Sur Lie, da Casa Valduga, é eleito o melhor vinho do Brasil

0

Segundo o Guia Adega 2019, o vinho de maior destaque no ano é da vinícola gaúcha, Sur Lie

Sur Lie
foto reprodução

A Casa Valduga, que fica  no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), encerra o ano de 2018 com muitos momentos importantes na história da vinícola, como a safra icônica deste mesmo ano, as mais de 500 premiações em concursos internacionais e o recém-lançado Sur Lie eleito o melhor vinho do Brasil.

Sur Lie

A nova edição do Guia Adega de Vinhos do Brasil 2018/2019 apresenta como destaque o espumante Casa Valduga Sur Lie, que obteve 93 pontos, a maior pontuação da publicação.

Revista ADEGA

Publicado pela Inner Editora, que também edita a revista ADEGA, o Guia tornou-se a principal referência de vinhos nacionais, não somente para os consumidores, mas também para a própria indústria, pois, a cada ano, traz um amplo panorama do mercado, servindo de termômetro do que está acontecendo de melhor por aqui.

Produção nacional

O resultado confirma o quanto a produção nacional vem aprimorando-se cada vez mais na elaboração de espumantes. Dedicação está já reconhecida internacionalmente por renomados concursos e experts do mundo do vinho.

LEIA TAMBÉM

Conheça o cardápio da coluna de Gastronomia do portal TV a Bordo

Sur Lie

Com apenas um ano de existência, o Sur Lie também foi eleito o melhor espumante da América do Sul pelo Guia Descorchados 2018, evidenciando a consistência da qualidade do produto.

Uvas Chardonnay e Pinot Noir

Elaborado pelo método tradicional, com uvas Chardonnay e Pinot Noir, o espumante matura por 30 meses nas caves subterrâneas da vinícola, em sua própria garrafa. A técnica conhecida nome sur lie permite que a bebida permaneça em constante evolução, na presença de leveduras, até a abertura da garrafa, quando o espumante atinge sua plenitude.

Tempo indeterminado

Por não passar por dégorgement, a autólise das leveduras ocorre enquanto a garrafa permanece fechada. Esse é o grande diferencial deste exemplar. O novo espumante da Casa Valduga continua envelhecendo por tempo indeterminado e a decisão de interromper esse processo é única e exclusiva do consumidor, que decidirá o tempo de maturação da bebida, para apreciá-la de conforme a preferência do consumidor.

Dalla Valle

Segundo Daniel Dalla Valle, diretor e enólogo da Casa Valduga, trata-se de um produto que quebrou paradigmas no meio enológico, já que é um espumante em sua forma mais bruta, sem dégorgement e consequentemente, sem dosagem pós-dégorgement de licor de expedição. “Uma edição limitada, de apenas três mil garrafas e um ano após o seu lançamento, já alçamos o marco de mais de 15 mil garrafas vendidas. Teve alta aceitação, especialmente com nossos consumidores que visitam a vinícola. É ideal para quem busca uma experiência sensorial distinta e singular”, #Ficaadica.

Além do Sur lie, outros rótulos da vinícola foram os vencedores em suas categorias. Confira:

– Casa Valduga 130 Blanc de Noir: melhor espumante brut do Brasil;

– Casa Valduga 130 Brut Rosé: melhor espumante rosé do Brasil;

– Casa Valduga Terroir Exclusivo Viognier 2018: Melhor Viognier do Brasil;

– Casa Valduga Terroir Pinot Noir 2017: Melhor Pinot Noir do Brasil.

por Adriana Nasser

Fonte: De Rolha em Rolha

Siga @derolhaemrolha

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.