Globo estreia no dia 8 de janeiro: ”10 Segundos Para Vencer”

0

‘ 10 Segundos Para Vencer ’

10 segundos para vencer
foto Gui Maia / O bicampeão mundial Éder Jofre (Daniel de Oliveira) nunca ouviu a contagem de 10 segundos ao longo da sua carreira.

Parece pouco, mas dez segundos podem ser intermináveis para um lutador de boxe. Este é o tempo que o atleta tem para se levantar após a queda. Se não conseguir, a luta está encerrada e sua derrota por nocaute, decretada. O brasileiro Éder Jofre, bicampeão mundial, nunca ouviu essa contagem. Disputou 81 lutas, com 75 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas, ambas por pontos.

10 segundos Para Vencer

A partir do dia 8 de janeiro, a Globo conta essa história nos quatro episódios da série ‘10 Segundos Para Vencer’. “É mais uma oportunidade de conhecer um pouco mais da nossa história. Éder Jofre fez história e não apenas no Brasil. Ele está entre os dez melhores pugilistas do mundo, no Hall da Fama, em Nova York. A série merece ser vista pela qualidade artística, pela história e também pela qualidade das lutas, com boxe de verdade”, explica Daniel Oliveira, que vive Éder Jofre.  

LEIA TAMBÉM

Otaviano Costa estreia ‘Tá Brincando’, nas tardes de sábado

Minissérie

Dirigida por José Alvarenga Jr e escrita por Thomas Stavros, Patrícia Andrade, José Alvarenga Jr e Marcio Alemão, a série é um desdobramento do filme homônimo, uma coprodução da Globo Filmes com a Tambelini Filmes. Dividido entre as carreiras de desenhista e lutador, Éder Jofre (Daniel de Oliveira) acaba seguindo a tradição da família ao escolher o boxe. Mas ele não se fez sozinho. Chegou ao ápice seguindo a obstinação e a disciplina do seu pai e treinador, Kid Jofre (Osmar Prado): foi o primeiro pugilista brasileiro a lutar nos Estados Unidos e o primeiro a conquistar o título de campeão mundial. Mas também precisou aprender a lidar com as angústias e os conflitos com a namorada e, depois, esposa Cida (Keli Freitas), que sofria ao vê-lo machucado após as lutas. “A minissérie tem cerca de 25 minutos de cenas inéditas e mergulha mais profundamente na vida pessoal de Éder Jofre, em suas relações com a esposa, com os filhos, com a mãe e o irmão”, explica o diretor José Alvarenga Jr.

Cenas e entrevistas inéditas

A preparação de Éder para a primeira luta nos Estados Unidos, contra Joe Medel, e os conflitos que a antecedem, entre Kid Jofre e Parnassus (Victor Laplace), o promotor da luta, também ganham mais espaço na TV. Outro diferencial da minissérie é um documentário com cenas e entrevistas inéditas, incluindo um depoimento do japonês Masahiro Harada, de 82 anos, único adversário a derrotar Éder Jofre. Marcel Jofre revela que, apesar de ser um campeão consagrado, o pai também se preparou para perder. Já o comentarista de boxe Newton Campos conta que Mike Tyson admirava e estudava os movimentos do brasileiro. “Essa parte documental retrata toda a importância do Éder para o boxe mundial”, diz José Alvarenga Jr.

A série ’10 Segundos para Vencer’ será exibida na Globo entre os dias 8 e 14 de janeiro, logo após ‘Elis – Viver é melhor que sonhar’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.