Programa ‘Como Será?’ discute gordofobia e entrevista jovens sobre assunto

0

Como Será?: Sandra Annenberg conversa com jovens que fazem parte de movimento que ensina a ter orgulho do próprio corpo. Reportagem investiga uso de células-tronco em tratamentos de animais 

como será
Fotos: Sandra Annenberg recebe ativistas do movimento Body Positive para falar sobre gordofobia // Divulgação

Como Será?

O ‘Como Será?’ deste sábado, dia 20, aborda um tema que vem ganhando espaço nos debates atuais: o bullying contra pessoas com sobrepeso ou gordofobia. No estúdio, Sandra Annenberg recebe Alexandra Gurgel, Caio Cal e Bernardo Boechart, três jovens que se aproximaram por enfrentar problemas semelhantes por serem gordos. Eles se uniram através das mídias sociais e criaram o movimento Body Positive, canal de vídeos que combate a gordofobia e ensina a ter um olhar positivo e sincero da sua própria imagem, abandonando os padrões de beleza vinculados à magreza. Além de apresentar o projeto, os três jovens contam como foi a trajetória até aceitarem seus corpos e os principais desafios enfrentados por eles ao longo de suas vidas.

Células-tronco

A repórter Helena Lara Resende investiga como é feito o tratamento de doenças graves e de lesões decorrentes em animais partir do uso de células-tronco. Ela acompanha o processo e discute as vantagens e desvantagens deste procedimento, já usado em gatos e cavalos. Helena visita uma empresa que trabalha com a medicina regenerativa para curar lesões e mostra bichos que se recuperaram com a terapia, que tem cerca de 80% de êxito.

LEIA TAMBÉM

Segundo Sol crava 39 pontos em São Paulo, estabelece novo recorde de audiência e voa alto na Globo

Hoje é dia de… manias

No quadro ‘Hoje é dia de…’, Alexandre Henderson vai às ruas com a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa para descobrir as principais manias entre a população. Eles conversam com pessoas com manias bem diferentes, como enxugar mesas e só conseguir permanecer sentado com um objeto no colo. Henderson também conversa com a psicóloga Nívea Melo, que orienta pacientes com TOC. 

Choque ambiental

No ‘Choque Ambiental’, Renato Cunha ajuda uma família a melhorar problemas como o calor e a infestação de mosquitos em sua casa, em Nova Iguaçu, com dicas sustentáveis e baratas. Entre as soluções propostas para o controle dos insetos está a limpeza do quintal e instalação de telas de velcro nas janelas – este é um problema para a família já que três integrantes tiveram zika e chikungunya em 2016. O especialista também faz pequenas intervenções para melhorar a circulação de ar na casa e ensina os moradores a coletar água da chuva para reuso.  

Parceria do Jornalismo e da área de Responsabilidade Social, o ‘Como Será?’ vai ao ar após o Via Brasil, às 7h (exceto nas afiliadas com conteúdo regional). As reprises vão ao ar na GloboNews e no Canal Futura, aos domingos, às 06h05 e às 15h, respectivamente. No Canal Futura, ainda há reprises na segunda (1h), quarta (20h30) e quinta-feira (2h30).  Mais informações no site redeglobo.globo.com/como-sera e nas grades de programação locais. 

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.