Dia dos Pais e nomes inusitados do Brasil são destaques na Record TV

0

No Dia dos Pais,  Renato Teixeira, Danilo Caymmi e Péricles mostram o talento de seus herdeiros no Domingo Espetacular e, na sequência, o Câmera Record conta as histórias por trás dos nomes mais inusitados do Brasil

Nomes inusitados
Arte TV a Bordo

No Domingo Espetacular desta semana, 12 de agosto, uma reportagem mostra que talento passa de pai para filho. Cantores famosos, Renato Teixeira, Danilo Caymmi e Péricles mostram quem são seus herdeiros e cantam junto com eles.

E uma nova moda da internet: agora são os pais que usam as redes sociais para falar sobre a rotina com os filhos.       

Lei Maria da Penha

Na semana em que a lei Maria da Penha completa doze anos, os brasileiros questionam um velho ditado: será que em briga de marido e mulher não se mete a colher? Os repórteres explicam o que é feminicídio e mostram como agir diante de uma briga.

 A onda de calor extremo na Europa, Estados Unidos e Japão trouxe temperaturas acima dos quarenta graus. Uma reportagem revela os efeitos na natureza e na saúde, além de constatar de que forma as mudanças no clima também atingem o Brasil.

O legado de Joël Robuchon, o chef de cozinha mais renomado do mundo, que morreu nesta semana. Ele foi um recordista em prêmios e ficou famoso por um prato conhecido de qualquer brasileiro: o purê de batata.

 O Domingo Espetacular é exibido às 19h30, depois do ‘Hora do Faro’.

Nomes inusitados

Na sequência, às 23h15, o ‘Câmera Record’ exibe reportagem com as histórias por trás de nomes nada convencionais nas certidões de nascimento e revela por que alguns famosos optaram por utilizar apelidos artísticos.

É o caso de Roberta Miranda. Em entrevista exclusiva ao programa, além de abrir o jogo sobre temas polêmicos, a cantora diz que no início de carreira era para se chamar ‘Mariah Miranda’, só que o discou não vingou.

LEIA TAMBÉM

Cidade Alerta marca melhor média dia para Record TV e conquista 2º lugar de audiência

Roberta Miranda

Decepcionada, pensou em outro nome. A inspiração veio de um ídolo italiano. Eu sempre fui apaixonada por uma música do Pepino Di Capri que se chama “Roberta”. Ai só ficou “Miranda”, que é o meu nome original. O Maria eu retirei”, revela.

Uma outra famosa também teve de optar por outro nome, ou melhor, teve de abreviar o nome para fazer sucesso: Gilmelândia, ex-banda Beijo, que em carreira solo ficou mais conhecida como Gil. O hit ‘Maionese’ levou os fãs à loucura, principalmente nos carnavais da Bahia.

Gimelândia

“O engraçado é que quando eu ligo pra alguém e quero acertar alguma coisa que seja por telefone, me chamam ‘dona Guilmelândia’, ‘Guiberlândia’… É tanto nome louco que eles colocam em mim que quase ninguém consegue acertar”, conta em tom descontraído.

No Nordeste, 19 consoantes e 11 vogais formam o nome mais longo do Brasil: Charlingtonglaevionbeecheknavare. É tão complicado de pronunciar que até o dono tem problemas para soletrar. “Peraí, é muita letra…”, ri, após a tentativa frustrada. Mais fácil mesmo é chamá-lo de Chachá, como ele é conhecido em Macau, no Rio Grande do Norte.

E mais: a história do Mike Tyson Schwarzenegger dançarino. E o bebê que nasceu mais rápido que o esperado e leva na certidão nome de astro do esporte.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.