Nova temporada da ‘Jornada da Vida’ desembarca no rio Ganges

0

A repórter Sonia Bridi vai até a Índia para contar a história do Ganges, fonte de abastecimento para 400 milhões de pessoas

 rio Ganges
foto: Sonia Bridi nos bastidores de gravação de ‘Jornada da Vida’ Crédito: Paulo Zero

Um rio sagrado para os hindus, mas que ao mesmo tempo é um dos mais poluídos do mundo. Na nova temporada da série ‘Jornada da Vida’, que estreia neste domingo, dia 10,  no ‘Fantástico’, a repórter Sonia Bridi vai até a Índia para contar a história do Ganges, fonte de abastecimento para 400 milhões de pessoas. O primeiro dos cinco episódios vai a 4.500m de altitude mostrar como as geleiras que dão origem ao Ganges estão ameaçadas pelas mudanças climáticas – assim como todo o Himalaia. Um guru montanhista e fotógrafo, de 93 anos, mostra os registros dos efeitos das alterações na região nas últimas sete décadas.

Rio Ganges

A série vai também à cidade sagrada de Rishikesh, berço da ioga e da meditação transcendental. Lá, um líder religioso prega que saneamento é meditação, que banheiros tem que vir antes dos templos, e que não adianta adorar o criador e não cuidar das criaturas. A missão dele é salvar o Ganges da poluição que está matando o rio e ameaçando as pessoas que dependem dele para viver.

LEIA TAMBÉM

Grupo Globo anuncia mudanças em sua estrutura em janeiro

Yamuna

O Yamuna, principal afluente do Ganges, está praticamente morto. A série percorre suas margens, passando pela capital, Delhi, e mostra como a poluição e a agricultura fazem com que o rio chegue praticamente morto a Agra, se tornando nesse ponto o mais poluído do mundo. Em Mathura, lugar místico onde teria nascido o Deus Krishna, a equipe participa do festival mais colorido da Índia, o Holi.

Varanasi

‘Jornada da Vida’ também vai a Varanasi, a mais sagrada das cidades indianas e uma das mais antigas do mundo, conhecida como a cidade da morte. Mais de 100 mil corpos são cremados por ano lá e as cinzas vão para o rio Ganges. A série termina com um panorama da sociedade indiana, mostrando como lidam com as desigualdades extremas e a opressão às mulheres e minorias.  

Fantástico

O ‘Fantástico’ vai ao ar domingo, depois do ‘Domingão do Faustão’.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.