Limite das crianças na internet e atuação das milícias na Amazônia são temas do ‘Domingo Espetacular’ e ‘Câmera Record’

0
na internet
Arte TV a Bordo

Domingo Espetacular revela como limitar o tempo que as crianças passam na internet

Crianças na internet

Uma questão que atormenta os pais é o tempo que os filhos passam na internet. O Domingo Espetacular desta semana (4 de novembro) entrevista especialistas que explicam qual o limite de tempo recomendado, de acordo com a idade. A equipe encontra uma mãe que conta como consegue conter os exageros dos filhos.

Novo garimpo de ouro

O programa faz uma reportagem especial sobre a vida num novo garimpo que surgiu no norte de Mato Grosso. Centenas de pessoas chegam ao local atraídos pelo sonho de riqueza e se juntam em acampamentos improvisado, escavando a terra em busca de ouro.

LEIA TAMBÉM

Audiência outubro: Record TV fecha na vice-liderança e apresenta crescimento

Receitas de Beleza

E ainda: as estranhas receitas de beleza e bem estar da maior modelo do mundo, Gisele Bündchen. Ela cuida dos dentes com óleo de coco, pinga leite nos olhos dos filhos e trata tosse com rodelas de cebola no pijama e espalhadas pelo quarto. Especialistas explicam quais destes cuidados realmente funcionam.

O ‘Domingo Espetacular’ vai ao ar às 19h30, depois do ‘Hora do Faro’.

Câmera Record

Exibido na sequência, às 23h50, o ‘Câmera Record’ exibe reportagem com vídeos exclusivos, interceptações telefônicas e documentos sigilosos que revelam detalhes inéditos de como agem as milícias que aterrorizam a Amazônia.

Mercado de drogas

Segundo estudiosos em segurança pública ouvidos pelo programa, os milicianos estão entre os responsáveis pela explosão da violência no Pará. Eles travam uma guerra sangrenta pelo controle do mercado de drogas e outras atividades ilegais na região amazônica. Um conflito que mata gente inocente das comunidades carentes e policiais que lutam para combater estas quadrilhas.

Caixa-preta

Ao abrir a caixa-preta dos grupos criminosos, com a ajuda do Ministério Público, o jornalístico identificou quatro tipos de milícia: a do transporte; a do contrabando; a da segurança privada e a do tráfico de drogas. “Irmãos de Farda”, “Equipe Rex” e a da “Pedreira”  estão dentre as mais perigosas.

E mais: os assassinatos e acertos de conta em plena luz do dia. As autoridades ameaçadas de morte por milícias e traficantes. E como a guerra entre grupos armados fez a violência urbana disparar na região metropolitana de Belém.

Câmera Recordapresentado por Marcos Hummel, vai ao ar domingo, às 23h50.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.