Porto a Porto indica nove rótulos que não podem faltar em sua adega

0

Nove rótulos – me aqueça neste inverno! Quando a temperatura cai… é hora de um bom vinho

NOVE RÓTULOS
FOTO REPRODUÇÃO

O Inverno chegou com tudo! Já pode tirar aquele aparelho de fondue do armário, pegar um vinho na adega, separar as taças e chamar os amigos para compartilhar. Apesar de vivermos em um país com mais temperaturas altas do que baixas, este ano o frio está caprichado e tudo indica que ele vai continuar mostrando todo o seu potencial.

Vinhos Tintos

Nos dias frios os vinhos tintos mais potentes vão muito bem, não só por terem uma graduação alcoólica mais alta, o que ajuda a aquecer o corpo, mas também porque toda a sua estrutura combina bem com pratos também do mesmo porte, ou seja, vinho forte e comida quente. Quem é que não gosta? Para quem aprecia esta época do ano, de dias mais frios e noites mais longas, a Porto a Porto preparou uma listinha com 9 rótulos que não podem faltar na sua adega nesse inverno. Tem do Chile, Argentina, África do Sul, Portugal e Itália, para agradar diversos paladares.

LEIA TAMBÉM

Abbraccio Cucina Italiana lança promoção Harmonia Perfeita

Nove rótulos – confira a seleção e aproveite!

Marquês de Borba – Taninos maduros e muito bem equilibrados são algumas das características desse delicioso vinho português, assinado pelo renomado enólogo João Portugal Ramos. Corte das uvas Alicante Bouschet, Aragonez, Trincadeira e Touriga Nacional, estagia em barricas de carvalho por um breve período. Entre os aromas, muita fruta como amora e cassis. Bom para escoltar pratos com carnes vermelhas magras grelhadas ou massas com molhos de carne.

Don Román tinto – Este espanhol da Rioja, elaborado com a uva Tempranillo, possui aroma frutado, com delicadas notas de baunilha, é persistente e muito bem equilibrado. Perfeito para acompanhar uma pizza sabor Calabresa ou Pepperoni.

foto reprodução

Corbelli Montepulciano d’Abruzzo – Tinto italiano leve que dispensa acompanhamento, mas que também escolta uma diversificada tábua de queijos. Aqui o nome da uva é Montepulciano e o nome da região é Abruzzo, que fica no centro da Itália.

Carolina Reserva Merlot – Para acompanhar embutidos ou queijos tipo Gruyère, a sugestão é esse tinto chileno elaborado com a uva Merlot. Com aromas que lembram especiarias e noz moscada, é seco, de corpo médio e muito macio.

Quinta do Cachão – Tinto do Douro macio em boca e com final persistente, fruto dos 6 meses em que estagia em barrica de carvalho francês. Indicado para acompanhar pratos à base de carnes vermelhas com pouca gordura.

novo rótulos
foto reprodução

Le Clos de Reynon – Vinho francês elaborado com a uva Merlot, na célebre região de Bordeaux. Sozinho é uma excelente dica: delicado, macio e equilibrado. Se quiser, combine com fondue de carne.

Château Labat – Para os que gostam de vinhos mais encorpados, esse tinto de Bordeaux é uma ótima pedida. Releva toda a personalidade dessa região da França com muita elegância, devido ao envelhecimento de 12 meses em barrica de carvalho francês. Perfeito para carnes com molhos untuosos.

foto reprodução

Nederburg Winemasters Shiraz – Os aromas de especiarias e o toque de chocolate amargo deste vinho combinam à perfeição com pratos condimentados. Ele é encorpado, de excelente acidez, taninos finos e final intensos. Amadureceu durante 18 meses em barrica de carvalho francês e americano.

Justino’s Madeira 3 anos – Esse é o que chamam vinho da meditação, para ser degustado sem acompanhamento, uma tacinha em frente à lareira. É doce, mas perfeitamente equilibrado pela acidez pronunciada. Se quiser harmonizar, a indicação são sobremesas à base de café ou chocolate.

Os rótulos indicados podem ser encontrados em lojas, empórios, mercados, atacados da cidade ou ainda pelo site: http://www.portoaporto.com.br

por Adriana Nasser

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.