Premiado ‘Sobre Rodas’, de Mauro D`Addio, estreia nos cinemas

0

 SOBRE RODAS – filme é vencedor no TIFF Kids – Festival Internacional de Toronto e no Chicago International Children’s Film Festival

Sobre Rodas
foto reprodução

Estreia no dia 14 de março, nos principais cinemas do país,“Sobre Rodas” – de Mauro D`Addio. O primeiro longa do diretor foi eleito o melhor filme no TIFF Kids – Festival de Toronto (Canadá), no Chicago International Children’s Film Festival (EUA) e na Mostra Geração, no Festival do Rio.

A trama

“Sobre Rodas” – conta a história de Lucas (Cauã Martins), de 13 anos, que volta a escola depois de um acidente que o deixou sem movimento nas pernas. Lá, ele conhece Laís (Lara Boldorini), também com 13 anos, e juntos partem por estradas de terra interioranas – em busca do pai que a menina nunca conheceu. Nesta aventura eles acabam conhecendo um ao outro.

Da concha

“O filme nasceu de um desejo de movimento, de viagem, de navegar a vida e descobrir o mundo. Queria contar a história desse momento de passagem da infância para a adolescência, esse momento belo e tumultuado de nossas vidas, quando saímos da ‘concha’, fazemos amigos, nos apaixonamos”, conta Mauro, que também assina o roteiro.

20 festivais

Produzido pela Klaxon Cultura Audiovisual e Hora Mágica Filmes e distribuído nos cinemas pela própria Klaxon Cultura Audiovisual, “Sobre Rodas” já foi selecionado para mais de 20 festivais ao redor do mundo e lançado na Romênia e na Bélgica.  No Brasil, o filme foi exibido nas mostras infantojuvenis dos festivais de Gramado, Rio, Brasília, CineBH, Tiradentes, Panorama Coisa de Cinema e FICI.

Classificação Indicativa: Livre

“ Sobre Rodas ” nas redes sociais

facebook.com/sobrerodasofilme

instagram: @sobrerodas_ofilme

Sobre Mauro D`Addio

Mauro D’Addio é roteirista, diretor e produtor brasileiro. “Sobre Rodas” é seu primeiro longa-metragem. Selecionado em diversos festivais do Brasil e do mundo, conquistou o Prêmio da Audiência de Melhor Filme no TIFF Kids 2017 (Canadá), Prêmio do Júri de Melhor Longa em Live-action no 34th Chicago International Children’s Film Festival (EUA), na Mostra Geração do Festival do Rio, Prêmio SIGNS no Festival Internacional de Filmes Infantojuvenis de Schlingel (Alemanha), o Prêmio da Audiência no Freeze Frame Festival (Canadá), entre outros. Dirigiu os curtas metragens “Kunumi, o Raio Nativo” (documentário, 2016), realizado em coprodução com a Holanda, finalista do Prix Jeunesse International(Alemanha) e ganhador dos prêmios de Melhor Documentário e menção honrosa no prêmio SIGNIS no festival Divercine (Uruguai),  “A Menina do Mar” (ficção, 2010), “O Morro da Guerra Eterna” (animação em stop-motion, 2011), “Distúrbio” (2005), “Saia Santa” (2004), além de projetos para clientes como Sesc, SescTV, Fundação Victor Civita, entre outros.

Protagonistas

Cauã Martins

No ar com o personagem Otto na série “Escola de Gênios” do Canal Gloob, Cauã Martins já participou e protagonizou diversos filmes nacionais como “Laços – Turma da Mônica” (2018), “Morto não fala” (2016)“Bingo – O rei das manhãs” (2015)O ator também atuou em “Chaplin O Musical”, “Broadway” (Produção Claudia Raia, 2015) e “Rei Leão” (2014).

LEIA TAMBÉM

Netflix e as datas das séries mais aguardadas para 2019

Lara Boldorini

Atriz formada pelo Curso de Teatro/TV e Cinema de Emílio Fontana, em São Paulo. Foi protagonista de “A Grande Viagem – série” da EBC (TV Brasil). Participou também da novela do SBT “Patrulha Salvadora” e da Peça Teatral “Sonho de uma noite de verão” de Shakespeare.

Sobre as Produtoras e Distribuidora

Klaxon Cultura Audiovisual

A Klaxon Cultura Audiovisual foi criada em 2008 em com a missão de contribuir para o desenvolvimento da cultura e da indústria audiovisual nos diferentes segmentos em que atua. Inicialmente, teve suas atividades concentradas na realização e apoio a mostras e festivais audiovisuais no Brasil, com foco na organização de projetos voltados para formação de público e acesso a obras. Produziu uma quinzena de mostras de cinema temáticas como “Cine MPB” (2012 e 2013) e “Downtown NY” (2014/2015). Produziu, também, retrospectivas de importantes diretores como Chris Marker (2009), Marguerite Duras (2009), Luc Moullet (2011) e Péter Forgács (2012).

Cinema e Televisão

Em 2012, a empresa passou a produzir conteúdo audiovisual para cinema e televisão, dedicando-se nos últimos anos ao desenvolvimento e realização de projetos artísticos de novos talentos do setor audiovisual.  Em 2017 lançou em salas de cinema seu primeiro longa-metragem, “Um Casamento”, dirigido por Mônica Simões. O filme foi distribuído pela Pandora Filmes e codistribuído pela SPCine por meio de edital para tal finalidade, com recursos da SPCine e do FSA. Em 2018 teve sua primeira coprodução internacional finalizada, olonga de ficção boliviano “Eugenia”, dirigido por Martin Bouloq premio de Melhor Roteiro Festival Internacional de Guadalajara, México, 2018 e participou da competição do Festival de Mar del Plata. Em 2019 a empresa lança através de distribuição própria em salas de cinema o longa Sobre Rodas, longa de ficção infanto-juvenil, dirigido por Mauro D’Addio, premiado no Toronto International Film Festival Kids, Chicago International Children’s Film Festival, Festival do Rio e Schlingel International Film Festival for Children and Youth. Tem distribuição garantida na Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Romênia e Polônia. Também em 2019 lança Diz a Ela que me viu chorar, longa documental dirigido por Maíra Bühler, que terá sua estreia internacional nos festivais True False (EUA) e Cinéma du Réel (França).

