Fernanda Gentil entrevista o craque Daniel Alves para o ‘Esporte Espetacular’

0

Daniel Alves fala da derrota para o Real Madrid, na Liga dos Campeões

Daniel Alves
Foto: Fernanda Gentil entrevista Daniel Alves em Paris. Crédito: Globo/ Jefferson Rodrigues

Neste domingo, dia 11, Felipe Andreoli apresenta sozinho o ‘Esporte Espetacular’. Isso porque a sua parceira, Fernanda Gentil, está na Europa entrevistando jogadores brasileiros que vivem por lá.

Daniel Alves

A primeira conversa será com Daniel Alves, do Paris Saint Germain. Em um papo franco, o brasileiro fala sobre Copa do Mundo, trabalho, família e a recente derrota de sua equipe para o Real Madrid, na Liga dos Campeões. O lateral diz que não leva vitória para casa e que não guarda troféus, revela que seu filho não gosta de futebol, e surpreende ao afirmar que o capitão da seleção brasileira na Copa deveria ser o técnico Tite.

Tempo de Bola

O goleiro pernambucano Manga é o personagem do quarto episódio da série ‘Tempo de Bola’, produzida em parceria com a Pindorama, de Estevão Ciavatta. No Botafogo, jogou com Garrincha, Didi, Zagallo, Amarildo e Nilton Santos. Também brilhou no Internacional, no Nacional de Montevidéu e marcou a história do Barcelona de Guayaquil. “Nunca usou joelheira nem luvas. E era um daqueles goleiros com elasticidade, visão e flexibilidade impressionantes”, lembra Paul César Caju.

LEIA TAMBÉM

Globo transmite Botafogo e Volta Redonda pelo Carioca 2018

“Eu não gostava de agarrar com luvas porque elas não me passavam confiança. Nessa época, as luvas não eram tão boas, eram muito grossas e ficavam frouxas nos dedos. Eu esfregava a minha mão na terra para sentir mais confiança, principalmente nos dias em que chovia e a bola escorregava”, explica o goleiro.

Na seleção, Manga não teve a mesma sorte. Quando substituiu o titular Gilmar, machucado, no segundo jogo na Copa de 1966, Manga falhou três vezes na partida contra Portugal e o Brasil acabou eliminado da competição na primeira fase.

Nas Ondas

Ainda no programa deste domingo, Glenda Kozlowski desembarca na ilha de Barbados, no Caribe, para mais uma edição do ‘Nas Ondas’. Inspirada na lenda que diz que, durante muitos anos, o lugar foi tomado por perigosos piratas, a apresentadora dividiu 12 dos melhores surfistas do Brasil em três grupos para uma competição por equipes.

Adriano de Souza, o Mineirinho, campeão mundial de 2015, Jadson André, Tomas Hermes e Yago Dora são os “piratas’, do time azul. Caio Ibelli, Wiggolly Dantas, Jessé Mendes e Willian Cardoso, os “barbados”, do time amarelo. E Italo Ferreira, Ian Gouveia, Miguel Pupo e Michael Rodrigues são os “nativos”, do time vermelho. O comentarista Teco Padaratz e os juízes Luiz Dantas, árbitro da Liga Mundial de Surfe, e Nicholas Donawa, juiz local, formam a parte técnica da competição. Serão quatro confrontos no total. Cada bateria terá um integrante de cada equipe e vai durar 30 minutos. As duas melhores notas de cada competidor serão somadas ao total de cada time. A equipe que conseguir mais pontos nos quatro confrontos será a campeã do ‘Nas Ondas de Barbados’.

O ‘Esporte Espetacular’ vai ao ar na manhã de domingo, dia 11, depois do ‘Auto Esporte’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.