Claudia Abreu e Monica Iozzi participam do ‘Altas Horas’

0

Além de Claudia Abreu e Mônica Iozzi, Serginho Groisman recebe as cantoras Ludmilla e Pitty

Claudia Abreu e Monica Iozzi
foto Fábio Rocha

No quadro ‘Linha do Tempo’, Casagrande faz declaração emocionante a Serginho Groisman

“Cheguei, cheguei chegando, bagunçando a zorra toda…”.

“Cuidado quando for falar de mim, e não desonre o meu nome…”

Os trechos acima, extraídos das músicas “Cheguei”, de Ludmilla, e “Me Adora”, de Pitty, são capazes de colocar a plateia do ‘Altas Horas’ para ferver, mas também são um sinal do que está por vir no programa deste sábado, dia 30. As convidadas de Serginho Groisman têm carisma, talento, inteligência e consciência de sobra. Reconhecidas por seus trabalhos, elas também são referência quando chega a hora de comentar sobre um dos assuntos mais noticiados acerca da Copa do Mundo: assédio. Às cantoras, ainda se juntam as atrizes Monica Iozzi e Claudia Abreu.

Moniza Iozzi

“O primeiro passo é a gente falar. Parece que a gente está tendo que ensinar o que é errado, o que é machismo, qual é a gravidade dessas atitudes. Mas acho que estamos aprendendo juntos”, destaca Monica Iozzi, com apoio de Ludmilla. “Esse momento é de aprendizado e que fique de exemplo para outras pessoas”, disse a cantora sobre o caso do vídeo dos brasileiros com uma russa.

Pitty

“Acho ‘brincadeira’ uma palavra completamente errada para essas situações, porque brincadeira é quando você não constrange o outro, quando todo mundo se diverte”, pondera Pitty.

LEIA TAMBÉM

Malhação Vidas Brasileiras bate recorde de audiência da temporada

Claudia Abreu

Mãe de duas meninas e de dois meninos, Claudia Abreu enxerga esse momento como algo que não vai se encerrar tão cedo: “O principal é que isso não pareça pontual, uma primavera feminista. É preciso também entender que jogo amoroso é uma coisa, assédio é outra”.

Laura Muller

Lidando com sexualidade há mais de 20 anos, a sexóloga Laura Muller revela que, no início, passava por situações constrangedoras. “Antes de entrar aqui (no programa), as pessoas se sentiam no direito de falar algumas coisas pra mim e fazer convites para situações que iam além do trabalho”, conta.

Linha do Tempo

Lançando outro olhar para o futebol, Serginho Groisman convida Walter Casagrande Jr, comentarista esportivo da Globo, para mais uma edição do quadro ‘Linha do Tempo’. O relacionamento entre o apresentador e o ex-jogador, iniciado na década de 1980, foi ficando mais intenso com o passar dos anos e com a proximidade que ambos tinham com Marcelo Fromer, guitarrista dos Titãs falecido em 2001. “O meu fundo do poço começou com a morte dele. Fiquei totalmente sem chão. E aí veio a lembrança da perda da minha irmã em 1979, quando ela tinha 21 anos, e então percebi que não tinha resolvido a morte dela”, comenta Casagrande.

Dali em diante, entre os momentos delicados de sua vida, algumas internações em clínicas para tratamento de dependência química. Depois de um período de um ano internado, o ex-atacante recebeu a visita do amigo Serginho Groisman. “Lembro que, quando te vi, eu falei: ‘o Casão voltou!’”, afirma o apresentador. “Você não tem ideia da importância que tem na minha vida. Hoje estou vivo, tenho consciência das minhas virtudes e, graças a Deus, consigo estar aqui e te agradecer”, finaliza Casagrande.

O ‘Altas Horas’ vai ao ar aos sábados, após o ‘Zorra’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.