Globo Lab e Profissão Repórter percorrem o Brasil com oficina de reportagem

0

Globo Lab é um laboratório desenvolvido pela Globo que envolve metodologia de troca de ideias e cocriação

Globo Lab
foto reprodução

A sexta edição do Globo Lab – laboratório desenvolvido pela Globo que envolve metodologia de troca de ideias e cocriação – se une pela segunda vez ao ‘Profissão Repórter’ e, no mês de março, percorre o Brasil em busca de jovens estudantes interessados em jornalismo e no setor audiovisual, com o objetivo de fomentar a inovação de temáticas, linguagens e narrativas jornalísticas.

A equipe do programa levará oficinas de reportagem a instituições de ensino parceiras e coletivos de comunicação em Belém, Fortaleza, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Campo Grande e Campinas.

Globo Lab: Profissão Repórter

roadshow passará por Unama, Unifor, UFRB, Unifacs, Unisinos, UFPR, UFMS, UFSM e Unifra, além de Tela Firme, Rede Cuca, TV Pelourinho, TV OVO, entre outros coletivos. Os participantes do ‘Globo Lab: Profissão Repórter’ aprenderão sobre o universo do programa, recebendo da equipe seus conhecimentos sobre jornalismo e a dinâmica do trabalho adotada por eles.

LEIA TAMBÉM

Globo transmite partida entre PSG e Real Madrid dia 6, terça

Será proposto um desafio em duplas para a realização de reportagens e os autores das dez melhores vivenciarão uma imersão na redação do programa, em São Paulo, além de terem seus trabalhos exibidos na página do ‘Profissão Repórter’ na internet. Durante os dias de imersão, os participantes acompanharão de perto o dia a dia na redação, com a presença da equipe e de Caco Barcellos.

A primeira edição do Globo Lab realizada em parceria com o Profissão Repórter aconteceu em 2017. Na ocasião, 20 estudantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife foram selecionados para a imersão na redação comandada por Caco Barcellos.

O laboratório resultou em um programa especial, que mostrou como foi a interação e o aprendizado desses jovens com a equipe para desenvolver suas reportagens. As matérias foram focadas em problemas recorrentes no Brasil como segurança pública, prostituição, MST, agroflorestal, entre outros.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.