Altas Horas e Amigos fazem homenagem a Milton Nascimento

0
Altas Horas e amigos – Gal Costa, Samuel Rosa, Maria Gadú, AnaVitória, Padre Fábio de Mello, Lô Borges, Céu, Ney Matogrosso e Chitãozinho & Xororó cantam canções feitas por Milton Nascimento
altas horas e amigos
fotos Marcos Rosa / Milton Nascimento com Serginho Groisman / da esquerda para à direita / Gal Costa e Samuel Rosa – Criolo e Maria Gadú e Chitõazinho e Xororó

Altas Horas e Amigos – Reconhecido nacional e internacionalmente como um dos artistas musicais mais completos do Brasil. Compositor e intérprete de canções de tamanha potência que ocupam lugar cativo no coração de seus – muitos – fãs. Ao longo de uma vida inteira dedicada à música, o carioca de nascença e mineiro de coração viu seu trabalho galgar espaço e se tornar símbolo da própria Música Popular Brasileira. Tornou-se amigo e parceiro de empreitada de artistas como Elis Regina e Gal Costa, entre outros expoentes da música nacional. Admirado por composições tidas como extremamente sofisticadas e ao mesmo passo tão populares. Tímido por personalidade, mas gigante em talento. Ele: o grande Milton Nascimento, e ainda, o “Bituca”, como é apelidado na intimidade e como o país inteiro, por amá-lo tão intimamente, também aprendeu a chamá-lo, ganha um programa inteiro em sua homenagem durante o ‘Altas Horas’ deste sábado, dia 23. “Serão 12 músicas do Milton, algumas com a participação do próprio e outras interpretadas por cantores que são fãs desse artista maravilhoso”, explica Serginho Groisman.

LEIA TAMBÉM

Malhação Toda Forma de Amar’: Carla, uma mãe cheia de amor

Clube da Esquina

Para isso, o apresentador reúne um time de peso na atração: Anavitória, Céu, Chitãozinho & Xororó, Criolo, Gal Costa, Lô Borges, Maria Gadú, Ney Matogrosso, Padre Fábio de Melo e Samuel Rosa. “Eu tinha 18 para 19 anos e o Milton, generosamente, me convidou para fazer um álbum com ele. Minha carreira começou através das mãos dele. É inestimável o que eu passei e ainda passo com esse cara. Ele foi maravilhoso comigo, com o Beto Guedes, com todos nós do Clube da Esquina”, relembra Lô Borges, se referindo ao movimento musical que surgiu na década de 1960, em Belo Horizonte, e contou com músicos como Márcio Borges, Flávio Venturini, Toninho Horta e Wagner Tiso. Do movimento, resultaram músicas que são sucesso até hoje. Não à toa, Milton está, este ano, em uma turnê que revisita o Clube da Esquina.

Gratidão

O repertório do ‘Altas Horas’ conta com algumas das canções do grupo: “Clube da Esquina II” é interpretada por Milton e Lô. Pérolas da música nacional, como “Canção da América”, “Cais”, “Um Girassol Da Cor Do Seu Cabelo” e “Paula e Bebeto”, também ecoam pelo estúdio do programa e rendem momentos emocionantes entre Milton e os convidados. “Maria, Maria” é apresentada pelas três Marias ali presentes, em representação às tantas do Brasil. É assim que os conhecidos versos “É preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre” fazem todos os artistas, de pé, se juntarem ao homenageado para cantar e sonhar juntos. O tímido Bituca, emocionado, é pura gratidão: “Só posso agradecer a você”, diz ao apresentador Serginho Groisman.

Altas Horas e amigos

O ‘Altas Horas’ vai ao ar aos sábados, após o ‘Big Brother Brasil 19’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.