Hora Mágica Filmes

A Hora Mágica Filmes é uma empresa produtora de conteúdo audiovisual, foi fundada por Mauro D`Addio em 2014. Em 2017, a Hora Mágica lançou o longa-metragem infantojuvenil Sobre Rodas, uma coprodução com a Klaxon Cultura Audiovisual. O filme recebeu o prêmio de público na sessão infantojuvenil do Festival de Toronto (Canadá), foi eleito melhor filme pelo júri do Chicago International Children’s Film Festival (EUA), da Mostra Geração no Festival do Rio e recebeu o prêmio SIGNIS no Schlingel International Film Festival for Children and Young Audiences (Alemanha). A Hora Mágica coproduziu, com a holandesa Free Press Unlimited, o documentário “Kunumi, O Raio Nativo” exibido em 25 países pela rede WaDaDa News for Kids, finalista do Prix Jeunesse International (Alemanha), eleito melhor Documentário para Jovens no Festival Divercine (Uruguai). Em parceria com a Fundação Victor Civita e Fundação Roberto Marinho, realizou a edição de 2014 do Educador Nota 10, exibido no Canal Futura, além de outros projetos com parceiros como o Sesc.

 Entrevista com Mauro D`Addio – diretor e roteirista

de ‘ Sobre Rodas ‘

foto reprodução

Como surgiu a ideia do “Sobre Rodas”?

Sobre Rodas nasce desse desejo de movimento, de viagem, de navegar a vida e descobrir o mundo. Queria contar a história desse momento de passagem da infância para a adolescência, esse momento belo e tumultuado de nossas vidas, quando saímos da “concha”, fazemos amigos, nos apaixonamos… 

Fale um pouco do processo de criação do filme?

A criação, para mim, é sempre um processo muito intenso, de imersão e trabalho, passo a pensar, respirar o tema, os personagens, as possibilidades, é um processo de encantamento com uma história, aí as peças começam a se encaixar e fazer sentido, tudo sempre guiado por muita pesquisa, conversas, trocas e amadurecimentos. 

Alguns dos seus projetos anteriores já envolviam a temática infantojuvenil. O que te levou a se envolver com estes temas?

Sinto que nossa sociedade menospreza muito a força de nossa infância e juventude, suas potencialidades e singularidades. Creio ser fundamental pensarmos que nossas crianças são seres plenos, inteligentes, com demandas próprias, problemas, desejos, sonhos e desafios. É muito importante criarmos conteúdos de qualidade, que sejam capaz de ajudá-los nesse entendimento do mundo e de seu lugar nele. Um entendimento que acolha a diversidade e singularidade de cada um, que os auxilie na sua formação cidadã e, portanto, no nosso futuro. 

Considero que trabalhar com e para o público infantojuvenil é uma tarefa linda e quem o faz com responsabilidade e afeto, constrói um presente de potências e um futuro de muitas possibilidades. 

Qual a expectativa de lançar o primeiro longa? 

Estou muito feliz em lançar o filme no Brasil. Ele já foi lançado na Romênia e na Bélgica, e já fui para diversos países com o filme, acompanhando uma linda acolhida com plateias infantojuvenis de países como Canadá, EUA, Alemanha, Chile, Polônia, etc. A razão de ser de um filme é chegar no público e o cinema é meu templo, considero que o cinema é um espaço de sonhos e trocas, além de um ambiente de socialização. Por tudo isso, é especial que o filme chegue no público brasileiro, tenho visto plateias lindas em festivais, são crianças, jovens, mães, pais, educadores, muita gente tocada pela experiência de ver o filme no cinema. Creio ser fundamental este trabalho de formação de público e Sobre Rodas é um filme especial neste sentido, poucas produções trazem uma proposta similar, considero uma ótima oportunidade para um público infantojuvenil assistir um filme brasileiro na telona e viverem um momento único na sala de cinema. Quem não lembra do filme que viu no cinema aos treze anos? Aquele cinema com o crush, com os amigos, com a família, é algo que marca para a vida toda.

Conta pra gente como foi a escolha do elenco e dos locais de filmagem?

A escolha de elenco foi um processo longo, testamos cerca de 260 pré-adolescentes para selecionar os quatro que integram o elenco principal e de apoio. Passamos por agências, escolas públicas e particulares, escolas de teatro, tudo para achar as pessoas certas. Depois fizemos um processo de um mês de preparação de elenco com a Ariela Goldman e colaboradores. Sou muito grato por termos encontrado a Lara e o Cauã, eles trouxeram uma força de vida única para os personagens e encheram o set com uma vibração só deles e muito especial. 

Locais das filmagens

Passamos meses viajando pelo interior de São Paulo em busca da cidade para filmarmos, tínhamos limitações orçamentárias então não podíamos filmar muito longe, até que encontramos Monte Alegre do Sul, estávamos quase definindo uma cidade próxima de lá, mas resolvi, por indicação de uma amiga, passar lá para ver, era fim de tarde, quase não dava para ver as estradas, mas na hora me apaixonei pela cidade e por lá ficamos.

Confira o trailer de ‘Sobre Rodas’:

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.