Hoje é dia de… gratidão – ‘Como Será?’ entra no clima natalino

0

Além do tema gratidão, o programa estreia a série ‘Parceria Animal’, da BBC; novos desafios no ‘Ah, essas crianças…’; e ‘Fast Food da Política’ são alguns dos destaques

gratidão
Sandra com a árvore de Natal decorada com mensagens de gratidão enviadas por telespectadores. Crédito: Divulgação/Globo

Neste sábado, dia 22, o ‘Como Será?’ vem em clima natalino. E, para comemorar a data, o quadro ‘Hoje é dia de…’ aborda o tema ‘gratidão’. Para isso, o repórter Alexandre Henderson vai à ‘Feira Grátis da Gratidão’, no Leme, no Rio de Janeiro, que oferece ações simultâneas, como doação de roupas, brinquedos, abraços, massagem, serviços de manicure, livros, aulas de ioga, entre outras coisas. O evento conta ainda com o ‘varal da gratidão’, onde as pessoas penduram mensagens de agradecimento. Lá, nada é vendido ou trocado, tudo é doado!

Criança com câncer

A Casa de Apoio à criança com câncer Santa Tereza, localizada no bairro do Estácio, também no Rio de Janeiro, é outro local visitado pelo repórter. O espaço, fundado há 18 anos por Sandra Nóbrega, já atendeu a mais de 2 mil famílias e, atualmente, dá assistência a mais de 60 famílias com crianças em tratamento de câncer. Lá, elas recebem hospedagem, alimentação, transporte para o hospital, exames clínicos, apoio psicológico, assistência social, roupas, remédios e até apoio financeiro, caso necessário.

LEIA TAMBÉM

‘O Natal Perfeito’ e o conceito de ressignificar na direção de arte do especial

Gratidão

Para conversar mais sobre o assunto, a coach Márcia Luz, realizadora do ‘Comgratidão’, primeiro Congresso Mundial da Gratidão, dá uma ‘aula de gratidão grátis’. Além de dar dicas, a especialista conta como o sentimento de gratidão funciona quimicamente no nosso organismo e apresenta exercícios práticos para serem inseridos no dia a dia.

Parceria Animal

A estreia da série ‘Parceria animal’, uma produção original da BBC*, que foi adaptada especialmente para o ‘Como Será?’, também é um dos destaques do matinal. Comandada pelo repórter Renato Cunha, a série mostra como muitos animais precisam da ajuda de um parceiro para sobreviver na natureza. Durante oito episódios, o telespectador vai conhecer espécies que trabalham em grupos organizados, com elaboradas táticas, para conseguir caçar, além de parcerias surpreendentes – até mesmo entre inimigos mortais – que fazem delicados acordos e trocas de favores pra vencer um adversário mais forte. No primeiro episódio, o repórter mostra animais como o tubarão, que com toda a sua ‘fama de mau’ tolera que apetitosos peixinhos fiquem se esfregando nele pra fazer uma esfoliação de pele.

Ah, essas crianças…

No segundo episódio da série ‘Ah, essas crianças…’, Sandra Annenberg vai contar a história de Pietro, um menino de 5 anos, muito alegre e esperto, mas que trava na hora de ir ao banheiro. Para ajudar o Pietro e sua família, o ‘Como Será?’ convidou a psicóloga Isabel Abrahão.

Fast Food da Política

E para quem tem dúvidas sobre política, o programa dessa semana apresenta ainda o ‘Fast Food da Política’, uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que torna acessível o funcionamento da política no Brasil. Para conversar sobre o tema, Lays Morimoto, diretora da organização, conta como eles promovem o aprendizado de forma lúdica, usando a gamificação para tratar de temas como poderes, leis, cidadania e sociedade.

Como Será?

Programa do Jornalismo em parceria com a área de Responsabilidade Social e Fundação Roberto Marinho, o ‘Como Será?’ vai ao ar após o Via Brasil, às 7h (exceto nas afiliadas com conteúdo regional). As reprises vão ao ar na GloboNews e no Canal Futura, aos domingos, às 06h05 e às 15h, respectivamente. No Canal Futura, ainda há reprises na segunda (1h), quarta (20h30) e quinta-feira (2h30). Mais informações no site redeglobo.globo.com/como-sera e nas grades de programação locais.    

*A série não vai ao ar nas reprises do programa.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.