissa Nóbrega/Isabelle Drummond) – é o que tira o sono da mãe dos Guerreiro. Apesar de quase nunca se abater, Janaína costuma dizer que a sorte nunca lhe faltou. Seu grande sonho é ver a harmonia entre os filhos.

LEIA TAMBÉM

O Sétimo Guardião: o reencontro entre Valentina e Gabriel

Jerônimo

A questão é que Jerônimo acredita que a vida lhe deve algo. Principalmente após o término da Patotinha Mágica, quando a fama pra ele também deixou de existir. Jerônimo culpa o irmão pelo fim do grupo e por toda a “má sorte” que tem. O rapaz vive de “bicos” e está sempre metido em encrencas na fictícia Armação do Sul, cidade litorânea, para desespero de Janaína.

João

Jerônimo nunca se dedicou aos estudos nem tem uma formação. Enquanto João segue outro rumo. Estudante de Comunicação, ele apresenta um programa de rádio, no Rio de Janeiro, voltado para o público jovem e investe na carreira. Para ele, dos tempos da Patotinha só ficou mesmo a lembrança de Manuzita, seu primeiro grande amor, e a vontade que tem de reencontrá-la um dia.

Verão 90

Enfim, de Izabel de Oliveira e Paula Amaral, a próxima novela das sete, ‘Verão 90’, tem colaboração de Daisy Chaves, Isabel Muniz, João Brandão e Luciane Reis, direção artística de Jorge Fernando, direção geral de Jorge Fernando e Marcelo Zambelli e direção de Ana Paula Guimarães e Diego Morais. A previsão de estreia é para o início de 2019. 

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.