Família Faiek: da celebração à luta pela sobrevivência no Líbano

0

Família Faiek: da celebração à luta pela sobrevivência no Líbano

Familia Faiek
foto Paulo Belote

A família de Elias Faiek (Marco Ricca) está em festa. O engenheiro sírio tenta terminar seus afazeres no escritório o quanto antes para  chegar a tempo da celebração do aniversário de seu caçula,  Khaléd (Rodrigo Vidal). A esposa Missade (Ana Cecília Costa) e a filha mais velha, Laila (Julia Dalávia), o aguardam com ansiedade para cantarem juntos o “parabéns a você” para Khaléd. Cozinheira de mão cheia, Missade recebe a ajuda das mulheres da família para dar os últimos retoques no salão de seu restaurante e preparar os quitutes sírios do banquete. O aniversário de 5 anos do menino é um sucesso, e todos celebram com alegria, dançando o dabke, uma dança tradicional síria. 

Família Faiek

Em Fardús, cidade fictícia onde moram os Faiek, tudo parece calmo e tranquilo apesar do conflito que assola o país. A sensação de paz e alegria que impera na festa do menino acaba com a chegada de rebeldes que invadem o local, assustando a todos. Toda a cidade é alvejada por bombas aéreas, causando destruição por toda parte. Saídos dos escombros da casa, Elias, Laila e Missade se salvam do bombardeio, mas Khaléd fica gravemente ferido na perna. Com a cidade em ruínas e depois de perderem tudo, Laila e sua família atravessam a fronteira da Síria a pé em direção ao Líbano. Eles buscam abrigo em um campo de refugiados, na capital Beirute, para cuidar da saúde de Khaléd. Ainda impactados pelos eventos recentes, eles são recebidos por outros refugiados nas tendas do campo. Pouco a pouco, Missade, Laila e Elias se adequam à rotina do seu lar temporário e buscam recursos para salvar a vida do caçula, que piora a cada dia. 

LEIA TAMBÉM

Entrevista com Gilvete Santos (caracterização) e Mariana Sued (figurino) de ‘Órfãos da Terra’

Bastidores da festa

A festa de aniversário de Khaléd foi gravada durante quase uma semana em locações externas. Além do elenco, cerca de 90 figurantes também participaram dos trabalhos. A celebração, que se passa na Síria, teve cenas ambientadas no Museu da Humanidade, em Anchieta, zona norte do Rio de Janeiro. O local é uma espécie de castelo localizado entre casas da região. A construção, inspirada na arquitetura mameluca da Idade Média, abriga exposições e vários itens arqueológicos. O diretor artístico da trama, Gustavo Fernández, escolheu a locação com o objetivo de imprimir um tom realista às cenas: “A novela vai retratar os ambientes de uma forma não caricata, por isso tivemos um trabalho extenso de pesquisa de campo até encontrarmos um local tão bacana como o Museu da Humanidade”. Já a produtora de arte, Nininha de Médicis, contou com mais de cem elementos entre objetos de decoração e móveis para criar uma atmosfera característica do Oriente Médio para os festejos do menino: “Entre os quitutes do banquete árabe como faláfel e quibes, montamos uma mesa de bolo de aniversário com doces de nozes e folheados, típicos da região”.

Órfãos da Terra

Com estreia no dia 2 de abril, a próxima novela das seis, ‘Órfãos da Terra’, é escrita por Duca Rachid e Thelma Guedes, com Dora Castellar, Aimar Labaki, Carolina Ziskind e Cristina Biscaia. A novela tem direção artística de Gustavo Fernandéz, direção geral de André Câmara e direção de Pedro Peregrino, Alexandre Macedo e Lúcio Tavares.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.