Marco Nanini: “O texto do Daniel Adjafre é um caso sério! Ele é um autor… poderoso!”

0

Marco Nanini faz CHECK-IN no TV a Bordo

Marco Nanini
foto João Miguel Júnior / Marco Nanini como o Rei Augusto

A partir de hoje, o portal TV a Bordo vai estampar uma série de entrevistas sobre ‘Deus Salve o Rei’, a nova novela da faixa das 19h30 da Globo, que estreia na próxima terça, dia 9 de janeiro. Para abrir essa seleção de matérias, um artista que dispensa apresentações, e que muito nos honra, Marco Nanini.

Marco Nanini

Depois de viver por 14 anos o clássico personagem Lineu em ‘A Grande Família’, dos gêmeos Pancrácio e Pandolfo e mais 35 tipos no fenômeno ‘Êta Mundo Bom’, o ator pernambucano está de volta com sua majestade, Rei Augusto.

Em entrevista ao TV a Bordo, realizada no evento de lançamento da trama escrita por Daniel Adjafre e direção artística de Fabrício Mamberti, no Projac, em dezembro, Marco Nanini fala, entre outras coisas, sobre escolhas e do personagem que interpreta no primeiro folhetim medieval da Globo.

Senhoras e senhores, Marco Nanini

Pior escolha e melhor escolha

Não tenho. Ficam elas por elas! Eu acho que toda a experiência é boa. Não gosto de escolher muito assim… Eu sou geminiano (nascido em 31 de maio). Deixa chegar, deixa ir.

Semelhanças e diferenças com o Augusto

Semelhanças serão fatais porque eu vou emprestar um pouco de mim pra ele. O que tem dele pra mim é que ele está tentando se impor para mim. Isso é sofrido, porque, às vezes, você começa a criar o personagem e você não tem exatamente o poder de manobrá-lo, ou você entra num acordo com ele ou ele vai embora, some… Estou tentando isso, estou tentando aquilo (mas não funciona), é o personagem que está mandando…

Composição

Eu busquei o interior dele. Como eu não tenho muitos subsídios do que vai acontecer depois, eu peguei o que está acontecendo agora, fiz um mosaico e penso dentro desse mundo interior. Como ele se sente, qual é o tipo de timidez ou de astúcia, mas ele sempre é o rei, não demonstra muita coisa.

TV a Bordo – Você vai emprestar sua forte veia cômica no Augusto ou não vai ter nada de comicidade?

Terá uma comicidade, mas não objetivamente. Não vai ser comédia, nem drama. Você tem que viver aquele papel, é o que o Fabrício e a direção pede.

Texto do Daniel Adjafre

Um autor espetacular, que tem um texto belíssimo! Eu vim de uma novela com um texto muito bom (“Êta Mundo Bom”), e eu estou tendo essa sorte. ‘A Grande Família’ era uma equipe de autores maravilhosos… agora essa aqui. É um caso sério! Ele é um autor… poderoso!

Direção de Fabrício Mamberti

Inovador. Para inovar ele é produtor. Ele que criou e organizou isso tudo! Ele que convenceu a importância de fazer esse trabalho agora e implantou isso aqui dentro da Globo.

Convite

Pessoal do TV a Bordo, Deus Salve o Rei! Vamos saber por quê? Espero por você!

Conheça sobre ‘Deus Salve o Rei’ e o núcleo de Marco Nanini

Há décadas, os reinos de Montemor e Artena vivem em paz, e tudo continuaria assim se as consequências de uma escolha não mudassem o curso de seus destinos.

Afonso (Romulo Estrela), príncipe herdeiro de Montemor, é um homem honrado, justo e que, desde criança, foi preparado para, um dia, assumir o trono. Exatamente o oposto de seu irmão caçula, o irresponsável e inconsequente Rodolfo (Johnny Massaro), que só pensa em aproveitar as mordomias de sua vida de príncipe.

Artena é governada pelo rei Augusto (Marco Nanini), um homem sábio e benevolente, que tem em sua filha, a princesa Catarina (Bruna Marquezine), sua sucessora. Mas Catarina, ao contrário do pai, tem planos mais ambiciosos para seu reino e não medirá esforços para conquistar seus objetivos.

‘Deus Salve o Rei’ tem colaboração de Sérgio Marques, Angélica Lopes, Dino Cantelli, Cláudia Gomes e Péricles Barros. A direção é de João Bothauser, Oscar Francisco, Pedro Brenelli e Bernardo Sá. Direção geral de Luciano Sabino.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.