Dirceu Lopes abre série documental ‘Tempo de Bola’ no ‘Esporte Espetacular’

0

Dirceu Lopes é o personagem do primeiro episódio da série “Tempo de Bola”

Dirceu Lopes
foto Divulgação Globo

Manga, Dirceu Lopes, Mazinho, Ademir da Guia, Pepe e Careca. Esses são alguns dos craques escalados para a série documental “Tempo de Bola”, que o ‘Esporte Espetacular’ exibe a partir deste domingo, dia 18. Produzidos em parceria com a Pindorama Filmes, os 11 episódios mostram jogadores que vestiram a camisa da seleção brasileira entre os anos 50 e 90. “A proposta da série é redescobrir esses personagens de uma forma diferente. Queremos dimensionar a importância dos craques em sua época e levá-los de volta às arenas onde brilharam”, antecipa o diretor Estevão Ciavatta.

Dirceu Lopes

O protagonista da estreia é Dirceu Lopes, um camisa 10 genial, que chegou a ser escalado pelo técnico João Saldanha para jogar na seleção no lugar de Pelé. Para Gerson, a histórica equipe da Copa de 1970 não estava completa por apenas um motivo: “Dirceu Lopes fez falta”. O episódio ainda lembra duelos inesquecíveis entre o Cruzeiro de Dirceu e o Santos de Pelé.  

Dirceu Lopes
foto Pitaya Filmes / A curitibana Carolina Schrappe bateu o recorde sul-americano de apneia ao mergulhar a 101 metros de profundidade na Ilha de Bonaire. Crédito: Globo/ Divulgação

Carolina Schrappe

No caribe holandês, a curitibana Carolina Schrappe, de 43 anos, bateu o recorde sul-americano de apneia com um mergulho de 101 metros de profundidade na Ilha de Bonaire, em dois minutos e cinquenta e oito segundos, incluindo descida e subida. Carol mergulha há 16 anos e já tinha atingido 95 metros em 2016. O ‘Esporte Espetacular’ mostra todos os desafios e as tentativas anteriores da atleta, realizadas durante o DeepSea Challenge Bonaire, organizado pelo recordista mundial de apneia Carlos Coste, que já chegou a 140 metros de profundidade.

LEIA TAMBÉM

Vem aí: ‘Malhação: Vidas Brasileiras’

Léo Percovich

No Rio, o treinador do time sub-20 do Fluminense, o uruguaio Léo Percovich, tenta superar uma tragédia. Em dezembro do ano passado, ele viajava com a esposa e os três filhos quando perdeu o controle do carro e despencou de uma altura de 20 metros. Duas das três crianças morreram. Léo dá uma entrevista emocionada ao repórter Marcos Uchoa e fala como o trabalho ajuda a superar o trauma. “Quando estou aqui, me realizo através deles”, conta, referindo-se aos atletas da equipe tricolor. “E realizo também o meu sonho, que era o das minhas filhas. Porque elas sonhavam que eu fosse treinador, que eu fosse campeão. Viemos da Inglaterra para realizar o meu sonho e, três meses depois, isso aconteceu”, conta o ex-goleiro.

O ‘Esporte Espetacular’ vai ao ar na manhã de domingo, depois do ‘Auto Esporte’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.