Semana tem conversa sobre música, humor, ciência e saúde com Bial

0

Conversa com Bial: diversidade é a marca da semana

Conversa com Bial
foto Reinaldo Marques

Conversa com Bial

Diversidade é uma marca do ‘Conversa com Bial’ desde que ele foi criado. Nesta semana, esse conceito fica evidente diante dos convidados que sentarão ao lado do apresentador. Os cariocas Ludmilla e Rafael Portugal relembram, nesta quarta-feira, dia 19, os sufocos de quem cresceu no subúrbio e a ascensão para a fama – e uma vida melhor – graças à força da internet. A cantora viu suas músicas terem milhões de acessos, enquanto o humorista ganhava milhares de seguidores em seus perfis nas redes sociais.

Ludmilla e Portugal

Enquanto Ludmilla conta como está a vida agora, com direito a shows no exterior, Rafael faz graça sobre o período em que usava transporte público – principalmente no horário de pico. Juntos, os “suburbanos” cantam juntos um “hino” que representa os moradores de periferia: “Rap da Felicidade”. Na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, Ludmilla fez uma apresentação com essa canção.

foto Rámon Vasconcelos / escritor americano Leonard Mlodinow

Leonard Mlodinow

Na quinta-feira, dia 20, o programa traz o escritor americano Leonard Mlodinow, autor do best-seller “O andar do bêbado”, em que fala sobre probabilidade, o acaso e como podemos tomar decisões acertadas e conviver melhor com fatores que não podemos controlar. Desde criança, Mlodinow sonhou se tornar cientista, destacando que se interessa “pelo funcionamento da mente”. No bate-papo com Pedro Bial, o escritor revela um de seus maiores traumas, sofrido no dia 11 de setembro de 2001, quando ele estava no World Trade Center no momento do atentado às Torres Gêmeas. “Acho que meu foco agora, quando escrevo livros de ciência, é ser mais humano e literário”, explica ele, após ter testemunhado a tragédia.

LEIA TAMBÉM

Partida entre Flamengo e Corinthians bate recorde de audiência e voa alto na Globo

Pedro Calabrez

Esta é uma edição do programa, digamos, interativa, já que a plateia – em parte formada por físicos admiradores do escritor – participa de alguns testes. O programa ainda conta com a participação do neurocientista, Pedro Calabrez, que revela o desejo de tornar a ciência mais acessível para a população.

foto Fábio Rocha

Irmãs Galvão

O último programa da semana, na sexta-feira, dia 21, vai reunir tanto música como ciência e saúde. Isso porque Pedro Bial convida as Irmãs Galvão para um papo descontraído – como só poderia ser com essas duas – sobre sua história e também sobre Alzheimer, que acomete Marilene há algum tempo. Engraçadas, Meire e Marilene fazem shows apesar das dificuldades para que a segunda se lembre de todas as letras das músicas. “O público tem reagido de forma positiva”, comenta Meire.

Rodrigo Rizek Schultz

A atração conta ainda com a participação do doutor Rodrigo Rizek Schultz, médico de Marilene, que dá dicas sobre como perceber a manifestação da doença e os cuidados necessários, e também de Fernando Aguzzoli, autor do livro “Quem, eu?”, que conta a história de sua avó Nilva, que tinha Alzheimer.

Exibido após o ‘Jornal da Globo’, ‘Conversa com Bial’ tem direção artística de Monica Almeida e direção de conteúdo de Ingo Ostrovsky.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.