Entrevista com Carlos Araújo, supervisor artístico de ‘Toda Forma de Amar’

0

Carlos Araujo “Criamos um grupo muito potente, mágico e bonito.”

Carlos Araújo
foto Estevam Avellar

Com longa trajetória na Globo, iniciada em 1990 em ‘Barriga de Aluguel’, Carlos Araujo assinou mais recentemente a direção de novelas como ‘I Love Paraisópolis’ (2015) e ‘Meu Pedacinho de Chão’ (2014), e da minissérie ‘Queridos Amigos’ (2008). Seu mais recente trabalho na Globo foi a supersérie ‘Os Dias Eram Assim’ (2017), que marcou sua estreia como diretor artístico, e, anteriormente, a novela ‘Velho Chico’ (2016).

É a sua primeira vez em Malhação. Como está sendo essa experiência?

‘Malhação’ tem um olhar diferente na dramaturgia da TV pela linguagem jovem, contemporânea. É instigante escalar um elenco em que boa parte dos protagonistas não tem uma referência anterior na TV. Para mim, isso foi o mais desafiador nesse trabalho até agora. Está sendo uma experiência muito rica, estou adorando e sinto vontade de repetir mais vezes.

Em sua opinião, qual o diferencial dessa temporada?

São muitos os diferenciais. Em ‘Toda Forma de Amar’ temos um elenco adulto forte, a relação familiar é mais presente. Além da tradicional escola, temos também a faculdade. Eu costumo dizer que é uma ‘Malhação’ com menos uniforme. A intenção é mostrar a vida dos jovens não somente dentro da escola, mas na vida de uma forma geral, tratando de temas bem atuais.

LEIA TAMBÉM

Elenco de ‘Toda Forma de Amar’ celebra o amor em ensaio fotográfico especial

Essa temporada conta histórias movidas pelo amor. Como é o conceito da direção na abordagem desse tema?

Existe algo muito generoso que é você poder olhar, ouvir, se doar e receber isso de volta do outro. Esse entendimento fez com que a gente montasse o próprio critério de escalação, de olhar fundo para os atores que iriam contar essa história, personificando as figuras que foram desenvolvidas pelo Emanuel Jacobina. É o amor que vai mover toda a ação na trama. As atitudes, as consequências, tudo será em nome desse sentimento maior da vida que é o amor. É uma dramaturgia que busca muito o humano. Os lados vulneráveis, heroicos, os sonhos, o amor da forma mais simples. Um amor à vida, ao nascimento, ao respeito. É uma história de convívio humano. É complexo, mas poderoso e de muito valor.

Quais são os cuidados mais importantes ao escalar novos talentos?

Precisa ter muito feeling. Eu procurei me perceber muito e olhar de uma forma distanciada para os atores que estavam ali no processo de testes. Foi um período longo de percepção de quem preencheria o universo que criamos para contar essa história. O que decidiu a escalação foram as diferenças, os detalhes. Até o lado frágil. Muitas vezes, você pode olhar e ver que aquele ator não está tão bem no momento, mas tem um potencial enorme para contar a história do personagem. E foi esse o caminho que a gente trilhou com muita paciência e dedicação durante todo o processo. Criamos um grupo muito potente, mágico e bonito.

Essa temporada tem bastante música. O que você pode adiantar da trilha sonora?

A trilha sonora é um dos elementos principais no universo da ‘Malhação’. Para falar sobre toda forma de amar, pensamos em uma amplitude em relação à trilha. Vamos mostrar os movimentos jovens do funk e do rap, mas também temos a própria dramaturgia a ser narrada e pontuada pela trilha. Selecionamos um repertório amplo, que deve agradar a diversos gostos. Abrimos o leque, escutamos e pesquisamos todo tipo de música. Teremos muitas surpresas, canções tradicionais, outras contemporâneas e lançamentos. A música de abertura, uma releitura de ‘Paula e Bebeto’, de Milton Nascimento, na voz dele e da cantora Iza, é uma síntese do que vai ser a nossa trilha.

Malhação Toda Forma de Amar

‘Malhação: Toda Forma de Amar tem estreia amanhã, terça-feira, dia 16. Escrita por  Emanuel Jacobina, com supervisão artística de Carlos Araujo e direção artística de Adriano Melo, a trama traz histórias de amor que se cruzam, sejam elas sobre casais, pais e filhos, irmãos ou um grupo de amigos.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.